agosto 2018 | Abertura Simples

Descubra todos os passos para abrir empresa em São Luís!

Foto aérea, representando abrir empresa em São Luís - Abertura Simples

Você já se perguntou como abrir empresa em São Luís? Se a resposta for sim, antes do seu projeto sair do papel e virar realidade, saiba que existe uma série de procedimentos e burocracias para que ocorra tudo legalmente. Mas não se preocupe, com o planejamento certo o seu objetivo pode ser alcançado.

Mesmo que esse processo aparente ser complicado, o Abertura Simples, através desse artigo, te ajudará com todas as informações e passos que você precisa saber para conseguir abrir empresa em São Luís de uma maneira simples e sem dores de cabeça.

Sobre São Luís

A capital maranhense abriga mais de 1 milhão de habitantes, sendo o município mais populoso e de maior PIB do estado. Sua economia baseia-se na indústria de transformação do alumínio, alimentícia, turismo e nos serviços. Seu setor industrial é bastante desenvolvido por conta de grandes corporações e empresas de diversas áreas que se instalaram. Isso se deu principalmente pela sua posição privilegiada entre as regiões Norte e Nordeste dos pais.

QUAIS OS PASSOS PARA ABRIR EMPRESA EM SÃO LUÍS?

PLANEJAMENTO

O primeiro passo, e talvez o mais importante para abrir uma empresa de sucesso, é planejar. Muitas vezes, o empreendedor se precipita pensando em abrir uma empresa, conseguir um CNPJ, tirar as licenças, e acaba esquecendo dessa etapa.

Para fugir das estatísticas (de acordo com o IBGE, seis de cada dez empresas não sobrevivem aos primeiros cinco anos de atividade), é necessário fazer um bom planejamento. Esse é o ponto de partida para determinar o público alvo do seu negócio, estudar a concorrência, o mercado, etc.

A depender desses fatores, pode interferir diretamente na estrutura da sua empresa, na forma de atender os clientes, no seu produto ou serviço.

TIPOS DE ATIVIDADE

Em seguida, é necessário identificar qual o segmento de atividade que deseja. Existem três distinções:

  • Prestação de Serviços: trabalho realizado a título de mão de obra física ou intelectual;
  • Industria: atividade econômica que visa transformar matéria-prima em materiais comercializáveis;
  • Comércio atacadista: direcionado para lojistas e Comercio Varejista, direcionado ao consumidor final.

TIPOS DE NATUREZA JURÍDICA

Em seguida, é preciso verificar qual o tipo de natureza jurídica de sua empresa. Este, representa o regime jurídico no qual ela se enquadra, isso é, a relação da pessoa jurídica pública ou privada com a fiscalização no determinado empreendimento, junto aos dados cadastrados na administração pública.

Informar a natureza jurídica no momento de formalizar a empresa é uma questão indispensável, logo que cada uma possui formas diferentes de aplicação das normas. Existem diversas espécies de natureza jurídica, mas às entidades empresariais, são atribuídas:

  • Empresário Individual, ou MEI: Uma única pessoa constitui a empresa, cujo nome empresarial deve ser composto por seu nome civil, completo ou abreviado. É a pessoa física titular da empresa, podendo constituir apenas uma em seu nome;
  • Sociedade Limitada: É aquela que reúne dois ou mais sócios a fim de explorar atividades de produção ou circulação de bens e serviços. Inclui-se toda empresa que contribui com moeda para formação de capital social e realização da constituição empresarial;
  • Sociedade Simples, ou SS: Exploram atividades de prestação de serviços decorrentes de atividades intelectuais e de cooperativa. Ou seja, os sócios não exercem nenhuma atividade voltada ao comercio, e sim desempenhar suas profissões. Exemplo: contadores, advogados, cooperativas e representações comerciais;
  • Sociedade Anônima: Todas as empresas que não atribuem seu capital social a um nome específico, mas sim divide em ações. Essas ações podem ser transacionadas livremente. Neste caso não é necessário nenhum contrato social ou outro ato oficial como nas sociedades limitadas;
  • Empresa Individual de Responsabilidade Limitada, ou EIRELI: Empresa formada por somente uma pessoa, onde o capital pertence unicamente ao titular. Esse capital deve ser obrigatoriamente integralizado, e não pode ser inferior a 100 vezes o salário mínimo vigente.

Foto da cidade de São Luís, representando abrir empresa em São Luís

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS

Os documentos necessários para dar início ao processo de abrir empresa em São Luís são simples. Para os sócios, basta apresentar 1 cópia simples do comprovante de residência de cada um, 2 cópias autenticadas do RG e CPF de cada, e 1 cópia da folha espelho do IRPF, caso tenha comprovado no ano vigente.

Já para a empresa em si, é preciso apresentar apenas 2 cópias simples do IPTU do Imóvel, e 2 cópias do Contrato de Locação ou Compra e Venda.

QUAL O PROCESSO PARA ABRIR EMPRESA EM SÃO LUÍS?

Assim que toda a documentação for acertada, as informações são enviadas para a Receita Federal e a Junta Comercial e é iniciado o processo de abertura. A aprovação leva de 3 a 5 dias úteis após o envio, significando que você já terá o número do CNPJ. Porém, para emitir notas, é necessário estar cadastrado também na Prefeitura. No total, a média para completar esse processo é de 7 a 10 dias.

Porém, para abrir empresa em São Luís, é necessário também realizar a Análise Prévia da Viabilidade de Localização. Essa análise é feita pela Prefeitura para determinar se a empresa pode ou não utilizar determinado imóvel para determinado comércio.

Algumas pessoas escolhem um local que desejam se instalar, investem nesse imóvel, e só depois descobrem que não podem atuar ali. É muito tempo e dinheiro perdido, sendo que se contassem com o apoio de um profissional ligado nessa área, evitariam esse transtorno. Por isso, não se esqueça de fazer o pedido de Análise Prévia de Viabilidade do local.

Banner do e-book Guia de Abertura de Empresas

ABERTURA SIMPLES

Nós, da Abertura Simples, realizamos todo esse processo por você, para que sua empresa seja aberta de forma rápida, simples e segura, sem dores de cabeça. Nossa equipe está à disposição para atender a todos as etapas da abertura de empresa.

Além disso, oferecemos diversos serviços adicionais aos parceiros que decidem abrir empresa em São Luís conosco. Entre as diversas vantagens da Abertura Simples estão o atendimento humanizado, serviço de entrega e recolhimento de documentos e o preço justo.

Entre em contato com nossos representantes e inicie sua empresa com a Abertura Simples de forma fácil clicando abaixo:

[mk_button dimension=”three” size=”medium” outline_skin=”dark” bg_color=”#54963D” text_color=”light” icon=”mk-li-portfolio” url=”https://aberturasimples.com.br/abrir-empresa-sao-luis/” target=”_blank” align=”left” id=”Buton ID” margin_top=”15″ margin_bottom=”15″]ABRIR EMPRESA EM SÃO LUIS[/mk_button]

Tenha o seu próprio negócio! Confira algumas dicas de como abrir empresa de marmitex.

Imagem ilustrativa de uma marmita montada para servir de inspiração aos empreendedores que vão abrir uma empresa de marmitex

Está pensando em abrir uma empresa de marmitex? Sendo um fenômeno típico da correria da vida moderna, o consumo de refeições prontas já se tornou um hábito diário na vida de milhares de brasileiros. A marmita é um recipiente térmico para o acondicionamento de comida. Geralmente os clientes entregam as suas marmitas vazias e as recolhem cheias instantes depois. Quer saber como iniciar na área? Continue lendo:

CHEGOU A HORA DE EMPREENDER! SAIBA COMO ABRIR UMA EMPRESA DE MARMITEX E TENHA SUCESSO!

SOBRE O MERCADO

A inserção da mulher no mercado de trabalho impulsionou a expansão desse mercado. Da mesma forma, o crescimento das cidades e o costume de almoçar fora de casa fizeram com que as pessoas procurassem alternativas rápidas para se alimentar. No caso, as marmitas atendem esta demanda, pois oferecem praticidade e comodidade com a retirada da comida no local ou entrega em domicílio. O serviço também atende aquelas pessoas que não possuem tempo para se deslocar e almoçar em um restaurante convencional.

