Skip to content

Entendendo o que são os relatórios contábeis

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Saber o que são os relatórios contábeis, documentos imprescindíveis em uma boa gestão empresarial,

Você já ouviu falar a respeito do que são os relatórios contábeis? Em primeiro lugar, é importante entender que dentro de uma organização empresarial, a contabilidade é uma ferramenta poderosa quando o assunto é gestão.

Os relatórios gerados dentro da situação contábil de uma empresa permitem que você identifique problemas, detecte qual a situação atual da organização e proponha elucidações.

Contudo, é válido ressaltar que cerca de 70% das micro e pequeno empresas não utilizam os dados provenientes da contabilidade como aliados para a gestão dos negócios. Os dados são de uma pesquisa da Federação Nacional das Empresas de Serviços Contábeis (Fenacon).

A fim de ajudar você, empreendedor, a fluidificar a saúde financeira e a administração dos recursos do seu negócio, trouxemos aqui um apanhado de informações sobre o que são os relatórios contábeis e quais os melhores, dentre eles.

O que são os relatórios contábeis?

Relatórios contábeis também podem ser chamados de informes ou de demonstrativos contábeis. Em outras palavras, são documentos que detalham as informações socioeconômicas e financeiras de uma firma em um período específico.

Com estes dados em mãos, o empreendedor pode controlar despesas, acompanhar a rentabilidade, diminuir impostos e entender mais sobre o estado patrimonial de sua organização.

Uma dica valiosa para qualquer empresa é realizar o relatório contábil ao menos uma vez ao ano. Isso, é válido reforçar, independe do tamanho do empreendimento ou de sua atividade.

Principais relatórios contábeis

Demonstrativo de Resultado do Exercício (DRE)

O DRE, Demonstrativo de Resultado do Exercício, comprova sua receita receita líquida dentro de um determinado espaço de tempo. Em outras palavras, este relatório contábil quantifica o valor que o empreendimento conquistou com suas vendas uma vez que todas as deduções foram devidamente consideradas.

O DRE é obrigatório a todas as empresas e é geralmente feito em tabela no Microsoft Excel. Ele retira do montante inicial os valores relativos a custos de produção, além das despesas operacionais, os impostos pagos e as participações societárias nos resultados. Esse relatório contábil faz a provisão do Imposto de Renda Pessoa Física e Contribuição Social sobre Lucro Líquido, conhecidos respectivamente como IRPJ e CSLL.

Balanço Patrimonial (BP)

Outro relatório contábil obrigatório às empresas é o balanço patrimonial quem apresenta o patrimônio líquido do negócio, logo após os passivos, como contas a pagar e outros débitos, são deduzidos dos ativos (contas a receber, instalações, etc).

Enquanto os ativos geram lucro, os passivos condicionam gasto. Isso leva o BP a servir como orientação para que você entenda sobre a extensão de seus bens e os recursos disponíveis. Tal controle não é benéfico somente ao empreendedor, como também ao Fisco, que pode através dele averiguar a postura adotada pelo gestor, podendo agir em casos de enriquecimento ilícito, por exemplo.

Demonstrativo de Lucros ou Prejuízos Acumulados (DLPA)

De suma importância, o DLPA mostra as mudanças e as aplicações do patrimônio líquido da sua empresa durante um período. Assim sendo, este relatório possibilita identificar a origem do recurso e estudar sua gestão.

O DLPA deriva de resultados conquistados pelo DRE e pelo BP, sendo considerado obrigatório às sociedades limitadas. É ele, por exemplo, quem evidencia os lucros e os prejuízos e ajuda a confirmar se o investimento é apropriado e lucrativo.

Demonstrativo de Fluxo de Caixa (DFC)

Este relatório contábil é obrigatório a PMEs. Bem como o DRE, é ele quem aborda entradas, saídas e saldos, mas tem em sua particularidade não identificar o lucro obtido. O DFC compreende períodos mais curtos, muitas vezes mensais, verificando quanto o empreendimento tem no caixa, bem como em suas aplicações financeiras ou em contas bancárias com liquidez imediata.

Gostou do conteúdo? Nós temos outros artigos correlatos, como por exemplo um texto que fala um pouco mais sobre exemplos de indicadores de negócios para relatórios contábeis. Através dele, você poderá otimizar o planejamento e a gestão da sua empresa em diferentes sentidos.

Escrito por

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Guia de Vendas na Contabilidade

Faça como mais de 30 mil contadores. Baixe agora mesmo o Guia de Vendas na Contabilidade e começe a tracionar seu escritório hoje mesmo.

No comment yet, add your voice below!


Faça um Comentário