fbpx

4 dicas para uma boa gestão de franquias, mesmo a distância

 em Empreendedorismo

Abrir a própria empresa é o sonho de muitas pessoas, e poder abrir uma franquia do seu próprio negócio é um dos passos para o sucesso. Apostar em franchising é uma ótima opção, logo que é possível levar o nome da sua rede para diversas localizações. As vantagens são muitas mas também existem riscos e fatores externos que podem interferir no seu setor de atuação.
Uma das principais dificuldades dos franqueadores é a gestão de franquias a distância. Isso porque, mesmo que não precise realizar a parte operacional, o franqueador precisa realizar uma gestão muito bem trabalhada para garantir o padrão de qualidade da sua marca.
Um bom franqueador deve ter o papel de líder próximo, principalmente perante às franquias que estão começando agora. Esse perfil é essencial para o bom relacionamento entre ambas as partes e também para leva-los ao caminho do sucesso. Além disso, a gestão de pessoas e uma boa comunicação entre as franquias faz com que a marca seja bem representada, independente de onde esteja.
Para auxiliar na sua gestão de franquias, confira essas dicas que ajudam qualquer franqueador que está começando a crescer:

Como realizar uma boa gestão de franquias?

Comunicação

A comunicação clara, honesta e leve é um dos pontos principais para uma parceria de sucesso. Todas as partes envolvidas devem estar aptas a ouvir e encorajadas a opinar, aplicando assim uma visão sistêmica do negócio.
Além disso, é importante também desenvolver uma visão crítica para aplicar as mudanças necessárias, a fim de beneficiar toda a rede. Realizando pesquisas internas de satisfação é possível perceber em quais pontos a gestão pode melhorar. Dessa forma, as unidades se sentirão valorizadas e mais satisfeitas com a rede.
Do contrário, é possível que os franqueados se sentirem menosprezados, tanto por acreditarem que não estão tendo suas expectativas atendidas, quanto por não receberem o suporte essencial para crescer.
Isso é muito valioso para a marca, pois assim que o franqueado se convence do valor da marca, ele será o primeiro a divulgá-la no mercado de atuação.

Capacitação e treinamento

Conhecer o mercado é o passo principal para uma boa gestão de franquias. É importante estudar a fundo os seus principais concorrentes, o comportamento dos consumidores, os fatores externos que podem influenciar seu negócio. Porém, constantemente surgem práticas e ferramentas inovadoras no mundo dos negócios. Lembre-se que o franqueado tem um papel importante no treinamento e capacitação dessas pessoas.
Apostar em cursos e conversas com outros franqueados que já atuem há mais tempo é apostar no sucesso. Com isso, o empreendedor está apostando em novas ideias, criatividade na tomada de decisões, e estratégias de direcionamento de recursos da forma correta.
É importante que o franqueado também participe de eventos e programas de treinamento, pois assim ele pode passar os conhecimentos para toda a equipe, garantindo que todos estejam alinhados com os objetivos e regras da franqueadora.

Meça os resultados

Se você estabeleceu objetivos e resultados a serem alcançados, é indispensável pensar em instalar indicadores de monitoramento do desempenho da sua equipe. Do contrário, fica quase impossível encontrar as dificuldades, quais áreas devem ser ajustadas e quais ações servem para contornar resultados ruins.
Alguns exemplos de indicadores que não podem ser deixados de lado são o ticket médio, volume de vendas, taxa de conversão e a lucratividade. Mas não basta ter os números, é preciso também analisar os dados.
Você pode também procurar por um sistema online que armazene todas as informações na nuvem, de forma a compilar as informações em tempo real. Tendo acesso ao relatório de vendas, estoque e produtos, é possível saber o que acontece na rede sem precisar estar presente em todas as franquias.
Assim, é possível automatizar tarefas, comunicar-se com os franqueados, compartilhar materiais e arquivos de apoio, e organizar as compras das suas unidades com os fornecedores homologados. Todas as informações ficam a sua disposição.
Investir em uma plataforma para gestão da rede é essencial para otimizar o tempo e para ter controle sobre as informações. É a forma mais efetiva e segura de manter uma gestão inteligente.

Fique atento ao financeiro

Nunca se deve negligenciar os controles de custos, o fluxo de caixa e o planejamento financeiro de uma gestão de franquias. O desempenho do negócio pode ser altamente prejudicado pela falta de conhecimento da parte financeira, fazendo com que o retorno esperado não seja alcançado.
Um dos erros fatais que pode arruinar seu negócio é não realizar demonstrativos de resultados. Misturar as finanças pessoas com as da empresa também é um ponto crucial a se prestar atenção. Uma franquia nunca conseguirá sobreviver se não tiver um controle financeiro bem organizado.
O ideal é que o franqueado busque por softwares que realizem a gestão das contas a serem pagas de forma automatizada, e integração de cartão de crédito com o fluxo de caixa.


Já sabe como realizar uma boa gestão de franquias? Está pensando em abrir uma? Saiba como com o Abertura Simples.

Postagens Recentes
Comentários
pingbacks / trackbacks

Deixe uma resposta

Imagem de um mapa com algumas marcações de ponto comercialMontagem com o escrito vantagens do sistema de franquias