Entenda como definir o preço de venda de um produto

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Não sabe como definir o preço de venda de um produto? Saiba que neste artigo você aprenderá!

O controle financeiro, bem como o sucesso, de uma empresa está diretamente ligado com a definição do valor dos produtos/serviços. Contudo, muitos empreendedores não sabem como definir o preço de venda de um produto e, por conta disso, acabam tendo que lidar com prejuízo financeiro.

Sendo assim, é essencial aprender a definir o preço de venda de um produto. Afinal, o preço é um elemento vital para que a empresa conquiste o sucesso. Diante disso, aqui vão algumas informações relevantes para quem precisa definir o preço de um produto.

3 pontos essenciais que formam o preço de um produto

O preço de um produto é formado por diferentes aspectos que devem ser levados em consideração para que a definição seja feita com eficiência. Quando todos os pontos estão em equilíbrio, a empresa consegue prosperar. Por isso, vamos falar sobre cada um deles abaixo.

Competitividade no mercado

Um preço muito alto pode afastar o cliente. Contudo, um preço muito baixo também. É necessário moderação no momento de estabelecer o valor de um produto e isso deve ser feito por meio de uma análise de mercado.

Um valor adequado é aquele que é atrativo para os clientes e é competitivo com os concorrentes. Por exemplo, você é uma empresa pouco conhecida no mercado e tem um produto desenvolvido com matéria-prima mais barata.

Faria algum sentido colocar o preço do seu produto igual ao do concorrente que já é amplamente conhecido e que tem produtos desenvolvidos com matéria-prima de alto nível?

Bom, provavelmente seu produto ficaria na prateleira, pois os clientes não conhecem sua marca. É certo que eles pensariam que comprar da marca conhecida seria mais garantido. Afinal, eles já conhecem a qualidade do produto. O exemplo demonstra a importância de manter um preço competitivo, com os concorrentes, e atrativo para os clientes.

Custo de produção

Outro aspecto essencial que deve ser levado em consideração é o custo de produção. Por meio dele, o empreendedor conseguirá calcular de forma adequada quanto deve cobrar pelo seu produto.

Mas se você não sabe exatamente do que se trata o conceito de custo, sem problemas. Custo, basicamente, trata do quanto uma empresa gasta para produzir um produto.  Para saber o custo de um produto, é simples. Basta somar todos os itens que são utilizados na produção do mesmo.  

Percentual de rentabilidade

Quanto a empresa está ganhando na venda de um produto, é a sua rentabilidade. Se a rentabilidade está muito baixa, algo está errado. O empreendedor deve observar qual a sua taxa de ganho em relação às vendas do produto para definir um valor adequado.

Afinal, como definir o preço de venda de um produto?

O empreendedor deve levar em consideração: custo de produção e lucro, sendo que o último está limitado pelo valor que o consumidor está disposto a pagar.

Vamos para um exemplo: João tem uma empresa de suco natural de caixa. Ele tem um custo de R$10 para produzir cada caixa de suco e tem um lucro de 20%, ou seja, de R$2,00. Desta forma, o produto dele é vendido por R$12,00.

Durante uma pesquisa de mercado, João identificou que o consumidor compraria mais o suco em caixa se ele fosse vendido por R$11. Neste caso, é interessante que João reduza um pouco sua margem de lucro para vender mais.

Agora vamos entender um pouco mais sobre custo de produção e lucro.

Custo de produção

O custo de produção deve ser calculado a partir dos custos operacionais e despesas fixas e variáveis.

Despesas variáveis: insumos; armazenamento; manutenção; frete; comissão de venda; impostos e outros.

Despesas fixas: aluguel, energia, salários, taxas, combustível etc.

Lucro

O lucro representa o quanto a empresa ganhará na venda de cada produto. O valor pode ser utilizado tanto para investimento quanto para uso pessoal do próprio empreendedor.

Não há como definir o valor ideal de lucro. Tudo depende do produto, da empresa e do mercado. No entanto, especialistas recomendam que, no caso, da venda de produtos, a margem de lucro seja de, ao menos, 2%.

Para finalizar, é importante mencionar que para definir o preço de venda de um produto você deve se comprometer a continuar aprendendo sobre o assunto. Nossa recomendação é que você também leia nosso artigo “Descubra aqui o que é política de preço e como estabelecer em seu empreendimento!”

Escrito por

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Manual para Abrir Empresa

Faça como mais de 40 mil empreendedores. Baixe agora mesmo o Manual Completo Para Começar Seu Próprio Negócio.

No comment yet, add your voice below!


Faça um Comentário