10 erros que os freelancers cometem que os afastam do sucesso

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Você é um profissional autônomo? Saiba quais são os principais erros de freelancers e como não cometê-los!

Muitos profissionais estão optando por trabalhar como freelancer, principalmente por conta das mudanças no mercado de trabalho. Segunda pesquisa Mercado Freelancer 2017, aproximadamente 77,3% dos brasileiros já atuam como profissionais freelancers, e 37,1% vivem exclusivamente da atividade autônoma.

Porém, trabalhar nesse modelo não é fácil. Além de ter que lidar com clientes atrasados, contas a pagar, ter de lidar com trabalho e vida social, também aparecem outros desafios a serem encontrados nesse caminho.

Se você está começando sua carreira como “freela” saiba que existem algumas atitudes que você deve tomar se quiser alcançar o sucesso. Confira quais são os principais erros de freelancers e como não cometê-los:

Erros de freelancers e como não cometê-los

Não cuidar do marketing

A propaganda é a alma de qualquer negócio! Sem a divulgação apropriada do seu serviço, como as pessoas saberão de sua existência? Sem marketing, você vai acabar tendo de fazer apenas aqueles serviços que os outros querem que você faça. Se você quer podes escolher os serviços que irá prestar, atente-se ao marketing. Não fique apenas esperando por indicações, corra atrás da divulgação do seu serviço e conquiste seus serviços.

Não fazer networking

Já falamos algumas vezes aqui no blog sobre a importância de fazer um bom networking, mas muitas pessoas cometem o erro de não se conectar aos profissionais certos. Busque sempre aumentar seu círculo de contatos, mas preocupe-se mais em se relacionar com parceiros seletivos que possam auxiliá-lo na sua carreira.

Não montar um portfólio adequado

No caso do portfólio, esqueça a quantidade e aposte na qualidade das obras apresentadas. Selecione apenas os melhores trabalhos que você já fez e esteja disposto a mostrar mais caso o contratante queira. Você pode optar por montar um portfólio online ou físico, e caso opte pelo online, pode utilizar tanto os PDFs enviados por email quanto as plataformas como Behance, DeviantArt, Wix, WordPress, Cargo Collective, Dribbble e Medium.

Banner do Ebook Guia do Freelancer

Parar de se atualizar

O mercado é dinâmico e está em constante transformação. Se você não acompanhar, vai acabar ficando para trás e os outros profissionais vão passá-lo facilmente. Você deve estar atualizado sempre para manter a vantagem, e pode fazer isso lendo sempre novos conteúdos que saírem, fazendo cursos especializantes e participando de projetos diferentes que possam agregar em sua carreira.

Não separar vida pessoal da profissional

Um dos principais erros dos freelancers é não conseguir distinguir o trabalho da vida pessoal. É necessário estipular horários de trabalho e respeitá-los. Não caia na tentação de trabalhar até tarde todos os dias, muito menos se distraia com outras coisas enquanto estiver fazendo algum projeto. Você não deve sacrificar seus momentos de lazer, mas também não pode se enganar em achar que o celular ou a televisão não irão te incomodar. Ambas as situações podem afetar (e muito) seu rendimento no trabalho!

Trabalhar no local errado

Escolha bem o local em que você irá trabalhar, logo que você irá passar boa parte do seu tempo ali. Para aqueles que se distraem facilmente, um local adequado assegura o foco necessário para cumprir todos os prazos e não falhar nos compromissos assumidos. Faça o possível para ter um local de trabalho confortável, seja ele na sua casa, em um coworking ou até mesmo em um ambiente externo.

Não organizar as finanças

Só porque você não terá um salário fixo isso não significa que você possa sair por ai gastando tudo. Muito pelo contrário, nesses casos que a organização financeira é mais necessária ainda! Entre uma correria e outra, trabalhos e mais tarefas, fica bem difícil organizar as finanças. Mas se você não controlar isso, poderá acabar o mês no negativo.

Não precificar os serviços corretamente

Mesmo que surjam diversas oportunidades para você, não aceite um preço muito abaixo que desvalorize seu tempo, esforço e dedicação para realizar um serviço. Muito menos estipule preços exorbitantes que não se ajustem ao que você está oferecendo. Vale lembrar que você pode – e muitas vezes deve – adaptar seu preço de acordo com o projeto e cliente. Claro que você deve ter em mente o valor médio para cada tipo de serviço, mas mantenha uma conversa com o potencial cliente para entender sobre o projeto, e sobre as expectativas que ele tem para seu trabalho.

Não planejar o futuro

Uma coisa você deve ter em mente: qual seu objetivo com esse trabalho autônomo? Um dos grandes erros de freelancers é não pensar no futuro, mas se você pretende trabalhar em tempo integral como autônomo, é importante manter uma meta e também uma reserva financeira. Principalmente por conta da instabilidade financeira do freelancer, que ainda assusta muitos.

Não se formalizar como freelancer

Muitas empresas na contratação de um freelancer dão preferência a profissionais devidamente legalizados. Isso porque esses podem emitir nota fiscal, além de a formalização remeter a uma maior responsabilidade e qualidade dos serviços prestados. A melhor opção disponível para os profissionais que desejam começar como freelancer de forma regularizada é o MEI (Microempreendedor Individual). São diversas as categorias enquadradas como MEI, e os profissionais que optarem em formalizar o seu negócio nesse grupo têm diversos benefícios.

Não cometa os erros de freelancers citados acima! Está pensando em se formalizar como freelancer, poder emitir notas fiscais e ainda receber diversos benefícios? Clique no botão abaixo e saiba como abrir o seu MEI agora mesmo:

Escrito por

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Manual para Abrir Empresa

Faça como mais de 40 mil empreendedores. Baixe agora mesmo o Manual Completo Para Começar Seu Próprio Negócio.

No comment yet, add your voice below!


Faça um Comentário