fbpx

Confira aqui como aplicar descontos saudáveis na sua empresa!

 em Planejamento e Finanças

Quem não gosta de receber um desconto na hora de adquirir um produto ou serviço? O problema é que, se oferecido sem critérios, ele pode fazer você ter prejuízo e até perder os consumidores. Por isso, resolvemos trazer algumas dicas de como aplicar descontos saudáveis na sua empresa. Continue lendo:

DESCONTOS SAUDÁVEIS NA SUA EMPRESA: COMO E QUANDO APLICAR?

O que é um desconto?

O desconto é um ponto de atenção extrema para seu negócio. Ou ele é uma negociação, como por exemplo, quando um cliente compra em grande quantidade, ou uma estratégia de mercado, quando ele é aplicado a peças específicas, coleções antigas, entre outros. Independente do tipo, uma coisa eles têm em comum: devem estar alinhados à precificação do produto, pois só assim você pode saber quanto de desconto pode dar e qual é a sua margem de negociação enquanto mantém o retorno mínimo necessário.

Como já dissemos em outros posts aqui do blog, a precificação é tão importante que te ajuda também, a entender sua capacidade de parcelar as vendas sem impactar seu fluxo de caixa.

Por que as pessoas pedem desconto?

Vamos nos colocar ao lado do cliente: todos nós, um dia, já pedimos um desconto sobre alguma coisa, não é mesmo?

Um dos motivos mais verdadeiros para pedir um desconto é naquela situação quando o cliente identifica a sua necessidade, encontra o produto/serviço que consegue suprir seus problemas, mas, infelizmente, não tem o dinheiro suficiente para adquiri-lo. Outro motivo é que na maioria das vezes, pedimos um desconto apenas para sair da negociação com um sentimento de vitória.

Como saber se eu posso dar descontos na minha empresa?

Para dar descontos saudáveis, há algumas coisas sobre sua empresa que você precisa identificar e avaliar:

Margem de lucro

Talvez a melhor forma de definir esse primeiro quesito é quanto se ganha em cima de cada produto ou serviço vendido. Ou seja, você precisa conhecer todos os custos de produção daquele produto ou quanto se gasta com a prestação de cada serviço.

Conheça o seu produto ou serviço

Não adianta querer aplicar descontos saudáveis na sua empresa se você não sabe exatamente aquilo que vende ou então, o que ele representa para o seu consumidor.

Se ele é um produto de necessidade básica e as pessoas não podem viver sem ele, você pode cobrar um valor mais alto por ele e se recusar a dar descontos tão altos. A mesma coisa vale se for um produto personalizado.

Saiba como está o fluxo de caixa da sua empresa

O empreendedor precisa saber qual é o momento da sua empresa, ou seja, o fluxo de caixa dela vai determinar a sua necessidade de vender mais e de vender mais caro ou mais barato.

Terá que ser uma escolha saiba sobre: preciso vender mais, então venderei mais barato ou, preciso de uma receita maior então não vou dar descontos porque cada peça vendida terá um alto impacto no meu caixa. Após pensar sobre essas e outras variáveis importantes, é hora de mostrar como aplicar descontos saudáveis na sua empresa.

Imagem de duas pessoas apertando a mão para remeter aos empreendedores que desejam aplicar descontos saudáveis na sua empresa

Como aplicar descontos saudáveis na sua empresa?

Primeiramente, o seu processo comercial deve mostrar ao cliente o valor que seu produto/serviço tem. Além de mostrar valor, é necessário fechar algumas portas para que você já saiba se ele precisa realmente do desconto ou não.

Depois, existem alguns fatores que devem ser aplicados durante seu processo comercial para que então, você possa saber se pode, ou não, aplicar descontos saudáveis na sua empresa. Confira:

Interesse

O interesse é um dos pontos mais importantes nesse processo, já que você precisa saber se ele realmente está empenhado naquela solução que você está oferecendo. Caso contrário, você poderá apresentar uma proposta comercial que não resultará em vendas.

Credibilidade

Perguntar ao futuro cliente “você vê a nossa empresa como possível parceiro nesse projeto?” faz com que ele diga a você se confia ou não na sua empresa, e a resposta dele será determinante para que você saiba se toda essa apresentação de proposta será uma perda de tempo.

Valores

Durante esse processo, vale perguntar ao seu consumidor o que ele acha sobre aquela situação e sobre quando ele está disposto a pagar por ela, principalmente quando esse produto/serviço é personalizado.

Assim, você já sabe de antemão qual o valor de proposta que ele estaria disposto a aceitar e não aplicar uma estratégia de desconto muito acima daquilo pensado inicialmente, uma vez que ele pode se assustar ou não querer saber mais. É importante, porém, ter em mente quanto vale aquilo que está sendo oferecido e disponibilizar com a consciência de que aquilo é o que realmente fará a diferença para ele.

Autoridade

Aqui, é a fase do “quem decide” e por isso, o vendedor deve saber se o cliente está conversando é o único responsável por decidir fechar uma parceria ou se ele deve consultar um sócio, o setor financeiro, etc.

Não adianta ele pedir descontos e você conceder caso ele não seja o único decisor e ainda precise consultar outros para a tomada de decisão. Por isso, conheça-o e a partir disso, pense se é possível aplicar o desconto saudável na sua empresa.

Urgência

Se o cliente está procurando o seu produto ou serviço com uma certa urgência, não tem porque você como empresa conceder um desconto. Pense que se não existir a urgência e o fechamento dor imediato, seus custos de mais uma reunião e follow up não serão pagos, não compensando assim dar descontos.

Lembre-se que as pessoas não decidem mudar/agir por conta de um desconto e sim por um aumento de preços, que é muito mais efetivo que os próprios descontos. Ou seja, decidir mudar, mais para frente, é mais caro do que decidir mudar agora.


E aí, está preparado para aplicar descontos saudáveis na sua empresa? Para que você não fique refém deles, tenha em mente como fazer um processo de vendas que mostre seu verdadeiro valor ao cliente.

Você tem alguma técnica de desconto que aplica em seu empreendimento e quer compartilhar com os outros colegas empreendedores? Comente e participe para que possamos melhorar, cada vez mais, os conteúdos do Abertura Simples.

Postagens Recentes

Deixe uma resposta

Imagem de um agente bancário repassando dinheiro para um empreendedor para remeter aos benefícios de uma conta jurídica para a sua empresa