Fluxo de caixa passo a passo: aprenda a montar o seu!

 em Planejamento e Finanças

Quer aprender a montar um fluxo de caixa passo a passo para sua empresa?
O fluxo de caixa é a maneira mais comum de organizar as transações financeiras da sua empresa. Essa gestão é importantíssima para o crescimento e a consolidação da sua empresa, afinal, saber quanto se recebe e quanto se gasta para a manutenção do seu negócio é fundamental para garantir novos investimentos e o pagamento das contas em dia.
Não se preocupe! Apesar de exigir muita disciplina e organização, o fluxo de caixa é uma tarefa simples e necessária. Ele nada mais é do que um controle sistemático de tudo o que entra e sai da sua empresa com relação aos recursos financeiros. Por isso, aprenda aqui como montar um fluxo de caixa passo a passo com essas dicas. Continue lendo:

Montando um fluxo de caixa passo a passo:

Escolha uma ferramenta

Para organizar o seu fluxo de caixa, escolha uma ferramenta para colocar todas as transações. Centralize todas as suas operações financeiras em um só lugar para que essas informações não fiquem perdidas em lugares diversos.
Uma das formas mais utilizadas para as pequenas empresas ainda é a anotação em cadernos. Porém, vale a pena deixar este fluxo de caixa salvo em planilhas que permitem a criação de gráficos, facilitando a sua análise e gestão financeira.

Verifique as suas contas

Ao iniciar o seu fluxo de caixa, analise as suas despesas fixas e variáveis para anotá-las de maneira organizada. É fundamental verificar as suas despesas fixas, pois para elas não existem alternativas. Porém, é preciso sempre tentar diminuir as despesas variáveis a fim de economizar e investir no crescimento da sua empresa.

Analise as suas receitas

Tudo o que você tem recebido por meio das vendas de seus produtos ou serviços deve ser analisado, a fim de considerar o que deve ser destinado para as contas:

  • Pagamento dos funcionários;
  • Investimentos;
  • Capital de giro.

O importante é sempre garantir que você tenha uma reserva de recursos para manter a empresa com pequenas despesas. Por meio da análise de suas receitas você consegue mensurar o crescimento da sua empresa. Por isso, faça um acompanhamento constante.

Faça registro e acompanhamento diário

Cuide do registro diário das despesas e receitas da sua empresa. Esse registro é fundamental para o bom acompanhamento das suas finanças e precisa ser efetuado diariamente junto com os responsáveis pelo seu negócio.
O acompanhamento diário das suas despesas e receitas evita que você esqueça aquela conta para pagar ou aquele faturamento para realizar.

Faça projeções para o futuro

Com todas as suas anotações e análises do fluxo de caixa, faça uma projeção para o futuro da sua empresa. Isso pode ser feito por meio de gráficos, com os dados que você já tem. Projete a sua empresa pelos próximos cinco ou 10 anos, assim fica fácil você visualizar para onde os investimentos precisam ser destinados.
Gerencie os recursos da sua empresa com a ajuda do fluxo de caixa. A saúde financeira do seu negócio depende dessa organização sistemática das suas finanças. Como você tem feito esse controle de entrada e saída de dinheiro do seu caixa? Conseguimos te ajudar com essas dicas de fluxo de caixa passo a passo? Compartilhe suas dúvidas e experiências com a gente e ajude a melhorar, cada vez mais, os conteúdos do Abertura Simples.
 

Postagens Recentes

Deixe uma resposta

Foto de uma pessoa contando moedas em um monte, representando como estimar o capital de giroUma pessoa dando dinheiro para outra, representando o capital inicial para abrir uma empresa