Skip to content

O que você verá neste artigo:

Você já pensou em abrir uma ótica? Saiba como realizar este sonho!

O mercado de óculos cresce anualmente, e é um ramo que sempre terá clientes, pois o público alvo das óticas são as pessoas que querem solucionar um problema oftalmológico, ou até mesmo comprar óculos escuros.

Pensando em tudo isso, o Abertura Simples preparou um artigo com tudo o que você precisa saber para abrir uma ótica e se dar bem nos negócios. Confira:

Tudo o que você precisa saber para abrir uma ótica

O que é uma ótica?

De acordo com a Classificação Nacional de Atividades Econômica (CNAE), a atividade de ótica realiza a venda de óculos, armações e lentes de contato e se caracteriza como comércio varejista de artigos de ótica.

Uma ótica é um comércio altamente especializado. Portanto, o empreendedor que deseja ingressar no ramo deve ter conhecimentos técnicos sobre os produtos a serem comercializados. É aconselhável a contratação de um ótico experiente, que orientará os clientes, que transmita confiança e tenha conhecimento do assunto.

Como é o mercado?

A Ótica segue atualmente um mercado ascendente. Os óculos sob prescrição médica, antigamente um sinônimo de incômodo, acabaram virando acessório de moda. Sem contar que muitos brasileiros já estão trocando de armação bem antes que ela envelheça ou quebre. Simplesmente para seguir o figurino da temporada. 

É importante estar atento às necessidades dos clientes, visto que os usuários trocam os óculos e também utilizam outros produtos, como óculos de sol, lentes de contato, óculos para computador, óculos para dirigir à noite. Os produtos precisam de manutenção e,

Normalmente, mais membros de uma mesma família usam óculos. Não se deve desviar o foco desse alvo, que é ter clientes fiéis ao seu atendimento e à sua orientação técnico profissional.

Além disso, o crescente aumento das vendas do segmento também se deve à disseminação dos óculos de sol. Nos últimos anos, as grifes mais famosas do mundo tornaram-se acessíveis aos pequenos comerciantes brasileiros, por meio de grandes distribuidores. E todas elas lançam constantemente novidades com materiais cada vez mais leves, bonitos e resistentes.

O que é e como montar um plano de negócios?

O plano de negócios serve para que o empreendedor tenha uma visão mais ampla sobre a empresa e o mercado no qual está inserida. No plano de negócios você irá definir assuntos como, os serviços que irá oferecer em sua ótica. Além disso, o plano de negócios detalha a questão financeira e os recursos humanos que você poderá contar para o desenvolvimento da empresa.

Para desenvolver o planejamento, é necessário juntar todos os investimentos de material, equipamento, pagamentos de funcionários e maquinário. Deve-se pesquisar também o público que irá frequentar sua ótica, quem serão seus principais concorrentes, o mercado e muito mais.

Resumo dos principais pontos do plano de negócio:

  • O que é o negócio?
  • Quais os principais produtos e/ou serviços?
  • Quais serão os seus principais clientes?
  • Onde será localizada a empresa?
  • O montante de capital a ser investido
  • Qual será o faturamento mensal?
  • Em quanto tempo espera que o capital investido retorne?

Como escolher um bom ponto de venda?

A localização da maioria dos negócios é um dos fatores que mais influenciam no faturamento. Na hora de fazer essa seleção, é necessário levar em conta alguns aspectos, como o público alvo. Enquanto faz o planejamento para abrir uma ótica, você irá definir a faixa de renda e os hábitos de consumo das pessoas que deseja atingir. Com isso em mãos, ficará mais fácil escolher a região em que essas pessoas estão presentes.

O ponto ideal para abrir uma ótica é um local com grande fluxo de pessoas, boa visualização da sua ótica e fácil acesso para os clientes.

É necessário também, ficar atento aos aspectos legais e regularizações de acordo com as licenças exigidas. Antes de fechar o contrato, deve-se consultar a Prefeitura para confirmar se a sua ótica poderá funcionar naquele endereço escolhido. Verifique quais são as restrições da prefeitura para os planos da Lei de Zoneamento e do Plano Diretor da cidade.

Confira aqui 7 dicas para escolher o ponto comercial ideal para sua empresa

Qual a estrutura e equipamentos necessários?

Para abrir uma ótica pequena é preciso uma área de 40 m². Caso opte por laboratório próprio, ele deve ter no mínimo 15 m².

Os equipamentos necessários para abrir uma ótica são:

  • Cadeiras e mesas;
  • Vitrines ou balcões;
  • Espelhos;
  • Arquivos para acondicionar óculos e lentes prontos para entregar ao cliente;
  • Lensômetro – aparelho para medir o grau das lentes;
  • Ceratômetro – aparelho para medição da curvatura dos olhos;
  • Pupilômetro – aparelho que permite medir a distância entre a pupila e o nariz;
  • Ferramentas de conserto em geral – para pequenos reparos em óculos, como colocar e apertar parafusos, etc;
  • Não esqueça que são necessários equipamentos para escritório e caixa, como computador, telefone, impressora, máquina de cartão, entre outros.

