Skip to content

Conheça alguns modelos de MPV de grandes empresas

Índice

Conhecer alguns modelos de MPV é importante para que o empreendedor tenha uma ideia de como ele pode ser efetivo para o negócio

Ele é um dos métodos queridinhos das startups quando o assunto é criar produtos e serviços.  Estamos falando do conceito de MPV, a sigla para Mínimo Produto Viável e neste artigo você saberá o que é e para que serve além de conhecer 7 modelos de MPV de grandes empresas que obtêm sucesso utilizando o método.

Boa Leitura!

Já lhe ocorreu certamente aquele momento em que temos uma ideia incrível de um produto novo, logo já começamos a pensar qual a melhor maneira de colocá-la no mundo e faturar com o resultado das vendas

Porém, com mercados cada vez mais competitivos antes de investir numa ideia é bom que se garanta a lucratividade dela e que o público irá embarcar nessa com você. E é aí que entra o método do Mínimo Produto Viável. 

O que é MPV?

A sigla MPV significa Mínimo Produto Viável, em negócios é um método aplicado para atingir a potência máxima na hora de criar um produto, porém investindo menos dinheiro e recursos materiais do que seria necessário na ideia inicial, mas mesmo assim ofertando o produto com a qualidade e características desejadas pelo público consumidor. 

Então, ao empregar o método do Mínimo Produto Viável você criará uma opção mais simples do produto pensando na ideia inicial. Isso também significa que você gastará menos dinheiro, economizando tempo e ainda assim proporcionará ao público-alvo um produto próximo ao imaginado por você inicialmente. 

Aplicar o Mínimo Produto Viável para empreender traz maior segurança de que você está fazendo um investimento que trará retorno financeiro para sua empresa. Incrível, não?!

Vantagens que colocar o MPV em prática pode trazer para o seu negócio  

Abaixo compartilhamos algumas vantagens que colocar o MPV em prática pode trazer benefícios ao seu negócio.

  • Você evita gastos desnecessários ao fabricar seu produto e traz mais segurança para seu investimento.
  • Você consegue dimensionar quanto precisa investir.
  • Você consegue ter uma ideia de quanto vai lucrar.
  • Você consegue perceber se sua ideia realmente tem viabilidade.

7 modelos de MPV de grandes empresas

A seguir contaremos para vocês 7 cases de sucesso de grandes empresas que usam o MPV em seus negócios. 

1. Uber 

Hoje podemos dizer que a UBER chegou para ficar e mudou o modo como as pessoas se locomovem, mas para ser o sucesso que é hoje a empresa aplicou o MPV antes mesmo de entrar no mercado brasileiro realizando testes in loco, ou seja, escolheu cidades com maior índice populacional e melhor estrutura e assim fez testes para otimizar seu método de trabalho. 

2. AMAZON

É até difícil imaginar que a empresa que mais lucrou no ano de 2020, mesmo diante de um cenário de crise sanitária mundial, tenha começado apenas como uma livraria virtual, mas a Amazon ao aplicar o MPV conseguiu além de consolidar os e-books, identificar os desejos dos clientes, expandir seus negócios para diversos países e oferecer uma vasta gama de produtos até se tornar a gigante que conhecemos hoje. 

3. INSTAGRAM

O Instagram é um bom caso de empresa que consegue se tornar um sucesso mesmo num mercado extremamente competitivo ao utilizar o MPV, isso porque a rede social queridinha das blogueiras desembarcou num mercado já recheado de aplicativos de edição de imagens e com outras redes sociais ativas. Para não ser só mais um e se diferenciar da concorrência, uniu edições de imagem e rede social, caindo na graça do público. 

4. SPOTIFY

O Spotify conseguiu por meio do MPV captar a necessidade dos consumidores, criou um reprodutor de música que funciona online e offline, investiu num design que reforçasse a imagem da marca e entregou um produto que atende às expectativas do consumidor ao mesmo tempo que inova sem gastar mais do que necessário. 

5. Airbnb

Quando tiveram a ideia do Airbnb como conhecemos hoje, os criadores não tinham capital financeiro para investir. Dessa forma, após participar de um evento na área do Design tiveram a ideia de hospedar em seu apartamento os participantes da conferência. Ao perceber que as pessoas toparam se hospedar no apartamento ao invés de um hotel convencional terminaram de gestar a ideia do Airbnb como conhecemos hoje.

6. Twitter

Inicialmente a equipe que criou o Twitter tinha como finalidade oferecer uma plataforma de podcasts, porém com a chegada da Apple investindo fortemente no Itunes a equipe resolveu tentar inovar sua plataforma. 

Então criaram um sistema de troca de mensagens interna via SMS para se comunicarem e depois disso perceberam o potencial que uma plataforma de troca de mensagens curtas e instantâneas podia ter a nível de rede social, ou seja, utilizaram a experiência própria como MPV antes de investir no Twitter como conhecemos hoje.  

7. Dropbox

Quando o assunto é MPV descomplicado e eficiente o caso do Dropbox é muito interessante de se analisar. Tudo começou com um vídeo de apenas meio minuto onde o fundador explicava a ideia para os consumidores e pedia que quem tivesse interesse deixasse seu e-mail. Logo recebeu mais de 70 mil respostas, validando a receptividade da ideia pelo público-alvo.

Agora que você já conhece modelos de MPV, quer saber como aplicar o MPV na sua empresa? Leia este artigo que separamos para você. 

Escrito por

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Manual para Abrir Empresa

Faça como mais de 40 mil empreendedores! Baixe agora mesmo o Manual Completo para Começar seu Próprio Negócio.

No comment yet, add your voice below!


Faça um Comentário

utilizamos cookies e respeitamos suas privacidade.