Simples Nacional 2016: entenda o que muda e as principais vantagens

 em Contabilidade

O nome já diz: o Simples Nacional é o regime tributário mais simples diante das outras modalidades. E ele é perfeito para os micro e pequenos empresários com uma faixa de renda definida. Antes da mudança no Simples Nacional, esta faixa destinava-se a empresários com faturamento líquido anual de até 3,6 milhões. Com a mudança na tabela, aumentou a faixa de renda para arrecadação e outros detalhes que vamos te contar.

Estas mudanças foram necessárias para incentivar uma maior quantidade de empresas em atividade, além de facilitar para a abertura de novas empresas no país. Tem como proposta gerar mais renda, mais empregos e aumentar a arrecadação por parte do próprio estado. Como empreendedor, saiba o que muda no Simples Nacional 2016.

Principais mudanças do Simples Nacional 2016

A mudança mais evidente no caso do Simples Nacional 2016 é a mudança na faixa de faturamento para a arrecadação. Antes, as empresas inscritas no Simples Nacional eram aquelas com faturamento líquido de até 3,6 milhões. No novo acordo com o Simples Nacional 2016, este faturamento líquido é de até 14, 4 milhões.

Melhorias para os setores

Este novo formato com o aumento da faixa de faturamento para a arrecadação beneficia setores que antes não eram contemplados. Além disso, incentiva a abertura de novas empresas e faz com que o pequeno e micro empresário não tema o crescimento com o receio de pagar mais impostos.

Adequações necessárias

Estas adequações ainda estão sendo implementadas no Simples Nacional 2016 mas foram consideradas necessárias pois garante mais retorno ao país com o fomento ao empreendedorismo e crescimento das empresas de uma maneira geral. Isso proporciona um aumento significativo dos recursos gerados pela renda dos empresários. Significa também um verdadeiro avanço no que diz respeito a gestão empresarial, com a desburocratização de inúmeros processos que envolvem questões fiscais e contábeis.

Incentivo ao empreendedorismo

O objetivo maior do Simples Nacional 2016 é incentivar o empreendedorismo por parte dos futuros empresários. O país precisa crescer, gerar empregos e gerar renda para fazer girar o capital e a arrecadação de tributos. É fundamental realizar adequações por parte do estado, a fim de proporcionar aos futuros empreendedores e empresários, as condições necessárias para o seu crescimento, consolidação e sobrevivência no mercado.

Principais vantagens

As vantagens para o país e para os empresários são inúmeras se estas adequações forem de fato colocadas em prática. Deve existir uma atenção maior por parte dos governantes, para os empresários e futuros geradores de renda, empregos e recursos para o crescimento do país. É por isso que existe uma mobilização em prol destas aprovações de lei e mudanças necessárias para se adequar aos mais variados segmentos de atuação. Vale a pena ler mais a respeito do Simples Nacional 2016 e outros regimes tributários para ficar por dentro de como isso afeta a sua empresa.

Tome uma atitude no que diz respeito a abertura da sua empresa. Existem inúmeros fatores que contribuem e incentivam o empreendedorismo e a inovação no país, necessários para o crescimento e arrecadação por parte do estado.

Seja você também um empreendedor de sucesso e fique ligado nas novidades do setor. Tem outras dúvidas sobre o Simples Nacional 2016? Entre em contato com a gente!

Postagens Recentes

Deixe uma resposta

Foto de uma mão masculina com caneta em uma mão e calculadora em outra, representando a hora de trocar a sua contabilidade