Empréstimo para empreender vale a pena?

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Empréstimo para empreender vale a pena?  Não, não vale.
Hoje no Brasil você não tem taxas de juros competitivas, você não tem baixa taxa de juros para empreendedorismo. Você consegue baixas taxas para empresas somente depois de um ou dois anos que ela já está empreendendo, quando ela já vende algum produto. Os bancos oferecem taxas melhores para pessoa jurídica do que para pessoa física. Porém, quando você vai começar a empreender, você ainda é pessoa física, e tem que pegar empréstimo como tal. Muitas vezes esse empréstimo é feito através do cartão de credito, ou por cheque especial. Nesse caso, não vale a pena pegar empréstimo para empreender.

Histórias de sucesso?

Por mais que vemos por aí histórias de quem teve sucesso, como por exemplo, o próprio Flávio Augusto que pegou cerca de 15 mil reais do cheque especial para começar a empreender, é diferente. O caso do Flávio pode não ser o mesmo que o seu. Então se você está pensando em pegar cheque especial para empreender, cuidado, você pode quebrar.
O caso do Flávio é diferente pois ele já estava no negócio de escola de inglês. Ele já dominava aquele negócio, já vendia e sabia tudo sobre ele.
Obvio que mesmo sabendo tudo, ainda havia um risco, porém ele dominava 100%, ele não entrou em um negócio sem saber  nada.

Ok, mas e se eu conhecer sobre o negócio?

Você pode conhecer um pouco sobre o negócio que você quer entrar. As vezes você conhece, as vezes você já domina também. Se esse for o caso, você pode pegar 10% o empréstimo, e ganhar 30, 40, as vezes 100%, as vezes 200%, nesse caso, pega esse dinheiro e começa a empreender, você já tem a certeza de retorno.
Mas se o negócio que você vai empreender, vai demorar um tempo pra gerar retorno, ou precisa de um investimento maior, com maquinas ou espaço para alugar, nesse caso já é outra história, fica mais difícil.
Ou seja, se você domina a área, se é um produto que você vai comprar por 10 e vender por 30, 50, então pega o cheque especial e vai em frente. Mas se você não tem esse tipo de negócio, não faça isso.

Então, quando usar o financiamento?

Mas quando você tem que usar o financiamento? Quando você tem que usar recursos de terceiros? Você tem ou não que usar?Eu sou super a favor em usar. Eu vou gravar um vídeo falando só sobre financiamento de terceiros. Quando você tem que pegar o financiamento, e usa-lo.
Mas para empreender, se você não tem o recurso, não entra em cheque especial, não faça dividas com juros altos, não vale a pena, você vai quebrar.
Se você não tem o dinheiro, tenta encontrar um sócio que vai apostar na sua ideia, que vai correr o risco junto com você. Dá uma participação maior para ele, 50 a 50, ou 60 a 40, ou 70 a 30. Traz um cara que não vai te cobrar juros, que vai entrar  no risco junto com você.
Encontrar um sócio é o melhor caminho, pois se empreender e tomar juros do cheque especial, você vai se arrepender.


Gostou dessas dicas? Comente e participe para que possamos melhorar, cada vez mais, os conteúdos do Abertura Simples.

Escrito por

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Manual para Abrir Empresa

Faça como mais de 40 mil empreendedores. Baixe agora mesmo o Manual Completo Para Começar Seu Próprio Negócio.

No comment yet, add your voice below!


Faça um Comentário