Sabor e praticidade são ingredientes básicos para o negócio. Outro fator de atratividade da refeição pronta é o seu baixo preço, já que o prato já vem montado, com uma quantidade padrão de comida. Isso faz com que o custo da refeição seja menor, reduzindo o preço final do produto. Apesar do baixo preço, os clientes exigem boa qualidade nos ingredientes e um eficiente serviço de entrega.

Segundo a ABIA (Associação Brasileira da Indústria de Alimentos), o mercado de food service, ou de alimentação fora do lar, tem crescido a taxas de 12% ao ano, contra os 4% do setor alimentício como um todo. Trata-se do ramo de alimentação que mais cresceu depois do Plano Real. Entre 1993 e 1999, a venda de comida fora do lar aumentou 167%, enquanto o varejo alimentício tradicional cresceu 54,8%. Em 2000, o food service foi responsável por um quarto do faturamento total da indústria alimentícia, movimentando R$ 23 bilhões.

Alguns dados da Aberc (Associação Brasileira das Empresas de Refeições Coletivas) comprovam a importância que o setor de fornecimento de refeições tem para o desenvolvimento do país. Em 2011, a estimativa é que sejam servidos 10,5 milhões de pratos por dia, enquanto 6 milhões de pratos são consumidos em restaurantes convencionais e 150 mil pratos são consumidos por funcionários que almoçam em restaurantes administrados pela própria empresa em que trabalham.

O setor de refeições coletivas movimenta a cifra astronômica de R$ 12,5 bilhões por ano. As empresas do segmento proporcionam 180 mil empregos diretos, consomem um volume diário de 3 mil toneladas de alimentos e geram uma receita de R$ 1 bilhão de reais anuais entre impostos e contribuições.

A maioria dos consumidores situa-se em áreas que apresentam grande concentração de escritórios, lojas, consultórios e serviços públicos. As pessoas que recorrem a este serviço utilizam, como meio de pagamento, cupons de refeição (vale-refeição e vale-alimentação) fornecidos pelos empregadores.

PLANO DE NEGÓCIOS

O plano de negócios serve para que o empreendedor tenha uma visão mais ampla sobre a empresa e o mercado no qual está inserida. No plano de negócios você irá definir assuntos como por exemplo, os serviços e produtos que irá oferecer. Além disso, o plano de negócios também detalha a questão financeira e os recursos humanos que você poderá contar para o desenvolvimento da empresa.

Para desenvolver o planejamento, é necessário juntar todos os investimentos de material, equipamento, pagamentos de funcionários e maquinário. Além disso, deve-se pesquisar também o público que irá contratar o seu serviço, quem serão seus principais concorrentes, o mercado e muito mais.

RESUMO DOS PRINCIPAIS PONTOS DO PLANO DE NEGÓCIO:

  • O que é o negócio;
  • Quais os principais produtos e/ou serviços;
  • Quem serão os seus principais clientes;
  • Onde será localizada a empresa;
  • O montante de capital a ser investido;
  • Qual será o faturamento mensal;
  • Em quanto tempo espera que o capital investido retorne;

Saiba a importância de ter um plano de negócios em sua empresa

ESCOLHA O LOCAL

Uma boa localização é aquela que favorece o acesso das pessoas com o menor grau de dificuldade.

O empreendedor que deseja abrir uma empresa de marmitex precisa considerar se o imóvel em questão atende as suas necessidades; se está localizado em via de grande fluxo de pessoas; se possui fácil acesso, ou seja, está próximo a ponto de ônibus, metrô, estacionamento, pontos comerciais; se é visível ao público que passa pela região e por último, consultar a vizinhança para saber sobre as questões de segurança.

Lembre-se, antes de verificar esses aspectos, é primordial verificar se o imóvel respeita as leis referentes a Prefeitura Municipal.

Confira aqui 7 dicas para escolher o ponto comercial ideal para sua empresa.

COLABORADORES

O número de colaboradores dependerá, fundamentalmente, de dois fatores: necessidade e tamanho do empreendimento. Para começar, muitas vezes os empreendedores começam sozinhos e, conforme o empreendimento vai expandindo, contratam mais mão de obra.

Caso haja necessidade, recomendamos que o empreendedor que deseja abrir uma empresa de marmitex inicie com: gerentes; cozinheiros e ajudantes de cozinheiros; ajudantes gerais; atendentes e entregadores.

Lembre-se: A qualidade dos fornecedores e dos alimentos são de extrema importância. Mas outro ponto que precisa ser analisado com o devido cuidado é o atendimento, já que nesse segmento de negócio há uma tendência de relacionamento a longo prazo com o cliente.

Imagem de algumas marmitas para remeter ao empreendedor que deseja abrir uma empresa de marmitex

ESTRUTURA E EQUIPAMENTOS

A estrutura mínima necessária para abrir uma empresa de marmitex é de 60m², com flexibilidade de expansão conforme o empreendimento for se desenvolvendo. Neste espaço, deverão ser distribuídos os setores: cozinha; depósito; sanitários e vestiários para funcionários.

Neste tipo de negócio, o empreendedor não precisa se preocupar em oferecer um ambiente com mesas, cadeiras e garçons. Diferentemente de um restaurante, os clientes adquirem as suas marmitas no estabelecimento e consomem a refeição no local de trabalho, em casa ou em locais públicos.

Alguns dos equipamentos necessários são:

  • Fogão industrial;
  • Freezer horizontal;
  • Multiprocessador de alimentos;
  • Cortador de frios;
  • Extrator de sucos industriais;
  • Forno de micro-ondas;
  • Liquidificador industrial;
  • Geladeira;
  • Marmiteiro;
  • Telefone;
  • Computadores;
  • Impressora;
  • Impressora fiscal;
  • Máquinas de cartões de débito e crédito;
  • Entre outros.

DIVULGAÇÃO E DICAS

A divulgação é um importante instrumento para tornar a empresa e seus serviços conhecidos pelos clientes potenciais. Para o empreendedor que deseja abrir uma empresa de marmitex, as ações de marketing devem estar concentradas de acordo com o porte e o público alvo escolhido.

O empreendedor pode investir nos mais variados meios, apostando tanto nos materiais impressos como também, os meios digitais. Ele pode utilizar mala direta e e-mail informando sobre novidades de produtos; mídia especializada como por exemplo jornais e revistas específicos da área; materiais impressos como por exemplo cartões de visita, flyer e folders e, finalmente investir em um bom site, onde constarão as principais informações sobre a empresa e o cardápio dos alimentos oferecidos. Por último, mas não menos importante, é fundamental que a sua loja esteja presente nas redes socais, afinal, elas são os maiores motores de buscas por avaliações e referências sobre determinado assunto.

Como dica de negócio, recomendamos que o empreendedor que deseja abrir uma empresa de marmitex precisa estar em um acompanhamento constante sobre as novidades e tendências do mercado. Além disso, deve pesquisar formas de diferenciação para que o consumidor escolha as suas marmitas e não as do concorrente. Por isso, ofereça um bom pós-venda e fidelize o cliente.

DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA

Os documentos necessários para abrir uma empresa de marmitex são simples:

  • Documentação na Junta Comercial;
  • Registro de compra dos alimentos
  • CNPJ;
  • Cópia autenticada do RG e CPF;
  • Secretaria Estadual da Fazenda;
  • IPTU do imóvel;
  • Cópia do Contrato de Locação ou Compra e Venda;
  • Alvará de funcionamento;
  • Entre outros documentos específicos da cidade.

Clique aqui e saiba o que você precisa para obter um CNPJ para sua empresa

Banner do e-book Guia de Abertura de Empresas

ABERTURA SIMPLES

Nós, da Abertura Simples, realizamos todo o processo para que o empreendedor que deseja abrir uma empresa de marmitex realize de forma rápida, simples e segura, sem dores de cabeça. Além disso, oferecemos diversos serviços adicionais aos parceiros que decidem abrir qualquer empresa conosco.

Entre as diversas vantagens da Abertura Simples estão o atendimento humanizado, serviço de entrega e recolhimento de documentos e o preço justo. Disponibilizamos também as funções de Contabilidade, Fiscal, Recursos Humanos e Legalização, como alvará de funcionamento, CADAN, Anvisa, e muito mais.

