fbpx

Os 6 maiores erros cometidos por empreendedores de primeira viagem

 em Empreendedorismo

De acordo com uma pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), cerca de 81% das empresas ativas em 2013 eram sobreviventes – ou seja, empresas que possuíam pelo menos um ano de atuação. Embora essa taxa de sobrevivência seja a maior desde 2012, é preciso atentar-se aos outros 19% de empresas que não resistem às pressões do mercado.
Apesar de haver diferentes fatores que levam uma empresa a sair do mercado, os erros cometidos pelos empreendedores de primeira viagem são cruciais para o seu desempenho. Por isso, conheça agora os seis maiores erros cometidos por esses profissionais!

Maiores erros dos empreendedores de primeira viagem:

Não ter um planejamento

Devido à empolgação de finalmente ser dono do seu próprio negócio, muitos empreendedores de primeira viagem não levam a sério a necessidade de ter um planejamento abrangente e estruturado.
Sem metas e objetivos e, principalmente, sem estratégias definidas, muitos empreendedores de primeira viagem simplesmente se jogam no mercado. A concorrência, entretanto, já está estabelecida e muito mais preparada, fazendo com que o novo empreendimento sofra com decisões erradas e precipitadas.

Não se adaptar às mudanças

Embora um planejamento seja útil e necessário, ele não pode ser limitante para os empreendedores de primeira viagem, já que é preciso encarar o mercado como o organismo dinâmico que ele é. Assim, muitas vezes o plano de negócios não contempla um determinado investimento que na verdade significa uma excelente oportunidade de negócio.
Preso ao seu planejamento, os empreendedores de primeira viagem tende a não querer sair do previsto – ou sequer considera a possibilidade. O resultado disso é que boas oportunidades são perdidas, podendo, inclusive, prejudicar o futuro do negócio.

Não dispor de capital de giro suficiente

O capital de giro é o montante responsável por financiar as operações da empresa de modo que ela possa se manter saudável e lucrativa. Se esse valor é importante para empresas estabelecidas, ele é totalmente indispensável para novos empreendimentos, já que uma empresa recém-aberta ainda não está firmada no mercado e requer investimentos para que possa se desenvolver.
Um erro muito comum cometido por empreendedores de primeira viagem é o de simplesmente não dispor de capital de giro suficiente. O resultado disso é que os primeiros meses de operação da empresa, que já são difíceis, tornam-se ainda mais pesados. Muitas vezes, inclusive, essa falta de capital é responsável pelo encerramento das atividades de muitas empresas novas.

Centralizar todas as funções

É óbvio que os empreendedores de primeira viagem são os maiores interessados no sucesso de seu negócio, mas com essa mentalidade muitos empreendedores de primeira viagem acabam centralizando todas as funções. Sem a habilidade de delegar, o que acontece é que ele termina ficando sobrecarregado e, muitas vezes, ineficiente.
Para corrigir essa inabilidade em delegar é preciso saber o que pode ser delegado e, tão importante quanto, para quem pode ser delegado.

Ignorar a concorrência

Por melhor ou mais promissora que seja uma ideia ou por mais estruturado que seja um planejamento, conhecer a concorrência é fundamental para entender sobre a situação do mercado e identificar o que deve e o que não deve ser feito.
Muitos empreendedores de primeira viagem, entretanto, desconsideram esse fato e simplesmente não analisam a concorrência. Com isso, as chances de verem seu negócio ser preterido em relação à concorrência são grandes.

Pensar apenas no dinheiro

É bem verdade que com as atitudes certas, um novo negócio pode ser bastante lucrativo e rentável. Apesar disso, o mundo dos negócios é muito mais difícil do que parece e requer paixão e interesse além de preparação e conhecimentos. Pensar somente no dinheiro é bastante comum, mas igualmente prejudicial, já que pode fazer com que os empreendedores de primeira viagem tomem atitudes precipitadas ou simplesmente não tenha a vontade que é necessária para chegar ao sucesso.
Conhecer os maiores erros dos empreendedores de primeira viagem é fundamental para estar muito mais preparado para os desafios que o mercado irá impor. Evitando erros como esses e estando em constante aprimoramento, maiores são as chances de construir um negócio de valo.
Em sua opinião, quais ouros erros também são cometidos no empreendedorismo iniciante? Comente e participe!

Postagens Recentes

Deixe uma resposta

Imagem de dois homens apertando as mãos