5 erros para não cometer de jeito nenhum na gestão da sua equipe de vendas

Confira aqui os 5 erros mais comuns mas que devem ser evitados na gestão da equipe de vendas das empresas

Qualquer representação comercial ou força de vendas de uma empresa, para ser bem sucedida, precisa contar com uma equipe de vendas de alta eficiência. A correta gestão da equipe de venda é um importante passo para otimizar os resultados de toda a loja, contribuindo para aumentar as vendas, aprimorar o atendimento aos clientes, reduzir desperdícios e fortalecer a marca.
Para isso, é essencial que se tenha um gerenciamento adequado, que valorize as qualidades dos profissionais, coloque metas ambiciosas (mas realizáveis) e não dispense a capacitação contínua.
Mas a questão é: como executar essas premissas e colocá-las em prática, no dia a dia? Pensando nisso, criamos esse post onde selecionamos 5 erros muito comuns na gestão da equipe de vendas nas empresas, mas que você não deve cometer de jeito nenhum! Continue lendo:

5 erros na gestão da equipe de vendas:

1. Não investir em comunicação interna

Segundo Peter Drucker, mais de 60% dos problemas de uma empresa acontecem por falta de comunicação. Esse número é bastante elevado, mas pode ser facilmente corrigido: basta incentivar o diálogo dentro da empresa. Além das oportunidades de capacitação, escolham momentos no dia e na semana para a troca de experiências.
Quais as metas daquela semana? O que cada um está fazendo para alcançar? Quais os principais desafios enfrentados recentemente e como superaram? São apenas algumas perguntas para iniciar a conversa que trará informações práticas valiosas para todos.
Ferramentas como e-mail corporativo, intranet, mural de recados, caixa de sugestões e muitas outras também podem contribuir para eliminar essa falha. Além disso, é importante incentivar toda a liderança da empresa nesse mesmo sentido.

2. Deixar de recompensar por resultados

A falta de um bom sistema em que cada vendedor é recompensado pelos resultados é outro erro que deve ser evitado. Não adianta apenas definir e cobrar metas, você deve recompensar todo trabalho bem-sucedido. As pessoas que obtiverem melhores performances merecem, evidentemente, ser reconhecidas por seus méritos e recompensadas por isso.
Muitos gestores deixam isso de lado pensando no alto custo, mas a realidade é que existem muitas recompensas simples e eficientes. Por exemplo: você pode oferecer um dia de folga remunerada, um jantar ou uma premiação em bem para quem se destacar. Os que apresentarem um trabalho mediano deverão ser analisados, caso a caso, em busca de caminhos para o aperfeiçoamento e superação das dificuldades apresentadas.

3. Não ter ferramentas adequadas

A falta de ferramentas prejudica o trabalho dos vendedores, tornando-o muito mais demorado que o necessário. Pouco ou nada adianta cobrar relatórios ou planilhas dos vendedores quando eles passam quase 100% do tempo na rua, atendendo clientes, e mal conseguem ficar em frente ao computador. Então é importante que toda a equipe esteja munida das ferramentas certas, como sistemas modernos e eficientes.
Se a equipe vai adotar algum sistema de gestão da equipe de vendas, ele precisa ser adequado à realidade dos profissionais e dar flexibilidade a eles – não tomar o tempo que poderia ser gasto prospectando novos e mais clientes. Um bom sistema pode dar mais agilidade às vendas e aumentar o desempenho dos vendedores. Além disso, pode oferecer acesso remoto, controle de estoque e relatórios que podem ser usados nas reuniões de trabalho. Por isso, invista nas melhores ferramentas e tenha vendas mais precisas.

4. Definir metas não eficientes

Não adianta traçar metas ambiciosas demais, que não possam ser cumprida. Então, o fundamental, nesse caso, é propor algo que possa ser executado, de fato, pela equipe, com parâmetros claros e bem definidos. Metas de sucesso devem conter 5 principais características: devem ser claras, mensuráveis, alcançáveis, relevantes e com tempo definido.
Toda e qualquer decisão a esse respeito precisa ser dialogada, de forma transparente e democrática, com a equipe. Afinal, são os colaboradores que deverão concretizar o que for decidido. Se você levar esses pontos em consideração, conseguirá definir uma meta realmente inteligente.

5. Criar equipes sem autonomia

A falta de autonomia pode ser um grande problema, afinal, ninguém quer ficar sempre dependendo de ordens para atuar. Quando isso acontece com a equipe de venda, ela fica desmotivada, menos criativa e apática.
Então é importante delegar aos vendedores tarefas relevantes e desafiadoras, para que cada um possa correr atrás de suas próprias vendas. Por exemplo, visitar os clientes mais importantes e participar ativamente do processo de aquisição de estoque. Essas pequenas ações podem melhorar a sinergia e engajar os funcionários.


E aí, você tem cometido algum desses erros que citamos acima? Conhece alguma forma de melhorar a gestão da equipe de vendas nas empresas? Comente e participe para que possamos melhorar, cada vez mais, os conteúdos do Abertura Simples.

Escrito por

Gostou? Compartilhe!

Manual para Abrir Empresa

Faça como mais de 40 mil empreendedores. Baixe agora mesmo o Manual Completo Para Começar Seu Próprio Negócio.

No comment yet, add your voice below!


Deixe uma resposta