Entre em contato com nossos representantes e inicie seu projeto com a Abertura Simples de forma fácil clicando abaixo:

[mk_button dimension=”three” size=”medium” outline_skin=”dark” bg_color=”#54963D” text_color=”light” icon=”mk-li-portfolio” url=”https://aberturasimples.com.br/abra-sua-empresa/” target=”_blank” align=”center” id=”Buton ID” margin_top=”15″ margin_bottom=”15″]ABRIR UMA EMPRESA DE MARMITEX[/mk_button]

Entenda como o fim da desoneração na folha de pagamento afetará as novas contratações em alguns setores

silhueta de um homem checando os dados sobre o fim da desoneração

Com o fim da desoneração na folha de pagamento, algumas mudanças irão ocorrer. Saiba mais:

A folha de pagamento é uma lista de remuneração paga aos colaboradores de um empresa.

Nela existem alguns impostos que por lei, devem ser pagos, como o INSS. Também consta as informações trabalhistas de cada funcionário, a representação do salário líquido, pagamento bruto e a tradução dessas informações em dados contábeis.

Desde 2011 existe um tributo nas folhas de pagamento que foi instituído, conhecido como desoneração da folha de pagamento e consiste na substituição da incidência da contribuição previdenciária patronal sobre folha de salários pela incidência sobre o faturamento.

Em maio de 2018, foi sancionada uma lei que regulamenta a desoneração com vetos que eliminaram o benefício de 39 setores.

Fim da desoneração

Essa mudança que ocorreu em maio se deu quando o Governo Temer quis encerrar a os bloqueios dos caminhoneiros e assim zerou a cobrança de tributos Cide sobre o diesel e PIS-confins.

Com isso, houve uma pressão para a aprovação de projetos que estavam parados e assim conseguiu a aprovação da desoneração da folha de pagamento que aumenta a carga tributária que incide na contribuição das companhias à aposentadoria do trabalhador.

A partir do dia 1º de setembro, essa lei estará vigente e afetará 39 setores que terão o benefício eliminado.

Acontece que, os setores que participam desse programa podem substituir a contribuição previdenciária de 20% sobre a folha de pagamento pela contribuição sobre receita bruta (CPRB) + alíquota de 1% a 4,5%.

Dentre os setores que permaneceram com a folha desonerada estão:

  • Call Center
  • Comunicação
  • Transporte Rodoviário Coletivo
  • Têxtil
  • Transporte Metroferroviário de passageiros

Como funciona o CPRB?

A CPRB é a Contribuição sobre Receita Bruta, é calculada  com uma basa da renda bruta e sobre ela deverá ser aplicada a correspondente alíquota do setor de atividade.

Esse tributo é recolhido a partir do Documento de Arrecadação de Receitas Federais (DARF) até o dia 20 do mês seguinte a folha de pagamento.

Futuro das folhas de pagamento

A projeção é de que apenas 17 dos 56 setores permaneceram com as folhas de pagamento desoneradas até 2020 e então será extinto para todos.

O projeto agora é para inteirar a reoneração, que com essas mudanças, já tem uma estimativa de economizar R$830 milhões este ano.

Os setores reonerados voltarão a contribuir para o INSS com 20% sobre a folha de pagamento.

De acordo com o G1, o governo reduziu os créditos para os concentrados de refrigerantes e cortou gastos públicos com o objetivo de viabilizar o preço do diesel e seguir ajustando as reivindicações que os caminhoneiros requisitaram durante a greve.


Entendeu um pouco mais sobre como funcionará o fim da desoneração na folha de pagamento? Tem alguma dúvida ou algum comentário que pode acrescentar mais sobre esse tema? Comente aqui e compartilhe essa publicação para que mais pessoas possam estar por dentro desse assunto e fique sempre atento as novas publicações da Abertura Simples.

Infográfico: Marketing Digital Contábil – Conquistando clientes através da internet

thum que mostra porque marketing digital é importante

Sabia que o marketing digital contábil pode te ajudar a conquistar clientes? Continue lendo:

A estratégia de marketing digital é importante para qualquer negócio. Quando o assunto é contabilidade, isso não é diferente. Para esse tipo de serviço, a indicação é muito importante pois significa que clientes estão satisfeitos e querem passar isso adiante para que mais pessoas tenham acesso a essa qualidade.

Mas para conseguir divulgar e fazer com que o serviço de seu escritório contábil se destaque cada vez mais no mercado, é necessário investir em algo voltado ao meio digital.

Primeiramente é importante pensar que estamos na era digital e que esse tipo de contato online é primordial. Então, está na hora de colocar isso em prática e é ai que o Marketing digital pode ser útil!

Com o intuito de alcançar um público maior, essa estratégia pode ajudar você a alcançar esse objetivo tão almejado e fazer com que sua carteira de clientes cresça!

Marketing digital contábil aplicado

Mesmo seguindo tudo que a legislação propõe e investindo na tecnologia, é necessário um pouco mais do que isso.

É preciso utilizar da tecnologia que o mundo atual tem a oferecer pois dessa maneira isso o destacará no mercado. As estratégias de marketing digital voltado ao mundo contábil são muito benéficas para o contador que tem vontade de crescer e fidelizar seus clientes a cada dia mais.

Lembre-se que esse contato digital ajuda na aproximação com seus clientes o que pode proporcionar novas oportunidades de negócio.

O infográfico abaixo explica um pouco melhor sobre como isso pode lhe ajudar a conquistar novos clientes:

Infográfico que mostra porque o marketing digital contábil é importante

Curtiu esse infográfico? Achou as informações úteis e aprendeu um pouco mais sobre como essa estratégia pode ajudar a se destacar no mercado? Que tal aplicar o Marketing Digital no seu escritório contábil?

Abertura Simples possui uma proposta para ajudá-lo com isso, trazendo mais clientes e melhorando a venda de serviços contábeis do seu escritório. Cuidamos de tudo para que você cresça ainda mais! Clique no botão abaixo para saber mais sobre essa parceria incrível:

Alguma vez você já pensou em empreender em São Luís? Saiba como

foto de pessoas dando as mãos e uma mulher sorrindo, representando como empreender em São Luís

Para empreender em São Luís, não basta apenas ter força de vontade e uma boa ideia. Essa é uma atividade que demanda muito planejamento, visão e foco. É necessário ter conhecimento sobre as burocracias da cidade e saber sobre a área na qual você vai empreender. Ter um panorama das habilidades administrativas e financeiras do negócio também é essencial.

Com disposição para a aprender os itens essenciais, você vai conseguir transformar os seus projetos em realidade. Por isso o Abertura Simples preparou um artigo com tudo o que você precisa saber para empreender em São Luís e ter sucesso no seu negócio. Confira:

Tudo o que você precisa saber para empreender em São Luís:

Sobre São Luís

A capital maranhense abriga mais de 1 milhão de habitantes, sendo o município mais populoso e de maior PIB do estado. Sua economia baseia-se na indústria de transformação do alumínio, alimentícia, turismo e nos serviços. Seu setor industrial é bastante desenvolvido por conta de grandes corporações e empresas de diversas áreas que se instalaram. Isso se deu principalmente pela sua posição privilegiada entre as regiões Norte e Nordeste dos pais.

Você tem o perfil para empreender em São Luís?

Você quer trabalhar apenas por obrigação e ter uma renda fixa no final do mês? Ou quer usar suas habilidades para atingir uma realização pessoal e profissional?

Se você se encaixa mais no segundo perfil, deve ser uma pessoa que faz planejamentos a longo prazo, e que quer ter sucesso com eles. E quando falamos em sucesso, não queremos dizer necessariamente o êxito financeiro. Para muitas pessoas, sucesso é atingir alguma realização pessoal, ter mais tempo para passar com os familiares.

Se você bate de frente com os problemas e não fica quieto até conseguir resolvê-los, quer que seus projetos sejam seu maior orgulho, está sempre em busca de novas tarefas, soluções, fontes de renda, e não se preocupa com a rotina do dia a dia, você já tem a alma de um empreendedor.

Ser um empreendedor vai muito além de ser seu próprio chefe. Para empreender é preciso imaginação, não só apenas para a ideia do negócio, mas para saber lidar com ele. É necessário ser organizado e planejado, para evitar riscos e gastos desnecessários.

Um bom empreendedor tem que lidar bem com as pessoas, para ter um bom relacionamento com seus funcionários, colaboradores e clientes.

