fbpx

Abrir uma franquia ou começar um negócio próprio? Confira algumas dicas para escolher

 em Empreendedorismo, Novos Negócios

E agora: abrir uma franquia ou dar início a uma marca do zero?
Todo empreendedor, no começo de sua jornada, se depara com diversas questões. Uma das primeiras é escolher a modalidade: abrir um negócio próprio ou se tornar franqueado? Essa pergunta é válida, logo que cada tipo possui suas características, vantagens e desvantagens. Porém, todos exigem dedicação de tempo, investimento financeiro, estudos e análises.
O primeiro passo para conseguir se decidir é fazendo uma autoavaliação e entendendo os prós e contras de cada modelo. Se você é um empreendedor de primeira viagem e está com dúvidas na hora de escolher o seu modelo de negócios, confira a seguir alguns pontos que você deve levar em consideração antes de tomar uma decisão.

Começar um negócio próprio X Abrir uma franquia

Franquia

O primeiro passo para abrir uma franquia e escolher a melhor é estudando as opções. Opte por uma que ofereça algum produto ou serviço que você já se identifique, conheça ou possua alguma experiência. Assim que a escolha for feita, e a franquia aprovada, é hora de assinar o contrato e lidar com as questões burocráticas.
O franqueador passará a você todo o treinamento necessário para a produção e as vendas. Isso poderá ser feito presencialmente ou por meio de manuais. É extremamente importante manter o padrão exigido pelo franqueador, corrigindo os erros e realizando adaptações no modelo de negócio para que esteja de acordo com toda a rede.

Vantagens

Uma das vantagens de se ter uma franquia é que você receberá auxílio e suporte de seu franqueador para que a unidade funcione perfeitamente. Ele providenciará conhecimento, manuais e regras para que tudo esteja alinhado com a rede. Além disso, a franquia garante que a marca seja conhecida no mercado, permitindo que não seja necessário altos investimentos e nem um trabalho muito grande de divulgação.
Outra vantagem é que todo seu equipamento e produtos será comprado em conjunto, resultado na redução dos valores. Outro fato é que as vendas e o lucro acontecem de forma muito mais rápida do que um negócio que está começando do zero, pois os clientes já conhecerão a empresa melhor. E por fim, o fato de a franquia estar presente em diversas regiões, torna o modelo mais seguro.

Desvantagens

Uma desvantagem do modelo de franquia é exatamente o fato de ela já estar presente em várias localidades. Logo, o franqueador será responsável por escolher o ponto comercial do seu negócio, o que pode afetar seus planos estratégicos. Outra coisa a se levar em conta é que, sendo a franquia um modelo pronto, o franqueado não pode realizar mudanças no produto, alterar a comunicação e nem mesmo a forma de divulgação da empresa.
Por fim, é necessário pagar algumas taxas como royalties, franquia e marketing para que se possa abrir uma franquia. Além de uma boa parte do lucro ser destinado ao franqueado.


Negócio próprio

Já para começar um negócio próprio leva um pouco mais de dedicação. É necessário, primeiramente, fazer um planejamento onde se irá definir o produto/serviço a ser ofertado, quanto de investimento esse negócio exigirá, e quanto de capital você tem disponível. Nessa fase será necessário também estudar o mercado, a concorrência, elaborar uma identidade visual e as melhores estratégias de marketing da sua empresa.
Assim que sua empresa for aberta, será necessário determinar a contratação da equipe, treinamento dos colaboradores, e finalmente, disponibilizar o produto/serviço no mercado. Preste atenção também na administração e gestão do funcionamento da empresa: atente-se ao estoque e o melhor momento para abastecê-lo, controle o fluxo de caixa, gerencie os possívels problemas e crises, etc.

Vantagens

Começar uma empresa do zero permite que o empresário apresente uma novidade ou crie uma nova necessidade em seu cliente por meio de um produto diferente do mercado. Além disso, aumenta as chances de expansão do negócio, pois não é um modelo engessado como são as franquias.
Em seu negócio, você poderá criar sua própria identidade visual e modificá-la quando e como quiser, além de receber todo o lucro, ao invés de ter de pagar para o franqueador. Posteriormente, sua empresa pode até mesmo se tornar uma rede de franquias!

Desvantagens

Porém, uma das desvantagens de começar um negócio próprio são os gastos elevados. Será necessário disponibilizar um certo tempo e dinheiro para criar a marca e torná-la conhecida no mercado, para que assim, gere lucro.
Além disso, o empreendedor deverá ter um grande conhecimento sobre o mercado ao qual será inserido e sobre a concorrência. O planejamento deve ser completo, estudando a viabilidade dessa área e se ela será rentável.
Para muitas pessoas, pode ser uma desvantagem enorme ter de cuidar de tudo. Se você não conseguir manter o equilíbrio do negócio, isso pode resultar na ruína de todo seu investimento e trabalho.
As duas opções resultam em boas oportunidades e lucros. Sendo assim, para que você escolha a que mais se correlaciona com o seu modo de trabalhar, conte com o Abertura Simples, especializados na abertura de empresas. E aí, já sabe se vai escolher abrir uma franquia ou dar início ao próprio negócio? Comente e participe para que possamos melhorar, cada vez mais, nossos conteúdos.
Logo da empresa Abertura Simples para Mobile

Postagens Recentes
Comentários
  • Anderson Ferro
    Responder

    Realizar Sonhos, Abrir Negócio Próprio e Ganhar Dinheiro na Internet?
    Postei recentemente um vídeo com o título acima, meu canal é focado em passar dicas e ajudar as pessoas com o mercado do empreendedorismo. Vou deixar o link abaixo, espero ter ajudado e sucesso em seus negócios.

    Abraços,
    Anderson Ferro.

Deixe uma resposta

Montagem com o escrito: 10 passos para começar um e-commerce do zeroFoto do empresário Richard Branson segurando um protótipo de avião