A série Game of Thrones pode te ensinar importantes lições de empreendedorismo

A tão aclamada série Game of Thrones chegou ao final e mais do que nunca, trazendo cenas impactantes e figuras com personalidade forte. Entre os diversos temas que a série apresenta, o centro gira em torno da disputa pelo Trono de Ferro, no reino de Westeros. Mas, além do entretenimento, também apresenta importantes lições que podem ajudar muitos empreendedores que estão se lançando no mundo dos negócios.
Por isso, separamos a seguir, algumas das principais lições que podemos aprender com Daenerys Targarien, Tyrion Lannister, Jon Snow, e muitos outros personagens de Game of Thrones. Mas cuidado, se você nunca assistiu a série, ou não ouviu nada a respeito, saiba que essa matéria CONTÉM SPOILERS. Continue lendo:

Empreendedorismo de Game of Thrones

Informação vale ouro

Um dos personagens mais antenados e integrados com o que acontece em Game of Thrones é Lorde Varys, mais conhecido como o Aranha. Não importa aonde, ele possui diversos espiões que levam informações para ele, e com isso conquista a lealdade dos líderes, além de elaborar suas próprias estratégias.
Apesar da moral duvidosa e forma desonesta de obter essas informações, o personagem mostra a importância de gerenciar essas informações a seu favor, fazendo alianças que sejam duradouras para sua empresa, mesmo sem ser dotado de grandes riquezas.

Foto de uma cena da série Game of Thrones com o personagem Lorde Varys
O poder reside onde o homem acredita que reside. É um truque, uma sombra na parede. E um homem muito pequeno pode lançar uma sombra bem longa.” – Lorde Varys

Seja um líder, e não um chefe

Ao invés de transmitir medo naqueles que passam por seu caminho, Daenerys Targaryen conquistou diversos reinos e tentou melhorar a vida dos povos destes enquanto passava por ali. Apesar de, no começo da série, não ter experiência alguma com liderança, a garota conseguiu se tornar uma Rainha. E mesmo com todo o poder que acumulou, não deixou de ouvir os problemas de seus súditos e fazer o possível para atendê-los.
Não se nasce com a habilidade para o empreendedorismo, mas é possível desenvolvê-la. Basta agarrar as oportunidades certas, estudar o mercado e seus concorrentes, e lançar algo que ajude toda a comunidade que você está mirando. Além disso, Daenerys ensina que não se deve ser um chefe intimidador e autoritário, pois isso trará apenas medo, e não respeito. Um líder sabe como cuidar e motivar sua equipe, fazendo com que os colaboradores estejam a seu favor.

Foto de uma cena da série Game of Thrones com a personagem Daenerys Targaryen
Parece-me que uma rainha que não confia em ninguém é tão tola quanto uma rainha que confia em todo mundo. Cada homem que acolho ao meu serviço é um risco, compreendo isso, mas como poderei conquistar os Sete Reinos sem correr esses riscos?” – Daenerys Targaryen

Seja flexível sempre que necessário

As constantes mudanças na vida de Arya Stark fizeram com que ela aprendesse a se adaptar às novas situações e lugares. Desde o começo da série, a jovem que vivia com sua família passou por muitas coisas, desde viajar com um dos responsáveis pela morte de seu pai, até viver em um continente hostil. Mesmo jovem, a personagem mostra ser bastante flexível e adaptável.
Um bom empreendedor é aquele que consegue mudar e se adaptar. É essencial estar à disposição para aceitar novas experiências e ser extrovertido. Assim, sua empresa conseguirá sobreviver a qualquer situação, mesmo em tempos de crise. É possível aprender com ela também a nunca desistir, não importa a dificuldade no qual você se encontra. Sempre é possível dar a volta por cima.