O mais importante é acreditar em si mesmo, e ter coragem para correr riscos. Dessa forma você alcançará os melhores resultados e terá sucesso no seu negócio.

Tenha uma ideia inovadora

Agora que você tem certeza de que será um bom empreendedor, saiba que para empreender em São Luís é necessário ter uma ideia inovadora.

Se você tem alguma coisa específica que goste de fazer e acha que pode se tornar um negócio, você pode investir nisso. Trabalhar com o que ama pode ser uma opção viável para o sucesso. Busque por um diferencial, para se destacar no ramo.

Se não tiver uma ideia de negócio, faça uma lista de coisas que você acha que poderiam ser solucionadas pela sua empresa. No geral, uma empresa atua para resolver algum problema. Pense em como sua empresa poderá solucionar o problema do seu cliente. Alguns problemas podem ser identificados com uma conversa com os potenciais clientes. Outras vezes, o cliente nem sabe que tem um problema até uma solução aparecer.

Porque o cliente escolherá você ao invés do seu concorrente? O importante é ter algo específico. Você pode tentar trabalhar com uma proposta pouco explorada e inovadora.

Plano de negócios

Com uma boa ideia para empreender em São Luís, está na hora de montar o seu plano de negócios. Através dele, você conseguirá ter uma visão mais ampla sobre a empresa e o mercado no qual está inserida. Além do planejamento, o plano de negócios também detalha a questão financeira e os recursos humanos que você poderá contar para o desenvolvimento da empresa.

Para desenvolver esse planejamento, é necessário juntar todos os investimentos de material, equipamento, pagamentos de funcionários e maquinário. Além disso, deve-se pesquisar também sobre o público que você deseja atingir, quem serão seus principais concorrentes, o mercado e muito mais.

foto de um homem sentado, representando como empreender em dourados

Resumo dos principais pontos do plano de negócio

O que é o seu negócio? É Preciso que você saiba qual a missão da empresa, o porquê ela existe e quais são os seus valores. Quais serão os principais serviços e/ou produtos oferecidos? Defina qual será a área de atuação da sua empresa, as obrigações fiscais e o setor de atividade.

É necessário deixar estabelecido quem serão seus principais clientes, quem é o público alvo. Faça uma análise de mercado sobre o que os clientes procuram no seu ramo de negócios. Analise também seus concorrentes, descubra a maneira como eles trabalham, quais são pontos negativos e positivos do seu método de funcionamento.

Qual será a estrutura operacional da empresa? Defina quantas pessoas serão necessárias na sua empresa e como acontecerá todo o funcionamento dela. Você sabe quem será o seu fornecedor? Faça pesquisas de preços, compare e encontre o que mais combina com a sua empresa.

Você não pode esquecer de construir cenários e desenvolver planejamentos estratégicos e de marketing. Monte um detalhado planejamento financeiro. Coloque informações sobre de onde virá os recursos e o que será feito com eles. Qual será o faturamento mensal, em quanto tempo espera que o capital investido retorne e como você irá lidar a longo prazo com as suas finanças.

Você precisa de uma linha de crédito ou um investidor?

Se já teve a ideia, montou o plano de negócios, mas não tem capacidade financeira para começar, saiba que você pode conseguir uma linha de crédito. Os bancos comerciais públicos com carteira comercial, como Caixa Econômica Federal e o BNDES, tem uma linha exclusiva de créditos para ME e EPP.

Entretanto, as vezes os juros cobrados nessas linhas de créditos são muito altos e o seu negócio pode não conseguir suportar. Nesse caso, você pode optar por encontrar um Investidor para sua empresa.

Além de ajudar na parte financeira, os investidores podem auxiliar na gestão do seu empreendimento. Por isso é preciso estar disposto a dividir informações, planos e até tarefas com quem investe na empresa.

Classificamos os investidores por estágios de capital de risco. Mas, para negócios que estão em fase inicial temos o Investidor Anjo e o Investidor Capital Semente.

Os investidores anjos são pessoas físicas, em geral empresários de sucesso, que estão dispostos a investir em negócios que estão em fase inicial mas que tenham potencial de crescimento. Esse tipo de investidor não vai necessariamente fazer parte da empresa. Costumam investir na média dos R$ 50 mil a R$ 500 mil.

Já o investidor Capital Semente, costuma investir valores próximos de R$ 500 mil. Porém em empresas com uma ação de mercado mais definida, que já possuam clientes e tenha uma melhor definição sobre o modelo de negócios.

Saiba como precificar

Você sabe como precificar os serviços que sua empresa vai oferecer? Ele deve cobrir todos os custos de produção e distribuição, os encargos e ainda te proporcionar algum lucro. Para isso, é preciso ter um método de precificação, para te ajudar a ter praticidade no cálculo na hora da venda, e ter uma margem de um possível valor de desconto que pode ser viável oferecer.

Mantenha-se atualizado

Um empreendedor deve entender tudo sobre o mercado em que seu negócio está inserido. Para isso é preciso aprender e estar sempre atualizado sobre esse ramo. Faça cursos especializados, participe de eventos sobre empreendedorismo, converse com outros empreendedores. O mundo dos negócios está sempre em constante mudanças. Por isso é importante nunca deixar de adquirir conhecimento, dessa forma sua empresa nunca ficará para trás.

Primeiro passo para empreender: abrir a sua empresa

Sabemos que empreender em São Luís envolve muitos riscos. Entretanto, com um planejamento detalhado, estratégia de negócios, dedicação e apoio de uma acessória contábil, pode apostar que o seu negócio terá sucesso. Agora que você já sabe como empreender, chegou a hora de abrir sua empresa.

Clique aqui para mais detalhes sobre como abrir empresa em São Luís

Abertura Simples

Saiba que nós da Abertura Simples, podemos te ajudar a empreender em São Luís. Disponibilizamos as funções de Contabilidade, Fiscal, Recursos Humanos e Legalização, como alvará de funcionamento, CADAN, Anvisa, e muito mais.

Entre em contato com nossos representantes e comece a empreender com o Abertura Simples de forma fácil clicando abaixo:

[mk_button dimension=”three” size=”medium” outline_skin=”dark” bg_color=”#54963D” text_color=”light” icon=”mk-li-portfolio” url=”https://aberturasimples.com.br/abrir-empresa-sao-luis/” target=”_blank” align=”left” id=”Buton ID” margin_top=”15″ margin_bottom=”15″]ABRIR EMPRESA[/mk_button]

Quer empreender, mas não sabe por onde começar? Separamos 5 franquias que custam até 50 mil para você investir!

Imagem de vários empreendedores sentado a mesa e discutindo quais as franquias que custam até 50 mil eles podem investir

Confira 5 franquias que custam até 50 mil reais e comece a empreender!

Você tem o sonho, a força de vontade e o perfil para empreender, mas na hora de tirar as suas ideias do papel, não sabe por onde começar? Saiba que isso é normal para a maioria dos empresários e fique tranquilo: os itens mais importantes você já possui!

Nós do Abertura Simples separamos 6 dicas de franquias que custam até 50 mil para você investir ainda esse ano. Todas essas informações foram tiradas do site da ABF (Associação Brasileira de Franchising) e esses valores podem sofrer alterações com o tempo e por isso, não perca a oportunidade. Confira:

FRANQUIAS QUE CUSTAM ATÉ 50 MIL PARA VOCÊ EMPREENDER O QUANTO ANTES!

ALIMENTAÇÃO – ICEMELLOW SORVETES E CIA

A franquia IceMellow atende a todos os perfis de clientes, de todos os grupos econômicos e faixas etárias. Geralmente opera com quiosques e lojas compactas, trata-se essencialmente de uma operação especialista em sorvetes com grande variedade de produtos.

Para abrir uma franquia IceMellow, é necessário:

  • Idade mínima de 25 (vinte e cinco) anos;
  • Ter o segundo grau completo;
  • Idoneidade comprovada;
  • Possuir recursos financeiros próprios, para no mínimo 70% do investimento total a ser realizado;
  • Conformidade às regras e padrões, no sentido de se adequar às normas e procedimentos estabelecidos pelo Sistema de Franquia ICEMELLOW;
  • Não é necessária experiência anterior no segmento de alimentação;

Esta franquia custa a partir de R$ 49.900 e possui um tempo de retorno do investimento de aproximadamente 12 a 36 meses. Seu faturamento médio mensal é de R$ 35.000 a R$ 45.000.

