Descubra aqui o que é e como realizar o cadastro na Previdência Social!

Quer saber o que é e como você pode realizar o cadastro na Previdência Social? Então continue lendo para saber mais sobre este assunto tão importante!

Muitas pessoas pensam que o fato de ser empreendedor e dono do próprio negócio não o obriga a estar em dia com a previdência social, valendo também para os próprios profissionais que desempenham suas atividades como PJ. No entanto, todas essas pessoas acabam se esquecendo que existe a Previdência Social – INSS que existe, justamente, para assegurar os direitos e recolhimentos obrigatórios.

Está querendo saber o que é e como realizar o cadastro na Previdência Social? Confira aqui:

O QUE É E COMO REALIZAR O CADASTRO NA PREVIDÊNCIA SOCIAL? CONTINUE LENDO PARA SABER:

Mas o que é a Previdência Social?

No Brasil, a Previdência Social é um direito social previsto no art. 6° da Constituição Federal de 1988 entre os Direitos e Garantias Fundamentais, que garante renda não inferior ao salário mínimo ao trabalhador e a sua família nas seguintes situações, previstas no art. nº 201 da Carta Magna:

I – Cobertura dos eventos de doença, invalidez, morte e idade avançada;

II – Proteção à maternidade, especialmente à gestante;

III – proteção ao trabalhador em situação de desemprego involuntário;

IV – Salário-família e auxílio-reclusão para os dependentes dos segurados de baixa renda;

V – Pensão por morte do segurado, homem ou mulher, ao cônjuge ou companheiro e dependentes.

Banner do e-book Guia de Abertura de Empresas

Como é organizada a Previdência Social?

A Previdência Social é organizada em três regimes distintos, independentes entre si:

  • Regime Geral – Benefícios da Previdência Social (art. 201, CF/88);
  • Regime Próprio – Servidores Públicos (art. 40, CF/88);
  • Regime Complementar – Previdência Complementar (art. 202, CF/88).

A obrigatoriedade da contribuição do INSS para empreendedores

Como dito anteriormente, contrariando o pensamento de muitos, os empresários de todo o tipo também podem aproveitar os benefícios do INSS. Desde a edição da Lei 9.876 de 1999, o Instituto passo a considera-los como trabalhadores autônomos ou equiparados e, portanto, como contribuintes individuais, devendo realizar o seu recolhimento previdenciário como tal.

O pagamento do INSS para empreendedores é diferente e vária de acordo com cada tipo de empresa.

Para os profissionais autônomos, sem registro de CNPJ, deverá realizar o recolhimento do INSS para também aproveitar as vantagens como aposentadoria por idade ou tempo de contribuição, além de claro, todos os auxílios que o instituto oferece em situações especiais.

O microempreendedor individual – MEI, também deve fazer o seu recolhimento como uma pessoa jurídica. No valor fixo pago à Receita Federal por meio do Documento de Arrecadação do Simples (DAS), já consta a parcela a ser destinada ao INSS.

As demais empresas, exceto aquelas que são tributadas pelo simples nacional, estão sujeitas ao pagamento do INSS Patronal – uma contribuição da pessoa jurídica para a Previdência Social.

Quais são as obrigações trabalhistas e previdenciárias mensais?

Você já sabe o que é, mas ainda está querendo saber como realizar o cadastro da Previdência Social, é preciso primeiro saber sobre todas as obrigações trabalhistas e previdenciárias mensais de uma empresa.

Em um contrato de trabalho, o colaborador cede à empresa sua capacitação técnica, seu conhecimento e seu tempo. Só que para evitar práticas ilegais, há várias contribuições obrigatórias recolhidas por quem os contrata, e os objetivos são diversos. Veja a baixo 3 obrigações do empreendedor:

Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS)

O depósito deve ser feito todo dia 7 de cada mês. Corresponde a 8% da remuneração bruta do trabalhador no mês anterior. O atraso no pagamento gera multas proporcionais.

INSS – Guia do Instituto Nacional de Seguro Social

Deve ser pago até o dia 20 de cada mês e a base de cálculo também é o salário do mês anterior, porém varia de acordo com a faixa salarial. Consulte sempre o site oficial do INSS, onde os valores e alíquotas estão atualizados.

Imposto de Renda Retido na Fonte (IRRF)

Também pago até o dia 20 de cada mês, recolhido pelo empregador e descontado em folha do empregado. A alíquota varia de acordo com a remuneração bruta e o mais recomendado é consultar periodicamente os valores atualizados no site da Receita Federal.

Imagem de duas pessoas procurando na internet como realizar o cadastro na Previdência Social

Como realizar o cadastro na Previdência Social?

Primeiro, é preciso pensar que o cadastro na Previdência Social é a possibilidade que o cidadão tem de se registrar-se junto ao INSS e obter, por sua vez, seu Número de Inscrição do Trabalhador (NIT).

Quem já possui o número do PIS, PASEP ou NIS, não precisa fazer inscrição, basta usar este número junto à Previdência Social.

O cadastro na Previdência Social pode ser feito nas condições de:

  • Filiado: é quem deseja contribuir para o INSS, de forma obrigatória ou por opção (como contribuinte facultativo). A idade mínima é 16 anos. Saiba mais sobre os tipos de filiação.
  • Não filiado: são pessoas com menos de 16 anos, ou todos aqueles que precisam inscrever-se na Previdência sem necessariamente contribuir – beneficiários, tutores, curadores, entre outros.

Quais são os principais requisitos para realizar o cadastro na Previdência Social?

O primeiro requisito para conseguir fazer a sua inscrição na Previdência Social é não possuir outra inscrição, como PIS/PASEP e NIS.

Se a condição for filiado, os requisitos são:

  • Ter no mínimo 16 anos de idade;
  • Informar uma das categorias de segurado (Contribuinte Individual, Facultativo, Empregado Doméstico ou Segurado Especial) bem como a atividade exercida (conforme lista disponibilizada). Mesmo que seja na condição de Facultativo, o cidadão deverá informar o campo atividade, como por exemplo, “dona-de-casa”;

Os requisitos para não filiado são:

  • Não existe idade mínima;
  • deverá ser informada uma categoria dentre as opções de dependente (para fins de recebimento de benefício), representante legal, procurador ou componente de grupo familiar para benefícios do tipo BPC – LOAS;

Quais são os documentos necessários?

Para as inscrições realizadas pela internet ou pelo telefone 135, não é necessário enviar qualquer documento ao INSS. Você só precisará informar os seus dados corretamente para gerar o número de inscrição.


E aí, agora que você já sabe o que é e como realizar o cadastro na Previdência Social, não perca mais tempo e vá atrás de fazer a sua inscrição. Ficou com alguma dúvida sobre o assunto? Comente e participe para que possamos melhorar, cada vez mais, os conteúdos do Abertura Simples.

Escrito por

Gostou? Compartilhe!

Manual para Abrir Empresa

Faça como mais de 40 mil empreendedores. Baixe agora mesmo o Manual Completo Para Começar Seu Próprio Negócio.

No comment yet, add your voice below!


Deixe uma resposta