Você está em busca de um espaço colaborativo que incentive jovens empreendedores? Então confira aqui!

 em Empreendedorismo

Está em busca de espaço colaborativo que incentive jovens empreendedores? Continue lendo para saber mais:

Ter a perspectiva de uma carreira profissional em empresa parece que não é mais o sonho dos jovens brasileiros. Eles, por sua vez, estão querendo cada vez mais a independência tornando-se empreendedores desde cedo. O novo perfil do empreendedor no país, segundo pesquisa GEM 2017, aponta que no ano passado, a participação de pessoas entre 18 a 34 anos no total de empreendedores em fase inicial cresceu de 50% para 57%. Isso significa que são 15,7 milhões de jovens atrás de informações para um negócio próprio. Outro dado interessante de se comentar é que ainda segundo essa pesquisa, aumentou o percentual de pessoas que buscam empreender por oportunidade, saltando de 57% para 59% dos entrevistados.

ESPAÇO COLABORATIVO QUE INCENTIVE JOVENS EMPREENDEDORES? CONTINUE LENDO PARA SABER MAIS:

Quem são os jovens empreendedores brasileiros?

Se você está em busca de um espaço colaborativo que incentive jovens empreendedores, você certamente quer entender mais sobre esse perfil de empreendedores, certo? Então, analise:

A maioria dos jovens empreendedores são homens com 71%. Boa parte desses empreendedores possuem curso superior e geralmente são formados em administração. Na maioria das vezes diversificam o negócio e investem em duas áreas diferentes, mas prestando serviços como terceiros. A pesquisa elaborada pelo Conaje aponta que alguns empreendedores jovens têm micro e pequenas empresas que geram trabalho, empregando até nove colaboradores.

Os jovens com idades entre 25 a 34 anos foram mais ativos na criação de novos negócios. Isso significa que 30,5% dos brasileiros com essa faixa etária estão criando um negócio ou já detêm uma empresa com até 3 anos e meio de vida, período considerado estágio inicial do empreendimento.

Vantagens e desvantagens do empreendedorismo jovem no Brasil

As vantagens de abrir a sua própria empresa no Brasil é que o empreendedor pode fazer o que gosta, consegue alcançar sonhos e objetivos, ter autonomia e liberdade para ter a tomada de decisões, entre outros.

As desvantagens, por sua vez, é que existem alguns processos democráticos até a abertura da empresa em si, pagamentos de impostos, ansiedade, estresse e o peso da responsabilidade de ser o seu próprio chefe, instabilidade do mercado e, um dos principais é a falta de preparo para empreender. O nosso país não incentiva o empreendedorismo em nenhum momento da nossa vida. E, talvez seja por isso que poucas empresas liberem um espaço colaborativo que incentive jovens empreendedores.

Imagem de dois computadores para remeter ao espaço colaborativo que incentive jovens

Está procurando um espaço colaborativo que incentive jovens empreendedores?

Brun Hub

A boa noticia é que este cenário está mudando. Um exemplo é o Brun Hub de Educação, que é um espaço colaborativo que desenvolve projetos inovadores educacionais para gerar impacto social. Na instituição, localizada em São Gonçalo, o empreendimento ganhou corpo e, um ano depois, a Soul Idiomas funciona também em escola da região, em 13 turmas.

O espaço colaborativo começou focado em modelos inovadores de pré-vestibular e com oficina em redação. Hoje, conta ainda com outras frentes como a Classe A, projeto que ajuda alunos a entenderem a forma de aprender e criar independência, e o Elemento X, que trabalha diretamente o autoconhecimento dos alunos para que eles consigam montar seu projeto de vida e escolher a sua carreira profissional de forma consciente. O espaço também oferece oficina de empreendedorismo, orientação profissional, consultoria de negócio, palestras, workshops e treinamentos.

Inovativa Brasil

O InovAtiva Brasil, realizado pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC) e pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE), com execução pela Fundação Centros de Referência em Tecnologias Inovadoras (CERTI), tem por objetivo oferecer um programa de aceleração gratuito e aberto a startups de qualquer lugar do Brasil. O programa oferece capacitação online com acompanhamento de tutores, mentoria e conexão para negócios inovadores (empresas de base tecnológica e/ou com modelo de negócios inovador e escalável) de qualquer setor da economia (indústria, comércio, serviços) em estágio inicial.

Coworkings

Ainda está em busca de um espaço colaborativo que incentive jovens empreendedores? Os coworkings, conhecidos também como espaços compartilhados, estão sendo cada vez mais a opção de micro, pequenos, médios e futuros empresários, já que além da redução de custo, estes locais são ótimos para compartilhar experiências e parcerias.


E aí, o que está esperando para se tornar empreendedor? Quer compartilhar a sua experiência conosco? Comente e participe para que possamos melhorar, cada vez mais, os conteúdos do Abertura Simples.

Fonte: PEGN

Postagens Recentes

Deixe uma resposta

Imagem de um modelo de coworkings para remeter ao o mercado de coworkings que tem crescido no paísImagem da entrada do Banco para remeter a matéria que o BNDES anuncia programas de financiamento