CASA E CONSTRUÇÃO – DR FAZ TUDO

A Dr Faz Tudo foi criada para abrir as postas dos serviços de manutenção rápida de imóveis residenciais e comercias, com novos conceitos de qualidade, segurança e garantia. A rede está em expansão em todo o Brasil, contribuindo com muitos empreendedores que buscam sucesso e crescimento pessoa através de uma atividade empresarial segura.

Se você é um engenheiro, arquiteto, eletricista, encanador, técnico em edificações, encontrará nesta franquia uma oportunidade de fazer um upgrade em sua carreira ao aliar à sua formação, novos conhecimentos que lhe permitirão atuar sinergicamente com sua atividade. Se você é um empreendedor, receberá treinamentos necessários para gerir todos os assuntos relacionados ao negócio.

Para abrir a franquia, o empreendedor pode contar com um investimento de a partir de R$25.000, com uma previsão de retorno de investimento de 12 a 18 meses. Seu faturamento médio mensal é de R$2.500 a R$25.000.

Imagem de uma empreendedora pronta para investir em franquias que custam até 50 mil

SEGUROS – SEGURALTA

Ainda dentro do perfil de franquias que custam até 50 mil, a franquia Seguralta Corretora de Seguros está no mercado há mais de 45 anos, com mais de 150 mil clientes atendidos, assessorando-os para proporcionar tranquilidade e segurança. É uma empresa em grande expansão e atualmente, conta com mais de 600 franquias espalhadas estrategicamente por todo país.

Para iniciar, o empreendedor precisará investir a partir de R$22.500, com retorno de investimento de 12 a 36 meses, com faturamento médio mensal de R$30.000.

INFORMÁTICA – INOIVANDO

De olho em um cenário muito promissor, a Inoivando criou um portal regionalizado focado em matrimônios. Nele, os casais encontram fotógrafos, decoradores, músicos, floristas, locais de eventos, além de conteúdos diários sobre o setor. O trabalho do franqueado engloba a inserção e/ou aumento da presença online do prestador de serviços em sua área de atuação com estratégias de marketing digital.

Para iniciar nessa franquia é preciso:

  • Preferencialmente ter atuado no ramo de Eventos e Casamentos;
  • Gostar de atuar neste ramo ou se identificar com a proposta de empreender com o segmento proposto;
  • Ter disponibilidade para empreender e se dedicar ao máximo ao negócio;
  • Se dedicar comercialmente, estar disposto a aprender;
  • Ser resiliente, insistente e acreditar no potencial do negócio;
  • Entender que todo negócio tem seus desafios, seus riscos e o sucesso da franquia depende muito de sua dedicação e determinação.

Também na mesma linha de franquias que custam até 50 mil, a Inoivando precisa que o empreendedor invista a partir de R$23.000, com um tempo de retorno do investimento de 12 a 24 meses e um faturamento médio mensal de R$15.000.

EDUCAÇÃO – KUMON

O Kumon é uma rede de franquias de educação em franca expansão, presente e 49 países e com mais de 4 milhões de alunos. No Brasil, as quase 1500 unidades atendem mais de 155 mil alunos em toda as regiões e, com isso, consolidaram-se como sendo a maior rede de franquia de educação do país.

Os pré-requisitos necessários para abrir uma franquia Kumon são:

  • Identificação com a área de educação;
  • Formação universitária (não é exigida formação pedagógica ou certificação na área educacional. O Kumon oferece capacitação, acompanhamento e suporte constante aos franqueados);
  • Conhecimento básico de Matemática e Português, e desejável de Inglês;
  • Disponibilidade em tempo integral para atuação na unidade;
  • Facilidade em lidar com públicos diversos (de crianças pequenas a adultos);
  • A partir de R$35.560 o empreendedor consegue investir em uma franquia da rede. Com um faturamento médio mensal de R$27.000, ele terá um retorno de investimento entre 18 a 24 meses.

Fonte: ABF

Você sabe quais são os modelos de franquia disponíveis para você investir? Confira abaixo o vídeo que preparamos em nosso canal do Youtube para entender:


E aí, está preparado para empreender? Vale ressaltar que todos os dados sobre valores podem sofrer alterações com o tempo e por isso, é recomendado que você não perca mais essa chance.

Nós, da Abertura Simples, realizamos todo o processo para que o empreendedor que deseja abrir uma franquia realize de forma rápida, simples e segura, sem dores de cabeça. Além disso, oferecemos diversos serviços adicionais aos parceiros que decidem abrir qualquer empresa conosco.

Entre em contato com nossos representantes e inicie seu projeto com a Abertura Simples de forma fácil clicando abaixo:

[mk_button dimension=”three” size=”medium” outline_skin=”dark” bg_color=”#54963D” text_color=”light” icon=”mk-li-portfolio” url=”https://aberturasimples.com.br/abrir-empresa-uruguaiana/” target=”_blank” align=”center” id=”Buton ID” margin_top=”15″ margin_bottom=”15″]ABRA SUA EMPRESA[/mk_button]

Passo a passo para escolher um escritório de contabilidade para sua empresa em São Luís!

Foto aérea de São Luís, representando escritório de contabilidade em São Luís - Abertura Simples

Saiba como escolher um escritório de contabilidade em São Luís! Toda empresa, independente do ramo de atuação e tamanho, demanda um certo conhecimento e dedicação do empreendedor para lidar com as diversas tarefas administrativas. Porém, algumas funções, como o controle e coordenação da contabilidade, exigem o auxílio de profissionais que sejam especializados no assunto.

Se você quer que sua empresa se mantenha regularizada e em constante crescimento, talvez seja a hora de contar com um bom contador. Por isso, explicaremos a seguir a importância de ter um bom contador junto à sua organização e como escolher o melhor profissional ou escritório de contabilidade em São Luís para auxiliá-lo na assessoria contábil. Continue lendo:

Mas afinal, o que faz um escritório de contabilidade em São Luís?

O profissional de contabilidade é a pessoa responsável por toda a área financeira, econômica, tributária e patrimonial de uma empresa. Assim como em São Luís e em todas as outras cidades, suas principais funções são:

  • controle do fluxo de caixa e estoque;
  • preenchimento e envio de obrigações acessórias;
  • escrituração de documentos e livros de entrada e saída da empresa;
  • emissão, registro de notas fiscais e pagamento de impostos (caso for acordado entre as partes);
  • entre tantas outras funções;

O contador pode ser também um grande aliado na administração e gerenciamento de um negócio. Se você contar com um bom profissional, ele pode auxiliar no planejamento estratégico, elaboração de relatórios gerenciais e também na tomada de decisões essenciais.

Para se tornar um profissional de contabilidade é necessário ter formação em Ciências Contábeis (superior) ou em Contabilidade (técnico). Além disso, é essencial ser registrado no CRC (Conselho Regional de Contabilidade) para exercer a profissão de forma regular e legal.

Importância do contador

Todo empreendedor sabe que a rotina é muito corrida para lidar com todas as questões de uma empresa. E muitas vezes, por mais qualificado e preparado que seja o profissional, ele não dispõe de todas as habilidades para lidar com todos os assuntos. A contabilidade é um exemplo.

Exercer algumas tarefas exigem certos conhecimentos específicos, domínio das práticas contábeis, e também desenvoltura para lidar com situações que, muitas vezes, estão fora do alcance do conhecimento do administrador.

E por mais que as atividades contábeis pareçam fáceis de resolver, a vida financeira, seus controles e obrigações periódicas devem ser tratadas com cuidado. O contador irá trabalhar para evitar todos os riscos e danos do seu negócio.

Foto de uma rua em São Luís, representando escritório de contabilidade em São Luís - Abertura Simples

COMO ESCOLHER UM ESCRITÓRIO DE CONTABILIDADE EM SÃO LUÍS PARA SUA EMPRESA?

Você está com dúvidas para escolher um escritório de contabilidade em São Luís para o seu negócio? Ou está tendo problemas com o seu e resolveu trocar? Nem todo escritório oferece o mesmo tipo de serviço. O ideal é fazer uma boa pesquisa, buscando também referências e avaliando os preços e serviços oferecidos.

