fbpx

6 dicas para a gestão financeira da sua empresa

 em Planejamento e Finanças

Quando estamos empreendendo sozinhos, ainda mais pela primeira vez, é muito normal que venham inúmeras dúvidas à cabeça. Sejam elas sobre questões mais burocráticas, de recursos humanos ou da parte financeira. Mas principalmente, o que faz uma empresa ter sucesso e outra não é a gestão financeira do negócio.
Saber enxergar os problemas financeiros, evitar riscos e saber como contorná-los é essencial para a saúde de um negócio. Vamos, então, a algumas dicas de planejamento estratégico e gestão financeira para empreendedores que estão começando:

6 dicas de gestão financeira

Disciplina é a chave

Uma virtude imprescindível para toda a vida, seja ela pessoal ou profissional, é a disciplina. Um empreendedor geralmente já tem dotes de criatividade e inovação, mas a habilidade de lidar bem com as finanças só vem com a experiência, construída com muito foco e disciplina.
Não misture orçamentos
Manter as finanças do negócio e as pessoais juntas pode parecer tentador quando estamos começando, já que muitas (às vezes, todas) as funções da empresa estão nas mãos do próprio empreendedor. Entretanto, quando os orçamentos estão misturados, a identificação de transações, por exemplo, fica muito mais complicada. Isso abre porta para erros no orçamento. Sem contar que, caso sua empresa tenha sócios, manter apenas uma conta bancária pode gerar muitas dores de cabeça.
Uma boa solução seria adquirir um cartão de crédito corporativo para a conta da empresa. Outra sugestão é que você faça transferências/saques fixos e periódicos, como um salário, para si mesmo.

Faça um planejamento

É muito comum que, na mudança de ano, percebamos erros e façamos novos planos e metas, para que nos próximos meses os resultados sejam melhores. A grande questão é: para que esperar o Ano-Novo para realizar um planejamento?
Um planejamento estratégico bem feito pode ajudar a definir os próximos cinco anos da empresa, ajudando na consolidação do negócio e no atingimento dos objetivos. A partir desse planejamento, você terá dados mais coesos, que o ajudarão nas análises de resultados e nos próximos estabelecimentos de metas.

Estabeleça um controle de estoque

O que você vê como uma situação pior: não ter estoque suficiente para a demanda, ou ficar com produtos e/ou matérias-primas paradas? Essa parece uma questão com a qual o empreendedor iniciante tem de lidar, entretanto, é possível chegar a um ponto de controle do estoque.
Um estoque eficiente é um grande investimento, sendo importante fazer registros e uma fiscalização rigorosa, em todo o processo. Para ter esse controle, é necessário trabalhar com planilhas e inventários, que podem ser facilitadas com alguns programas e aplicativos, por exemplo.

Tenha reservas em caixa

Essa parte funciona mais ou menos como o item do estoque: é preciso organizar e fazer análises frequentes para manter uma reserva sustentável. Ter valores em caixa é fundamental, porque a entrada de pagamentos e o lucro é variável, mas muitos pagamentos não. Se sua empresa tiver uma reserva em caixa, as chances de quebrar são muito reduzidas, já que você terá garantia de pagar salários, férias de funcionários, possíveis demissões, fornecedores…
Lembre-se que é possível lidar com um empreendimento que não traz muito lucros por um período, mas você não vai poder sustentar uma empresa que não consegue pagar os próprios débitos frequentes.

Esteja acompanhado pelas pessoas certas

Determinadas questões da gestão de uma empresa, não só na área financeira, requerem uma certa sensibilidade, que só vem com a experiência. É normal ter inseguranças em relação a lidar completamente sozinho com a administração de um negócio. Por isso, se você perceber que determinada área está defasada, há diversos profissionais que oferecem serviços de consultoria.
Contratando uma consultoria, além de ter alguém que resolva imediatamente as questões pendentes, você poderá conhecer técnicas e planos para manter a parte financeira da sua empresa, por exemplo, bem encaminhada por muito tempo.
O importante é lembrar que empreendedores de grandes negócios souberam separar muito bem a vida pessoal da profissional. Seja analítico em relação aos resultados e metas e saiba que, com tantas responsabilidades, às vezes é preciso escolher pessoas especializadas para fazer com que tua flua melhor.
Esses são passos essenciais na profissionalização de um negócio. Começando cedo, suas chances de sucesso se exponencializam!
Sua empresa está realizando uma boa gestão financeira? Conhece outras dicas que poderiam entrar nessa lista? Tem mais alguma dúvida sobre esse tema? Comente abaixo e ajude a tornar os conteúdos do Abertura Simples cada vez melhores.

Postagens Recentes
Comentários
pingbacks / trackbacks

Deixe uma resposta

Mão segurando celular com diversas figuras em volta representando aplicativos para controle financeiroMontagem com o significado e diferença de preço e valor