Como escolher bons fornecedores?

O bom relacionamento com os fornecedores é vital para o sucesso de uma ótica. O laboratório independente, conveniado à ótica, será o seu principal fornecedor. É fundamental que o dono do estabelecimento conheça muito bem o laboratório, sua capacidade de produção, seu maquinário e o nível dos seus técnicos e demais funcionários.

Além do laboratório, é preciso ter outros fornecedores, como os de armações, lentes de contato e óculos escuros. O cuidado na hora de comprar é fundamental, porque a maioria dos representantes das grandes fábricas não trabalham em consignação, e óculos encalhados são prejuízo certo.

Além disso, os produtos considerados carros-chefes variam de uma ótica para outra, conforme a localização da loja.

Colaboradores

Uma ótica não requer uma grade de funcionários extensa. O comércio conta basicamente com os vendedores, e são eles que irão fazer toda a diferença no seu negócio. Os funcionários responsáveis por essa área terão contato direto com o seu cliente, serão eles que passarão a imagem da sua loja para o consumidor.

É importante que eles sejam bem treinados quanto ao quesito de tratamento aos clientes, disponibilidade de informações, ou seja, é interessante que o seu funcionário saiba de todos os produtos que a loja oferece e também seja orientado para ajudar o cliente no ato da compra: indicações, descontos e modos de pagamento.

Disponibilize para os colaboradores uniformes com a logomarca da sua empresa. Isso

ajudará no posicionamento da marca e na identificação do funcionário pelo cliente.

Como abrir uma ótica?

Como é possível notar, a ótica é uma ótima oportunidade de empreendimento, visto que a população sempre precisará. Ainda mais com o aumento do uso de aparelhos tecnológicos que acarretam em problemas de visão. 

Então, se você quer abrir uma ótima, confira abaixo todos os detalhes para realizar este sonho!

1 – Identifique o tipo de atividade

Primeiro, é preciso identificar o segmento de atividade que o seu serviço atuará. Existem três designações. No entanto, a que mais se enquadra ao de uma ótica é o de comércio

  • Indústria: É caracterizado pela transformação de matéria-prima em produtos a serem comercializados posteriormente;
  • Comércio: Já o comércio é o responsável pela venda dos produtos;
  • Serviços: O terceiro ramo de atividade é a prestação de serviços.

2 – Escolha a natureza jurídica

É indispensável que você verifique a natureza jurídica da sua ótica, pois te ajudará a definir o regime jurídico que o seu serviço se enquadra.

Informar a natureza jurídica no ato de formalização do seu negócio é importantíssimo, já que cada uma delas possui diferentes formas de aplicação das normas. Confira alguns tipos de naturezas jurídicas:

  • Empresário Individual (EI): Uma única pessoa constitui a empresa, cujo nome empresarial deve ser composto por seu nome civil, completo ou abreviado. É a pessoa física titular da empresa, podendo constituir apenas uma em seu nome;
  • Sociedade Limitada (LTDA): É aquela que reúne dois ou mais sócios a fim de explorar atividades de produção ou circulação de bens e serviços. Inclui-se toda empresa que contribui com moeda para formação de capital social e realização da constituição empresarial;
  • Sociedade Simples (SS): Exploram atividades de prestação de serviços decorrentes de atividades intelectuais e de cooperativa. Ou seja, os sócios não exercem nenhuma atividade voltada ao comércio, e sim desempenhar suas profissões. Exemplo: contadores, advogados, cooperativas e representações comerciais;
  • Sociedade Anônima (SA): Todas as empresas que não atribuem seu capital social a um nome específico, mas sim se dividem em ações. Essas ações podem ser transacionadas livremente. Neste caso não é necessário nenhum contrato social ou outro ato oficial como nas sociedades limitadas;
  • Empresa Individual de Responsabilidade Limitada (EIRELI): Empresa formada por somente uma pessoa, onde o capital pertence unicamente ao titular. Esse capital deve ser obrigatoriamente integralizado, e não pode ser inferior a 100 vezes o salário-mínimo vigente.

3 – Defina o porte da empresa

É importante definir o porte da sua empresa. Uma das principais características para definir esta questão é o faturamento bruto da empresa.

  • Microempreendedor Individual (MEI): Modalidade em que o faturamento máximo deve ser de R$81 mil por ano e não permite com que o empresário participe como sócio ou titular de outra empresa;
  • Microempresa (ME): É permitido a empresários individuais e sócios. O teto de faturamento anual é de R$360 mil;
  • Empresa de Pequeno Porte (EPP): Modalidade em que a faixa de faturamento anual começa em R$360 mil e vai até R$4,8 milhões.

As empresas que faturam acima de R$ 4,8 milhões são classificadas como médias e grandes.

4 – Reúna a documentação necessária

É preciso apresentar alguns documentos na hora de abrir uma ótica . Estes documentos possuem prazos a serem cumpridos, pois possuem data de validade. Por isso indicamos que nesta etapa você busque a ajuda de um contador especializado no ramo e que atente-se aos prazos. 