A seguir, daremos algumas dicas para que você, empreendedor, consiga escolher o escritório de contabilidade em São Luís que melhor atende à sua empresa:

Bom atendimento

Com toda a tecnologia que temos disponível hoje em dia, as respostas devem ser cada dia mais rápidas e precisas. Por isso, o escritório que você escolher deve estar pronto para atende-lo a qualquer momento. A recomendação é que você avalie todos os canais de comunicação do escritório como e-mail, site, redes sociais e telefones. A velocidade, disponibilidade, cordialidade e prestatividade do atendimento devem ser fatores significantes antes de fechar negócio.

Dizem que a escolha de um contador para uma empresa é como escolher um médico para sua família. Logo é necessário estabelecer um laço de confiança de longa duração. É essencial que seu escritório preste um bom atendimento, de forma que sua relação não seja prejudicada.

Infraestrutura

É importante analisar se o escritório de contabilidade está oferecendo a infraestrutura necessária para atender a sua demanda. Isso diz respeito tanto a tecnologia do escritório, quanto a quantidade de funcionários que eles podem oferecer. Existem escritórios com apenas um contabilista responsável, até gigantescas firmas com dezenas de empregados.Você pode avaliar a organização do espaço, o clima organizacional, a relação dos funcionários. Assim, é possível entender qual a melhor opção para sua empresa.

Deve-se observar também os aparatos tecnológicos que o escritório dispõe, logo que a relação entre empresas e governo se transformou drasticamente nos últimos anos. Os escritórios tiveram de se modernizar para garantir melhores resultados. Confira se o mesmo está com suas ferramentas em dia, recursos atualizados e preparado para as novas tecnologias.

Competência técnica

É fundamental ser atendido por profissionais capacitados e experientes, que se mantenham frequentemente atualizados principalmente a respeito das legislações tributárias e trabalhistas. Além disso, é essencial que essa competência esteja ligada a capacidade de resolução de problemas e definição de conceitos (e como aplica-los). O cliente não precisa especializar-se em assuntos tributários ou trabalhistas, mas o contador sim, e é necessário simplifica-los para poder facilitar a vida do cliente.

Para ter certeza da competência técnica de um escritório, você pode entrar em contato com o profissional e ter uma conversa sobre as principais dificuldades do empreendimento. A partir disso, peça também atualizações periódicas e matérias sobre seu segmento, medindo a profundidade de conhecimento desse profissional.

Relação custo x benefício

Assim que você identificar quais são as reais necessidades de sua empresa, busque por um profissional contábil que atenda a seus serviços específicos. Chega então o momento de avaliar a qualidade das atividades executadas na proporção do preço pelo qual é cobrado.

Profissionais com maior competência e conhecimentos específicos podem cobrar mais por seus serviços, mesmo que tenham uma estrutura menor. Isso porque a segmentação e especialização em nichos faz com que o escritório apresente soluções eficazes para determinados problemas. Da mesma forma que uma empresa pode cobrar mais barato por um produto, é o caso dos escritórios de contabilidade que prestam serviços básicos, como pagamento de impostos em dia.

Localização

O ideal é que o escritório esteja numa localização próxima e de fácil acesso da empresa. Quando o escritório atua na mesma cidade, fica muito mais fácil realizar reuniões e visitas pessoais ao escritório para verificar sua estrutura funcional, seus representantes e a dinâmica. Dessa forma, é possível economizar tempo e manter uma boa frequência de reuniões, que se aconselha que seja no mínimo mensal.

Não só pelo deslocamento, é importante ter um escritório de contabilidade na mesma cidade também pelo fato de que a legislação contábil e as obrigações tributárias podem ser diferentes de uma cidade para outra. Em alguns casos, as empresas encontram complicações com o IPTU e o ISS, além dos impostos municipais. Se o escritório estiver em outro município, isso se torna ainda mais difícil.

Sobre São Luís

A capital maranhense abriga mais de 1 milhão de habitantes, sendo o município mais populoso e de maior PIB do estado. Sua economia baseia-se na indústria de transformação do alumínio, alimentícia, turismo e nos serviços. Seu setor industrial é bastante desenvolvido por conta de grandes corporações e empresas de diversas áreas que se instalaram. Isso se deu principalmente pela sua posição privilegiada entre as regiões Norte e Nordeste dos pais.


Abertura Simples

Temos nosso escritório de contabilidade em São Luís e em + de 50 cidades em todo o Brasil, abrindo empresas de forma rápida e segura. Além disso, oferecemos diversos serviços adicionais aos parceiros que decidem contar com nossos serviços contábeis.
Entre as diversas vantagens da Abertura Simples estão:

  • Sede física;
  • Atendimento humanizado;
  • Serviço de entrega e recolhimento de documentos;
  • Preço justo;

Entre em contato com nossos representantes e saiba como ter o auxilio de um escritório de contabilidade para sua empresa em São Luís:

[mk_button dimension=”three” size=”medium” outline_skin=”dark” bg_color=”#54963D” text_color=”light” icon=”mk-li-portfolio” url=”https://aberturasimples.com.br/contabilidade/” target=”_blank” align=”center” id=”Buton ID” margin_top=”15″ margin_bottom=”15″]QUERO CONTABILIDADE[/mk_button]

Você pode abrir empresa em Maringá sem complicações! Saiba como

Alguma vez você já pensou em abrir empresa em Maringá? O sonho de muitos brasileiros é abrir o próprio negócio, adquirir a independência financeira e se tornar o próprio chefe. E, realmente, quando se tem uma boa ideia de negócio, o primeiro passo a se fazer é tirá-la do papel! Porém, um passo importante também é regularizar a empresa e obter todos os registros.

Com medo da burocracia que esse processo envolve, muitas pessoas acabam atuando na ilegalidade, e isso apresenta diversos riscos para o empreendedor. Por isso, demonstraremos a seguir que abrir e regularizar a sua empresa não é algo tão difícil assim. Nós, do Abertura Simples, podemos te ajudar com todo os procedimentos e documentos necessários! Continue lendo:

Sobre Maringá

A cidade conta com uma população de mais de 400 mil habitantes e está entre as cidades mais rápidas para se abrir uma empresa no Brasil, ficando acima de grandes capitais como Fortaleza, Natal e Porto Alegre, segundo a Exame. Além disso, foi considerada a melhor cidade do país para se viver, de acordo com levantamento realizado pela consultora Macroplan.

A cidade, hoje, se destaca principalmente pelo setor de comércio e prestação de serviços, mas a agricultura continua a ser fundamental. Já o setor industrial não é tão expressivo, mas vem crescendo bastante nos últimos anos.

Quais os passos para abrir empresa em Maringá?

Planejamento

O primeiro passo, e talvez o mais importante para abrir uma empresa de sucesso, é planejar. Muitas vezes, o empreendedor se precipita pensando em abrir uma empresa, conseguir um CNPJ, tirar as licenças, e acaba esquecendo dessa etapa.

Para fugir das estatísticas (de acordo com o IBGE, seis de cada dez empresas não sobrevivem aos primeiros cinco anos de atividade), é necessário fazer um bom planejamento. Esse é o ponto de partida para determinar o público alvo do seu negócio, estudar a concorrência, o mercado, etc.

A depender desses fatores, pode interferir diretamente na estrutura da sua empresa, na forma de atender os clientes, no seu produto ou serviço.

Tipos de atividade

Em seguida, é necessário identificar qual o segmento de atividade que deseja. Existem três distinções:

  • Prestação de Serviços: trabalho realizado a título de mão de obra física ou intelectual;
  • Industria: atividade econômica que visa transformar matéria-prima em materiais comercializáveis;
  • Comércio atacadista: direcionado para lojistas e Comercio Varejista, direcionado ao consumidor final.

Tipos de Natureza Jurídica

Em seguida, é preciso verificar qual o tipo de natureza jurídica de sua empresa. Este, representa o regime jurídico no qual ela se enquadra, isso é, a relação da pessoa jurídica pública ou privada com a fiscalização no determinado empreendimento, junto aos dados cadastrados na administração pública.

