Precisa de um investidor para seu negócio mas não sabe por onde começar? Confira!

 em Empreendedorismo, Planejamento e Finanças

Selecionamos aqui algumas dicas que podem te ajudar a conseguir investidores para seu negócio! Confira

A falta de capital para tirar uma ideia do papel é um mal que acomete muitos empreendedores. Diante desta situação, muitas pessoas acabam recorrendo aos empréstimos bancários para abrir o seu próprio negócio. Porém, não conseguem arcar com os juros advindos destes empréstimos. precisam fechar as portas da empresa meses depois.

Por isso, uma das melhores alternativas é buscar o auxílio financeiro de um investidor. Tanto para tirar a sua ideia do papel e fazer o seu negócio realmente decolar, em caso de não possuir capital próprio para isso.

Além de injetar dinheiro, os investidores costumam ajudar na gestão empreendimento. Por isso, flexibilidade faz parte do contrato. Os empreendedores precisam estar dispostos a dividir informações, planos e até tarefas com quem investe na empresa.

Se você está na busca para conseguir investidores, fique atento aos seguintes tópicos que apresentaremos a seguir:

  • Tipos de investidores
  • Dicas de como obter um investimento
  • Plataformas para conseguir investidores

Selecionamos algumas dicas que podem de ajudar neste processo de conseguir investidores para o seu negócio! Confira:

Como conseguir investidores para meu negócio:

Tipos de investidores

Antes de correr para um banco buscando empréstimo (que nem sempre é uma boa saída), é necessário descobrir qual o investidor perfeito para você. E existem vários tipos diferentes dele! Os principais deles são:

Investidor Anjo

São pessoas ou grupos que costumam investir como pessoa física em startups numa fase inicial de operação. Geralmente, o anjo tem experiência profissional e possui conhecimento sobre determinado mercado. Por isso, busca apoiar empresas em setores que conhece. Caso você precise conhecer melhor o seu mercado e busque orientações de alguém que já percorreu o caminho das pedras, busque um investidor anjo.

Aceleradora

São fundos que trabalham com startups no momento da identificação da oportunidade de negócio. Elas apoiam os empreendedores com capital inicial e também com gestão, para que o negócio saia do papel. Para conseguir isso, as aceleradoras trabalham muito com programas intensivos, que costumam durar em média 6 meses. Assim, elas ajudam a estruturar, testar e acelerar o crescimento do seu negócio.

Incubadoras

São instituições que auxiliam micro e pequenas empresas nascentes ou que estejam em operação. Contanto que elas tenham como principal característica a oferta de produtos e serviços no mercado com significativo grau de inovação. Elas oferecem suporte técnico, gerencial e formação complementar ao empreendedor e facilitam o processo de inovação e acesso a novas tecnologias nos pequenos negócios.

Crowdfunding

No português, financiamento coletivo, acontece a partir da colaboração de um grupo de pessoas que investem recursos financeiros em uma ideia. Este investimento segue a dinâmica da vaquinha, ao partir do princípio de que pessoas colaboram e, juntas, realizam o que antes não poderiam fazer sozinhas. A diferença é que, agora, essa modalidade é potencializada pela internet. Se o seu negócio visar um retorno não só para um grupo específico, mas para a sociedade, esta é uma ótima opção para conseguir investimento.

Venture Capital

Os venture capitals (ou VCs) apoiam empresas de pequeno e médio porte já estabelecidas e com potencial de crescimento. Com duração média de 5 a 7 anos, os recursos investidos financiam as primeiras expansões, levando o negócio a novos patamares no mercado. Este investimento acontece por meio da aquisição de ações ou direitos de participação. Esta forma de operação, diferente de um financiamento, implica, além da entrada de recursos financeiros, em um compartilhamento de gestão do investidor com o empreendedor.

Pronto para as nossas dicas de como conseguir um investidor? Continue lendo:

Saiba o momento certo de buscar um investidor

Procure a ajuda de um investidor somente quando for extremamente necessário, e você perceber que não possui capital para abrir o seu negócio, ou então não tem mais nenhuma possibilidade de crescer por conta própria. Pois apesar de receber orçamento para investir em sua empresa, você terá que arcar com a divisão de lucros futuramente. Por isso, analise a viabilidade de abertura ou crescimento do negócio por conta própria antes de recorrer a um investidor.

