Perfil do empreendedor: 10 características essenciais

 em Empreendedorismo

Ter o perfil do empreendedor é mais do que ser seu próprio chefe. Empreender é uma atividade que demanda muita visão e foco, principalmente quando você está fazendo isso sozinho e pela primeira vez. Isso acontece porque, junto aos conhecimentos da área na qual você está empreendendo, é necessário ter um panorama das habilidades administrativas e financeiras de um negócio. O empreendedor não é só aquele que tem uma ideia.
Mas não desanime! Ao contrário do que foi pensado por muito tempo, hoje sabemos que qualquer pessoa pode obter sucesso com empreendedorismo. Contanto que esteja disposta a aprender os itens essenciais para transformar os projetos dos sonhos em realidade.
Independentemente de qualquer coisa, o importante é compreender o mercado em que seu negócio está inserido e se atualizar sobre as possibilidades de crescimento. Confira abaixo alguns aspectos que fazem o perfil do empreendedor de sucesso!

10 características do perfil do empreendedor:

Imaginação

Para se ter o perfil do empreendedor não é preciso só ter a ideia inicial do negócio. É necessário também desenvolver a imaginação para resolver os problemas rotineiros.

Organização e planejamento

Empreender envolve muitos riscos, porque são apostas muito altas relacionadas a investir dinheiro num negócio, contratar colaboradores, criar estratégias de marketing e etc. São muitas variáveis. Entretanto os riscos podem ser diminuídos e, às vezes, até previstos com uma visão mais analítica de planejamento. O importante é saber onde você quer chegar, de forma consciente e organizada.
É preciso estabelecer prazos, revê-los e identificar como os fatores externos influenciam nos resultados gerais da empresa. Uma boa forma de se realizar tal organização é através da Análise FOFA/SWOT.

Habilidade de lidar com pessoas

Você, em algum ponto, muito provavelmente precisará de colaboradores em sua empresa. Escolher as pessoas que se enquadram aos valores e à missão do seu negócio é só o primeiro desafio. Manter os funcionários engajados é uma grande questão que deve ser aprendida, porque é necessária uma sensibilidade para conduzir a equipe.

Experiência

É muito mais complicado trabalhar com o que não é do seu domínio. Às vezes, as ideias para empreender vêm numa área na qual não temos experiência. E tudo bem. Isso só significa que devemos ir atrás de conhecimentos que nos deixarão mais preparados para possíveis problemas práticos da área. Você consegue essa experiência através de pesquisas, trabalho em outras atividades da mesma área ou uma consultoria especializada.

Autoconfiança e determinação

Em qualquer coisa da vida, é necessário que você acredite em si mesmo. Você sabe das coisas pelas quais já passou, e como elas criaram uma experiência e maturidade que vão ajudar muito nessa jornada. E também sabe onde quer chegar com seu projeto. Você só precisa ter essa certeza, construindo uma resiliência, que fará com que nenhuma situação o impedirá de atingir seus objetivos.

Coragem para riscos

É o famoso “quem não arrisca não petisca”. Para alcançar resultados melhores, você e sua empresa poderão passar por um caos. O importante é sempre ter a perseverança, como dito anteriormente, para passar por tudo e saber que é por um bem maior. Correndo poucos riscos, não se sai muito do que é comum, do medíocre.

Desejo de protagonismo

Diferentemente de ser o chefe de sua empresa, tente se ver mais como um protagonista. As coisas giram em seu entorno, mas têm seus próprios inícios, reviravoltas e resoluções. Selecione as pessoas certas para te auxiliar, mas não tome tudo para você. O essencial é a empresa, como entidade própria, funcionar.
Numa outra leitura deste mesmo item, corra atrás de fazer com que sua empresa seja sempre a líder. Almejar pioneirismo sempre traz resultados.

Rede de contatos

Nunca use as pessoas. Entretanto, ser uma pessoa com vários contatos profissionais e amigos ajuda em diversos âmbitos, seja em te indicar, ou conseguir fornecedores mais baratos, ou até mesmo para se tornar um cliente.

Saber lidar internamente com seus defeitos e falhas

Ser autocrítico é imprescindível em qualquer processo de evolução. Só é possível crescer, e ajudar outras pessoas, quando sabemos quais são nossos defeitos e lidamos com eles na forma que menos afeta o ambiente.

Entender a relação marca X cliente

Algumas empresas até surgem com propostas interessantes e uma equipe funcional, mas se veem inviáveis ao falhar na conexão com o público. Isso acontece porque, com a evolução das mídias sociais para o que temos hoje, o cliente interage de forma diferente.
No fim das contas, ser um bom empreendedor é muito mais sobre ter os hábitos certos, e a consciência disso, dividindo as questões pessoais e profissionais e fazendo a escolha das pessoas certas para fazer companhia nessa jornada.


E aí, você tem o perfil do empreendedor? Sabe outra característica que poderia entrar nessa lista? Comente e continue acompanhando o conteúdo do Abertura Simples para saber tudo sobre empreendedorismo, finanças, e muito mais!

Postagens Recentes
Mostrando 3 comentários
  • Ronilson
    Responder

    Se eu abrir um microempresa e tiver um benefício do INSS ele irá cessar ou não ?

    • Rogerio Fameli
      Responder

      Olá Ronilson! Agradecemos por ter entrado em contato conosco. Nesse caso, com exceção do seguro-desemprego, não cessa. Se tiver mais alguma dúvida, estamos ao seu dispor.

pingbacks / trackbacks
  • […] Ser um empreendedor vai muito além de ser seu próprio chefe. Empreender demanda visão e foco, principalmente quando você está fazendo isso sozinho e pela primeira vez. Conheça o perfil completo do empreendedor de sucesso clicando AQUI. […]

Deixe uma resposta

Foto de algumas pessoas em um escritório de coworking trabalhandoImagem com uma rede de franquias