Informar a natureza jurídica no momento de formalizar a empresa é uma questão indispensável, logo que cada uma possui formas diferentes de aplicação das normas. Existem diversas espécies de natureza jurídica, mas às entidades empresariais, são atribuídas:

  • Empresário Individual, ou MEI: Uma única pessoa constitui a empresa, cujo nome empresarial deve ser composto por seu nome civil, completo ou abreviado. É a pessoa física titular da empresa, podendo constituir apenas uma em seu nome;
  • Sociedade Limitada: É aquela que reúne dois ou mais sócios a fim de explorar atividades de produção ou circulação de bens e serviços. Inclui-se toda empresa que contribui com moeda para formação de capital social e realização da constituição empresarial;
  • Sociedade Simples, ou SS: Exploram atividades de prestação de serviços decorrentes de atividades intelectuais e de cooperativa. Ou seja, os sócios não exercem nenhuma atividade voltada ao comercio, e sim desempenhar suas profissões. Exemplo: contadores, advogados, cooperativas e representações comerciais;
  • Sociedade Anônima: Todas as empresas que não atribuem seu capital social a um nome específico, mas sim divide em ações. Essas ações podem ser transacionadas livremente. Neste caso não é necessário nenhum contrato social ou outro ato oficial como nas sociedades limitadas;
  • Empresa Individual de Responsabilidade Limitada, ou EIRELI: Empresa formada por somente uma pessoa, onde o capital pertence unicamente ao titular. Esse capital deve ser obrigatoriamente integralizado, e não pode ser inferior a 100 vezes o salário mínimo vigente.

Foto da cidade a noite, com muitos prédios iluminados, representando abrir empresa em Maringá

Documentos necessários

Os documentos necessários para dar início ao processo de abrir empresa em Maringá são simples. Para os sócios, basta apresentar 1 cópia simples do comprovante de residência de cada um, 2 cópias autenticadas do RG e CPF de cada, e 1 cópia da folha espelho do IRPF, caso tenha comprovado no ano vigente.

Já para a empresa em si, é preciso apresentar apenas 2 cópias simples do IPTU do Imóvel, e 2 cópias do Contrato de Locação ou Compra e Venda.

Qual o processo para abrir empresa em Maringá?

Assim que toda a documentação for acertada, as informações são enviadas para a Receita Federal e a Junta Comercial e é iniciado o processo de abertura. A aprovação leva de 3 a 5 dias úteis após o envio, significando que você já terá o número do CNPJ. Porém, para emitir notas, é necessário estar cadastrado também na Prefeitura. No total, a média para completar esse processo é de 7 a 10 dias.

Porém, para abrir empresa em Maringá, é necessário também realizar a Análise Prévia da Viabilidade de Localização. Essa análise é feita pela Prefeitura para determinar se a empresa pode ou não utilizar determinado imóvel para determinado comércio.

Algumas pessoas escolhem um local que desejam se instalar, investem nesse imóvel, e só depois descobrem que não podem atuar ali. É muito tempo e dinheiro perdido, sendo que se contassem com o apoio de um profissional ligado nessa área, evitariam esse transtorno. Por isso, não se esqueça de fazer o pedido de Análise Prévia de Viabilidade do local.

Banner do e-book Guia de Abertura de Empresas

Abertura Simples

Nós, da Abertura Simples, realizamos todo esse processo por você, para que sua empresa seja aberta de forma rápida, simples e segura, sem dores de cabeça. Nossa equipe está à disposição para atender a todos as etapas da abertura de empresa.

Além disso, oferecemos diversos serviços adicionais aos parceiros que decidem abrir empresa em Maringá conosco. Entre as diversas vantagens da Abertura Simples estão o atendimento humanizado, serviço de entrega e recolhimento de documentos e o preço justo.

Entre em contato com nossos representantes e inicie sua empresa com a Abertura Simples de forma fácil clicando abaixo:

mk_button dimension=”three” size=”medium” outline_skin=”dark” bg_color=”#54963D” text_color=”light” icon=”mk-li-portfolio” url=”https://aberturasimples.com.br/abrir-empresa-maringa/” target=”_blank” align=”left” id=”Buton ID” margin_top=”15″ margin_bottom=”15″]ABRIR EMPRESA[/mk_button]

Chegou a hora de empreender! Saiba como abrir um pub e tenha muito sucesso em sua cidade!

Está planejando abrir um pub? Esse é um negócio são estabelecimentos comerciais típicos da Grã-Bretanha e de países de influencia britânica onde se vendem refeições e bebidas alcoólicas. Nos pubs, a cerveja é a bebida principal, dentre elas as do tipo Ale, Larger e Escura.

O termo pub deriva-se da expressão inglesa “public house”. Geralmente todo o público que frequenta os pubs são por que esses estabelecimentos estão próximos as suas casas e trabalhos, e além desse fator, as variadas cervejas, tabuleiro de dardos e mesas de sinuca facilitam bastante a frequência desses consumidores. Quer saber como iniciar na área? Continue lendo:

TIRE SUAS IDEIAS DO PAPEL: SAIBA COMO VOCÊ PODE ABRIR UM PUB E TENHA MUITO SUCESSO!

SOBRE O MERCADO

O segmento de mercado no qual um “Pub” se situa no Brasil é conhecido como Tema Bar. O crescimento do mercado de bares e restaurantes, no país, está trazendo um novo desafio para quem entra no ramo: como conquistar novos fregueses? Uma saída adotada por muitos empreendedores está sendo aliar os serviços de alimentação a um ambiente diferenciado, que remete a algum tema específico: os bares temáticos.

A quantidade de estabelecimentos que vendem bebidas no balcão, chamados de ‘pontos de dose’ são mais de 750 mil em todo o Brasil, sendo que só em São Paulo são mais de 70 mil. Não existem estatísticas confiáveis sobre o número de Pubs no país, mas estima-se que existam 10.000 estabelecimentos diferenciados, aqueles que oferecem um produto, serviço, ou decoração mais sofisticada, categoria que engloba os Pubs no Brasil.

O Brasil tem cerca de 686 mil pequenos negócios do segmento de bares e restaurantes, que movimentam o mercado de alimentação fora do lar, um dos que mais cresce no país, sendo que 40% dessas empresas estão classificadas como Microempreendedores Individuais e 50% figuram entre as categorias de micro, pequenas e médias.

PLANO DE NEGÓCIOS

O plano de negócios serve para que o empreendedor tenha uma visão mais ampla sobre a empresa e o mercado no qual está inserida. No plano de negócios você irá definir assuntos como por exemplo, os serviços e produtos que irá oferecer. Além disso, o plano de negócios também detalha a questão financeira e os recursos humanos que você poderá contar para o desenvolvimento da empresa.

Para desenvolver o planejamento, é necessário juntar todos os investimentos de material, equipamento, pagamentos de funcionários e maquinário. Além disso, deve-se pesquisar também o público que irá contratar o seu serviço, quem serão seus principais concorrentes, o mercado e muito mais.

RESUMO DOS PRINCIPAIS PONTOS DO PLANO DE NEGÓCIO:

  • O que é o negócio;
  • Quais os principais produtos e/ou serviços;
  • Quem serão os seus principais clientes;
  • Onde será localizada a empresa;
  • O montante de capital a ser investido;
  • Qual será o faturamento mensal;
  • Em quanto tempo espera que o capital investido retorne;

Saiba a importância de ter um plano de negócios em sua empresa

ESCOLHA O LOCAL

Uma boa localização é aquela que favorece o acesso das pessoas com o menor grau de dificuldade.

O empreendedor que deseja abrir um pub precisa considerar se o imóvel em questão atende as suas necessidades; se está localizado em via de grande fluxo de pessoas; se possui fácil acesso, ou seja, está próximo a ponto de ônibus, metrô, estacionamento e principalmente, pontos comerciais. Além disso, deve verificar se o local é visível ao público que passa pela região e por último, consultar a vizinhança para saber sobre as questões de segurança.

Lembre-se, antes de verificar esses aspectos, é primordial verificar se o imóvel respeita as leis referentes a Prefeitura Municipal.

Confira aqui 7 dicas para escolher o ponto comercial ideal para sua empresa.

COLABORADORES

A contratação de colaboradores para abrir um pub dependerá fundamentalmente de dois aspectos: necessidade e tamanho do empreendimento.

Para iniciar o seu negócio, o empreendedor deverá contratar garçons; barman, gerente e cozinheiros.

É muito importante que na hora da escolha, o empreendedor verifique e contrate aqueles profissionais capacitados e habilitados para exercer a determinada função. Não se esqueça que serão eles que determinaram a qualidade de todo o seu serviço.

