Diferença entre funcionário satisfeito e funcionário engajado

 em Gestão e Produtividade

Entenda as principais diferenças entre um funcionário satisfeito e um funcionário engajado na empresa!

Quem é que não sonha em ter uma equipe altamente qualificada, que dá o sangue pela empresa e faz de tudo para o sucesso de todos? Bem, quando o funcionário “veste a camisa da empresa”, é sinal de que ele realmente está envolvido, com vontade de contribuir, permanecer na empresa. Significa que ele está satisfeito com as condições que lhe são concebidas e, mais do que isso, que ele está engajado com o projeto.

Mas será que você sabe a diferença entre um funcionário satisfeito e um funcionário engajado? Por mais que os dois termos possam parecer a mesma coisa, seus significados e suas influências nos negócios são completamente distintos. Nesse artigo explicaremos e tiraremos suas dúvidas com relação ao engajamento e satisfação dos colaboradores, para que você entenda em qual nível está a equipe do seu negócio. Continue lendo:

Diferença entre funcionário satisfeito e funcionário engajado:

Funcionário satisfeito

A satisfação tem muito mais a ver com estado de espírito que qualquer outra coisa. Isso porque o funcionário pode chegar cedo no trabalho, sair tarde, fazer suas atividades corretamente e não mostrar nenhuma reclamação. Mas esse mesmo funcionário “satisfeito” não irá fazer nenhum esforço extra por conta própria.

Quanto maior o nível de satisfação da pessoa, maior será seu comprometimento com a organização, isso é um fato. Isso é fundamental para o desenvolvimento do ambiente de trabalho, e a satisfação pode ser conquistada de diversas maneiras. Boas condições de trabalho, reconhecimento, respeito, salário… Esse elemento contribui muito, mas não é suficiente para reter talentos e nem faz com que elas lutem pelos mesmo objetivos da empresa.

Funcionário engajado

Já o engajamento vai além da obrigação dos empregados. O funcionário engajado é aquele que luta pelos objetivos da companhia, que se identifica, assume compromissos e se mantém motivado por isso. Para esse colaborador, as visões da empresa se tornam suas próprias aspirações.

Ele tem vontade de trabalhar não só porque acha o ambiente da empresa agradável, mas também porque sente vontade de trazer sucesso para a empresa. Quando um colaborador se sente engajado em seu local de trabalho, ele pode realizar além dos seus deveres normais. Há um aumento significativo em sua produtividade e, consequentemente, nos lucros da organização.

O empenho de colaboradores é um dos maiores desejos de toda empresa. Para alcançar isso, é preciso investir no engajamento dos mesmos. Criar ambientes de colaboração, promover comunicação horizontal entre gestores e equipes de trabalho… Tudo isso resultará em maior produtividade, lucro e retenção de talentos dentro da empresa.


E aí, entendeu as diferenças entre um funcionário satisfeito e um engajado? Ficou com alguma dúvida sobre o assunto? Comente e participe para que possamos melhorar, cada vez mais, os conteúdos do Abertura Simples.

Postagens Recentes

Deixe uma resposta

foto de um homem frustrado com vários papeis amassados em volta, representando o bloqueio criativofoto de um homem dando a mão para cumprimentar, representando as dicas para contratar colaboradores