Contabilidade para terceiro setor – entenda como contabilizar

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Saiba como funciona a contabilidade para terceiro setor:

O terceiro setor exerce um papel fundamental na sociedade. Constituído por organizações com fins públicos e não- lucrativos e tem como principal objetivo gerar serviços de caráter público. Ele é mantido através de iniciativas privadas, doações e até mesmo repasses de verbas públicas.

Para manter a contabilidade das empresas desse setor é necessário entender como elas são mantidas. Em sua grande maioria, ela deve seguir algumas regras de transparência das ações que de modo geral é feita de maneira bem similar a de empresas privadas mas possui uma diferença na distinção de demonstrativos.

Como fazer contabilidade para terceiro setor

Num geral, a contabilidade para terceiro setor é feita para registrar os fatos e a destinação dos recursos arrecadados.  As entidades sem finalidade de lucro são aquelas em que o resultado positivo não é destinado aos detentores do patrimônio líquido e o lucro ou prejuízo são denominados, respectivamente, de superávit ou déficit (NBC T 10.19.1.3).

Dentre tais normas, encontram-se, especificamente:

NBC T 2.2 – Da Documentação Contábil

NBC T 2.5 – Das Contas de Compensação

NBC T 3 – Conceito, Conteúdo, Estrutura e Nomenclatura das Demonstrações Contábeis

NBC T 4 – Da Avaliação Patrimonial

NBC T 6 – Da Divulgação das Demonstrações Contábeis

NBC T 10 – Aspectos Contábeis de Entidades Diversas:

NBC T 10.4 – Fundações

NBC T 10.18 – Entidades Sindicais e Associações de Classe

NBC T 10.19 – Entidades sem Fins Lucrativos

NBC T 19.4 – Incentivos Fiscais, Subvenções, Contribuições, Auxílios e Doações Governamentais

Nesse contexto, a contabilidade se faz necessária para que a mensuração de dados esteja correta e melhore ainda mais a credibilidade das instituições envolvidas. Outro fato interessante é que o terceiro setor está sujeito a apenas 1% de recolhimento do PIS sobre a folha de salários e são isentos de recolhimento de CONFINS e a Lei 9.532/1977 garantiu a imunidade de IRPJ para as entidades sociais e educativas.

Realizar o serviço de contabilidade para o terceiro setor analisará dados contábeis e garantirá que através deles todos os recursos estejam nos devidos lugares. Os mais importantes são:

  • Balancete
  • Demonstrativo de Fluxo de Caixa
  • Demonstrativo do Resultado do Período/Exercício
  • Balanço patrimonial

Conclusão

Considerando as informações, é possível ver que um bom serviço de contabilidade para terceiro setor traz apenas benefícios. Com ela, é possível ter demonstrações claras quais as principais atividades e fatos que compõe esse setor tão importante. Os voluntários, doadores, parceiros e o governo esperam que tudo que eles investiram sejam efetivamente destinados à sua finalidade principal, e por isso a transparência se mostra tão necessária, além de gerar credibilidade para as organizações.


Entendeu como funciona a contabilidade para terceiro setor? Comente e continue sempre atento aos novos conteúdos do
Abertura Simples.

Escrito por

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Manual para Abrir Empresa

Faça como mais de 40 mil empreendedores. Baixe agora mesmo o Manual Completo Para Começar Seu Próprio Negócio.

No comment yet, add your voice below!


Faça um Comentário