Imagem ilustrativa para inspirar o empreendedor que deseja abrir um pub em sua cidade

ESTRUTURA E EQUIPAMENTOS

A estrutura mínima recomendada para abrir um pub é de 40m², com flexibilidade de expansão conforme o estabelecimento for se desenvolvendo. Essa metragem deverá comportar a área de atendimento, área para exposição dos produtos e o salão onde estarão as mesas e cadeiras.

Alguns dos equipamentos necessários são:

  • Computador;
  • Impressora;
  • Telefone;
  • Impressora de cupom fiscal;
  • Máquina de cartão de débito e crédito;
  • Ar condicionado;
  • Equipamentos de som;
  • Mesas e cadeiras para serem distribuídas no salão;
  • Talheres, pratos, copos, coqueteleiras, pinça, dosador;
  • Banquetas;
  • Capa com aquecimento a gás;
  • Estufas;
  • Freezer;
  • Prateleiras para as bebidas
  • Caixas acústicas;
  • Iluminações específicas;
  • Balcão de atendimento;
  • Entre outros;

DIVULGAÇÃO E DICAS

A divulgação é um importante instrumento para tornar a empresa e seus serviços conhecidos pelos clientes potenciais. Para o empreendedor que deseja abrir um pub, as ações de marketing devem estar concentradas de acordo com o porte e o público alvo escolhido.

O empreendedor pode investir nos mais variados meios, apostando tanto nos materiais impressos como também, os meios digitais. Ele pode utilizar mala direta e e-mail informando sobre novidades de produtos, promoções e temáticas; mídia especializada como por exemplo revistas específicas da área; materiais impressos como por exemplo flyer e folders e, finalmente investir em um bom site, onde constarão as principais informações sobre o pub e seus produtos. Por último, mas não menos importante, é fundamental que a sua marca esteja presente nas redes socais, afinal, elas são os maiores motores de buscas por avaliações e referências sobre determinado assunto.

Como dica de negócio, recomendamos que o empreendedor um dos principais fatores de sucesso de qualquer empreendimento é o bom atendimento. Por isso, invista na qualidade de todo o serviço, desde os produtos até a entrega deles. Além disso, o pub é um bar temático e por isso, é fundamental fora o conceito convencional, no qual o cliente vai ao estabelecimento para apenas beber e comer, ele precisa ter aspectos relacionados à diversão dos frequentadores, e ao fato dele se sentir bem no ambiente, fazendo com que ele fique satisfeito e volte ao local, são tratados como elementos de diferenciação e fidelização. Por se tratar de um bar temático, o principal diferencial de um Pub no Brasil é o ambiente. A decoração deve remeter a Inglaterra e a temas da cultura britânica. Outro diferencial será a variedade de cervejas, oferecendo para o cliente a opção de cervejas importadas e itens da gastronomia anglo-saxônica.

DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA

Os documentos necessários para abrir um pub praia são simples:

  • Documentação na Junta Comercial;
  • CNPJ;
  • Cópia autenticada do RG e CPF;
  • Secretaria Estadual da Fazenda;
  • IPTU do imóvel;
  • Cópia do Contrato de Locação ou Compra e Venda;
  • Alvará de funcionamento;
  • Entre outros documentos específicos da cidade.

Clique aqui e saiba o que você precisa para obter um CNPJ para sua empresa

Banner do e-book Guia de Abertura de Empresas

ABERTURA SIMPLES

Nós, da Abertura Simples, realizamos todo o processo para que o empreendedor que deseja abrir um pub realize de forma rápida, simples e segura, sem dores de cabeça. Além disso, oferecemos diversos serviços adicionais aos parceiros que decidem abrir qualquer empresa conosco.

Entre as diversas vantagens da Abertura Simples estão o atendimento humanizado, serviço de entrega e recolhimento de documentos e o preço justo. Disponibilizamos também as funções de Contabilidade, Fiscal, Recursos Humanos e Legalização, como alvará de funcionamento, CADAN, Anvisa, e muito mais.

Entre em contato com nossos representantes e inicie seu projeto com a Abertura Simples de forma fácil clicando abaixo:

[mk_button dimension=”three” size=”medium” outline_skin=”dark” bg_color=”#54963D” text_color=”light” icon=”mk-li-portfolio” url=”https://aberturasimples.com.br/abra-sua-empresa/” target=”_blank” align=”center” id=”Buton ID” margin_top=”15″ margin_bottom=”15″]ABRIR UM PUB[/mk_button]

ECF e ECD – Saiba como funcionam essas escriturações

contadores conversando sobre ECF e EDC

Quer saber sobre ECF e ECD? Continue lendo:

Você sabe qual a diferença entre em ECF e ECD e quais suas especificações?

Neste texto você vai pode compreender melhor tudo sobre esse assunto e se preparar manter esses documentos organizados.

Essas duas escriturações fiscais são obrigações acessórias para sua empresa mas cada uma delas contém suas particularidades que as fazem ser além de necessárias, diferentes.

Qual a finalidade dessas escriturações?

Para podermos entender sobre esse assunto, precisa-se ter um conhecimento prévio sobre porque elas foram instituídas pelo SPED (Sistema Público de Escrituração Digital).

O SPED tem como finalidade unificar atividades de recepção, armazenamento e autenticação dos livros e documentos que integram a escrituração fiscal, de acordo com o Decreto no 7.979, de 8 de abril de 2013.

Seu principal objetivo é a modernização sistemática atual das obrigações acessórias utilizando a assinatura digital de documentos eletrônicos, garantindo a veracidade dos mesmos de forma digital.

Com isso, foram iniciados três grandes projetos: Escrituração Contábil Fiscal, Escrituração Contábil Digital e NF-e-Ambiente Nacional.

Com esse texto, focaremos mais nas duas escriturações: ECF e ECD.

ECF – Escrituração Contábil Fiscal

Desde 2014 a ECF substituiu a Declaração de Informações Econômicas-Fiscais da Pessoa Jurídica (DIPJ) optantes pelo Lucro Real tanto quanto para o Lucro Resumido.

Tem como finalidade de interligar os cálculos do IRPJ (Imposto de Renda da Pessoa Jurídica) e CSLL (Contribuição Social Sobre Lucro Líquido).

Esse tipo de escrituração é obrigatória para todas as pessoas jurídicas, inclusive imunes e isentas, sejam elas tributadas pelo lucro real, lucro arbitrado ou lucro presumido, com algumas exceções:

  • Pessoas jurídicas optantes pelo Regime Especial Unificado de Arrecadação de Tributos e Contribuições das quais micro e empresas de pequeno porte enquadradas (Simples Nacional);
  • Autarquias, Fundações e Órgãos Públicos;
  • Pessoas jurídicas inativas.

É necessário que todas as informações declaradas estejam corretas e garantir que a ECF seja assinada digitalmente mediante um certificado emitido por entidade credenciada pela ICP-Brasil para garantir a autenticidade, autoria e validade jurídica.

ECD – Escritura Contábil Digital

Vigente desde 2013, é parte integrante do SPED, substitui a escrituração em papel para a escrituração em arquivo, que transmite em arquivo os livros:

  • Livro Diário
  • Livro Razão
  • Livro Balancetes Diários, Balanços e fichas de lançamento comprobatórias dos assentamentos neles transcritos.

Estão dispensada dessa obrigação: Sociedade empresarial, microempresas e empresas de pequeno porte que usam o Simples Nacional.

Para entregar a ECD do ano vigente, é necessário fazer uma relação de dados de 01/01 a 31/07 do ano anterior.

Quanto a atenção a prazos e multas

Quando uma empresa precisa necessariamente entregar a Escritura Contábil Digital, ela utiliza os saldos e contas da ECD para inicialmente preencher o ECF.

O vencimento da ECF ocorre no último dia do mês de Julho e o do ECD no último dia do mês de Maio do ano referente a escrituração.

Caso ocorram atrasos, gerará uma multa de R$500,00 por mês atrasado.

É obrigatória a assinatura do contador responsável através do certificado digital e-CPF.

O melhor caminho para manter tudo organizado, é manter um contador sempre no seu papel de importância e ter a ajuda dele para coordenar todos os impostos e tributações e deixar sua empresa sempre em dia.


Esclareceu suas dúvidas sobre ECF e ECD? Já sabe como manter suas escriturações em ordem? Fique atento no Abertura Simples.