Foto de uma cena da série Game of Thrones com a personagem Arya Stark
Cada ferida é uma lição, e cada lição nos torna melhores.” – Syrio Forel para Arya Stark

Foque mais nas suas qualidades

Tyrion Lannister foi o personagem mais subestimado desde o começo da guerra dos tronos: nasceu com uma condição de nanismo, o que é muito perigoso em um mundo de cavalheiros; seu pai o desprezava pois sua mãe morreu ao lhe dar a vida; sofreu um acidente com espada que lhe tirou metade do nariz e deixou uma cicatriz no rosto todo; e quase morreu muitas vezes ao longo da série. Ainda assim, com muita ironia e inteligência, se tornou um dos personagens mais relevantes e influentes da série, adquirindo até mesmo cargos importantes.
No mundo real, é necessário encarar suas dificuldades e lutar para se aperfeiçoar. E quando tiver algum problema, seja sincero ao máximo e convença os outros de que, trabalhando juntos, é possível resolvê-lo. Especialmente em tempos difíceis, aprenda a agregar valor mesmo em suas limitações, e saiba como superar seus obstáculos.

Foto de uma das cenas da série Game of Thrones, com o personagem Tyrion Lannister
Nunca se esqueça de quem você é, porque é certo que o mundo não se lembrará. Faça disso sua força. Assim, não poderá ser nunca a sua fraqueza. Arme-se com esta lembrança, e ela nunca poderá ser usada para lhe magoar.” – Tyrion Lannister

A arte de pivotar

Sem sombra de dúvidas, Petyr Baelish é um dos personagens mais articulados e estratégicos de Game of Thrones. Está sempre buscou ganhar a confiança de pessoas da alta sociedade, e o fazia mudando suas estratégias. Apesar de ser um dos personagens que menos ganha destaque, talvez seja um dos mais fortes na guerra dos tronos. E mais: provavelmente, ele não teria chego até o momento se ele não tivesse feito um bom networking. Até porque, nunca se vence uma guerra lutando sozinho.
Não é recomendado que sua empresa aja de má fé da mesma forma que Mindinho, como é apelidado, para sobreviver. Mas é possível aprender com ele a sempre se manter no jogo, mudando vez ou outra seu modelo de negócio e seu propósito, mas sempre com transparência e honestidade. Além disso, o networking é sempre bem vindo para conseguir o apoio de outros profissionais.

Foto de uma cena da série Game of Thrones com o personagem Petyr Baelish
Caos não é um abismo, caos é uma escada. Muitos fracassam ao tentar subi-la e não terão outra chance, a queda os destrói. Outros, tem a chance de subir mas não querem, eles preferem o reino, os deuses, o amor. Ilusões. Apenas a escada é real, a escalada é tudo.” – Petyr Baelish

Construa parcerias

Um dos personagens que mais cresceu e adquiriu reputação ao longo da série foi Jon Snow. Ele se tornou um modelo de caráter; suas atitudes e desapego ao poder são percebidas tanto por seus aliados quanto por seus inimigos. Quando necessário, ele soube como fazer parcerias para atingir seu objetivo, mas para isso ele foi franco com seus aliados. Ele expôs os pontos fortes e fracos de todas as situações, e ainda assim construiu fortes alianças.
O empreendedor deve procurar por parceiros de confiança, e que tenham a garra para fazer a empresa crescer. Mesmo que vocês tenham de enfrentar algumas dificuldades, seja honesto e busque por aquele parceiro que demonstra lealdade, coragem e vontade de buscar novos desafios. Dessa forma, ambos poderão encarar a guerra do mundo dos negócios.

Foto de uma cena da série Game of Thrones com a personagem Jon Snow
Eu não quero que eles se ajoelhem para mim. Quero que eles lutem comigo, quando a hora chegar.” – Jon Snow

Gostou dessas lições de empreendedorismo que podemos aprender com Game of Thrones? Conhece outras que poderíamos aprender com os personagens? Comente e participe para que possamos melhorar, cada vez mais, os conteúdos do Abertura Simples.

Escrito por

Gostou? Compartilhe!

Manual para Abrir Empresa

Faça como mais de 40 mil empreendedores. Baixe agora mesmo o Manual Completo Para Começar Seu Próprio Negócio.

No comment yet, add your voice below!


Deixe uma resposta