Confira os documentos necessários para abrir esta empresa:

  • CNPJ;
  • Cópia autenticada do RG e CPF;
  • Folha espelho do IRPF;
  • IPTU do imóvel;
  • Cópia do Contrato de Locação ou Compra e Venda;
  • Alvará de funcionamento;
  • Entre outros documentos específicos da cidade.

5 – Abra um CNPJ 

Após o registro na Junta Comercial, você receberá o NIRE, um Número de Identificação do Registro de Empresa. Este número será solicitado na hora de entrar no site da Receita Federal ao abrir o CNPJ.

Depois você fará o download do Programa Básico de Entrada. O próximo passo é preencher e enviar o documento pessoalmente ou pelos Correios para a Receita Federal;

Clique aqui e saiba o que você precisa para obter um CNPJ para sua empresa.

Como abrir uma ótica com sócios?

Além dos documentos citados anteriormente, será necessário apresentar alguns outros caso você abra uma empresa com sócios:

  • 1 cópia simples do comprovante de residência;
  • Certidão de casamento (se casado);
  • 2 cópias autenticadas do RG e CPF de cada (Carteira Nacional de Habilitação também é válida);
  • 1 cópia de folha espelho do IRPF, caso tenha comprovado no ano vigente.

Alvará de Funcionamento

O Alvará de Funcionamento é um documento que indica que a sua ótica pode exercer as funções no local em que você a instala.

O documento é emitido pela Prefeitura Municipal ou por algum outro Órgão Governamental Municipal, e pode ser solicitado gratuitamente pela internet, na maioria dos Estados.

Por isso, é necessário estar atento se a atividade escolhida está representada no registro por um código CNAE de atividades econômica, pois cada atividade necessita de um tipo de Alvará diferente

Alguns dos documentos necessários para solicitar o Alvará de Funcionamento são:

  • Planta do imóvel onde você pretende abrir seu negócio;
  • Cópia do recibo do IPTU pago;
  • CPF e RG, originais ou cópias, da pessoa responsável pelo negócio;
  • Cadastro do Contribuinte Mobiliário, ou CCM, obtido na Secretaria das Finanças;
  • O Setor, Quadra e Lote – também chamado de SQL – do imóvel;
  • Declaração de atividade: para que você usará o imóvel e qual área será destinada aos consumidores;
  • Certificado de conclusão de imóvel recém-construído.

É necessário destacar que a documentação exigida pode variar de acordo com as exigências de cada Município ou com as atividades exercidas.

Como divulgar minha ótica?

O meio de divulgação varia de acordo com a localização e o público alvo da empresa. A divulgação pode ser feita pelos métodos tradicionais e com baixo custo, como por exemplo,  panfletagem e divulgação online, que apresentam baixo custo e geram resultados. Se você investir em um planejamento detalhado, estratégia de negócios e dedicação, pode apostar que a sua gráfica terá sucesso.

Abaixo, sugerimos algumas ações:

  • Oferecer brindes para clientes que indiquem outros clientes;
  • Publicar anúncios em jornais e revistas de bairro;
  • Oferecer descontos e pacotes promocionais para compras combinadas;
  • Montar um site com novidades e oferta de serviços e valores empresariais do seu ramo;
  • Anunciar em sites de busca, que geram maior volume de tráfego e vendas.

Baixe o e-book completo “Como abrir uma empresa?”

Como vimos, abrir uma empresa não é nada fácil. Mas o Abertura Simples tem a missão de desburocratizar esse processo! Baixe o e-book “Como abrir uma empresa? Manual completo” e tenha acesso ao conteúdo exclusivo com o passo a passo para abrir seu próprio negócio. O material é disponibilizado gratuitamente. Baixe agora mesmo!

Abertura Simples

Nós do Abertura Simples realizamos todo o processo para que a sua ótica seja aberta de forma rápida, simples e segura, sem dores de cabeça. Além disso, oferecemos diversos serviços adicionais aos parceiros que decidem abrir qualquer empresa conosco.

Entre as diversas vantagens do Abertura Simples estão o atendimento humanizado, serviço de entrega e recolhimento de documentos e o preço justo. Disponibilizamos também as funções de Contabilidade, Fiscal, Recursos Humanos e Legalização, como alvará de funcionamento, CADAN, Anvisa, e muito mais.

Entre em contato com nossos representantes e inicie seu projeto com  Abertura Simples de forma fácil clicando abaixo:

Escrito por

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on twitter
Share on whatsapp
Como abrir uma empresa. Ebook Completo.

Manual para Abrir Empresa

Faça como mais de 100 mil empreendedores! Baixe agora mesmo o Manual Completo para Começar seu Próprio Negócio.

No comment yet, add your voice below!


Faça um Comentário

Tudo certo!

Basta baixar seu e-book pelo botão abaixo! 

Espero que goste!

Faça parte da maior comunidade de empreendedores do Brasil, sempre munidos com as últimas e mais relevantes notícias e artigos do mundo do empreendedorismo.