Tenha um discurso na ponta da língua

Você é capaz de definir seu modelo de negócio em apenas 10 minutos? Consegue garantir a atenção de um investidor em um evento cheio de outras startups? Pois esteja preparado para este tipo de situação!

O pitch (uma palavra em inglês para discurso do vendedor) precisa ser curto, claro, contar sua história, mostrar como sua ideia traz a solução para um problema. Seja objetivo e fale sobre as principais características do seu negócio, e a participação que o investidor terá nos lucros da empresa.

O objetivo é conseguir mais tempo para conversar depois desse primeiro minuto de apresentação. Criando certo engajamento com o investidor nestes 15 minutos fará com quele ele queira saber mais e se aprofundar sobre o negócio, para então começar a se envolver em todos os detalhes burocráticos que envolvem o processo de negociação.

Saiba destacar sua ideia

Com um pitch bem treinado e conciso, o empreendedor já aumenta suas chances de chamar a atenção do investidor. Mas para consolidar o relacionamento é preciso ter algumas características que costumam fazer os olhos dos investidores brilharem.

A primeira delas é perfil empreendedor, demonstrado na capacidade de transformar ideias em negócios.

Equipes bem formadas, produtos promissores, potencial de crescimento, afinidade e resultados também ajudam a destacar a sua startup no meio de outras.

Participe de eventos

Aproveite todas as oportunidades de eventos que são destinados a encontros entre empreendedores e investidores. Esses locais são excelentes para ampliar a sua rede de contatos, e não só encontrar um possível investidor, mas também formar parcerias para o seu negócio futuramente.

Tenha persistência

Por mais que você encontre um investidor que esteja totalmente de acordo com o perfil do seu negócio, apresente um pitch e um plano de negócios bem elaborado, e ofereça um retorno financeiro extremamente atrativo para um potencial investidor, o mesmo pode não aceitar investir em sua empresa, por uma série de razões.

Foto de duas pessoas analisando um computador, representando como conseguir investidores

Plataformas para conseguir investidores

Agora que você já sabe tudo sobre os tipos de investidores e como obtê-los, apresentamos abaixo cinco plataformas que permitem investimentos e que podem ser usadas no seu negócio:

Nexoos

A Nexoos é uma plataforma online que conecta empresas que necessitam de empréstimos com Investidores, sem burocracia e sem taxas abusivas. Assim, esse processo se torna mais rápido, eficiente e justo. Eles trabalham nos moldes do peer-to-peer lending, que nada mais é que fazer a ponte entre pequenas e médias empresas com possíveis investidores (pessoas físicas) interessados. Tudo isso é feito de forma online, segura, e sem burocracia.

StartMeUp

Através de boletos ou transferência bancária, o investidor pode escolher empresas para fazer aportes na StartMeUp. As startups se cadastram no site com metas de captação que precisam ser alcançadas. O valor que o investidor aportar no projeto de captação será proporcional a sua participação na distribuição dos resultados da empresa.

EuSócio

A plataforma EuSócio oferece startups que estão vendendo participação no negócio. O investimento mínimo é de R$ 1 mil. Ao mostrar interesse no pitch da empresa, basta dizer que quer investir e responder a um questionário. Se a empresa conseguir o valor total pretendido, o investidor será notificado.

Biva

Com uma abordagem um pouco diferente, a Biva permite que pessoas comuns forneçam empréstimos para empresa. Em troca, elas conseguem rendimentos melhores do que algumas aplicações bancárias. Para as companhias, o site oferece empréstimos para capital de giro, expansão comercial e refinanciamento de dívidas.


E aí, está preparado para conseguir investidores para seu negócio? Já sabe onde começar a procurar um que valide sua ideia? Então comente e participe para que possamos melhorar, cada vez mais, os conteúdos do Abertura Simples.

Postagens Recentes

Deixe uma resposta

foto de um caminhão com faixa a frente, representando a greve dos caminhoneirosfoto de um homem esperançoso, representando como abrir empresa com nome sujo