Gestão de conflitos: Descubra qual a sua importância e por que a sua empresa deve adota-la!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Você sabe o que é gestão de conflitos? Então continue lendo para descobrir:

Trabalhar em um ambiente harmônico é o sonho de todos, certo? Mas, quando muitas pessoas trabalham juntas é normal que haja algumas divergências. É natural de nossos modelos culturais nutrirmos interesses diferentes sobre diferentes coisas. Em uma empresa que busca por excelência, produtividade, inovação e ambientes livres de stress, os conflitos são inimigos poderosos e não podem evoluir de forma alguma. Continue lendo para saber mais:

GESTÃO DE CONFLITOS: SAIBA POR QUE VOCÊ DEVE ADOTA-LA NA SUA EMPRESA!

O QUE É GESTÃO DE CONFLITOS? 

Gestão de conflitos é o segmento de uma organização responsável pela administração de conflitos entre indivíduos, grupos e organizações presentes dentro de uma empresa, tal como conflitos entre uma organização e outra. O modo como o setor de gestão pode alcançar bons resultados é através de técnicas específicas e processo práticos desde o momento de identificação da natureza dos conflitos e de seus estágios.

3 EXEMPLOS DE CONFLITOS ORGANIZACIONAIS

Ambiente de trabalho hostil

Este exemplo é, sem dúvidas, um dos mais presentes dentro das empresas. A rivalidade e hostilidade presentes no ambiente de trabalho influenciam não só os resultados e as atividades executadas como também, passa a ser uma corrente negativa que podem impactar outros trabalhadores.

Vamos imaginar: se um colaborador possui algumas desavenças com o seu supervisor por algum motivo, a tendência é que ele influencie mais colegas a terem o mesmo comportamento e não o contrário.

Desmotivação

Outro grande problema muito comum nas organizações é a desmotivação e uma das mais preocupantes. Quando um profissional é contaminado pela desmotivação, ele começa a deixar de fazer com excelência os seus serviços, chega atrasado, falta no serviço e todas essas reações podem também, afetar outros colaboradores.

Resultados insatisfatórios

Os resultados insatisfatórios podem ser derivados da desmotivação, já que ele representa os números ruins que a empresa apresenta em determinado mês. Esse problema pode ser originado também de outros fatores, mas a grande questão é: se a empresa não está desempenhando bons resultados, é preciso identificar de onde estão vindo.

AS PRINCIPAIS CAUSAS DOS CONFLITOS CORPORATIVOS 

De acordo com a pesquisa da Universidade de Harvard, 70% dos problemas que ocorrem na empresa têm com a comunicação, direta ou indiretamente. Apesar de haver divergências, elas podem servir para desenvolver as atividades da empresa, fortalecer a equipe e auxiliar o crescimento profissional, desde que a gestão de conflitos nas organizações seja feita da forma correta.

Imagem de alguns colaboradores que estão brigando para remeter a gestão de conflitos organizacionais

COMO APLICAR A GESTÃO DE CONFLITOS

Elimine as falhas de comunicação

A comunicação é importante em qualquer momento da vida e, em um conflito, ela é mais que fundamental. Neste caso, a linguagem precisa ser bastante clara e objetiva, evitando ambiguidades que podem aumentar as divergências.

É essencial cultivar a comunicação entre todos. A falha na comunicação pode comprometer tanto o trabalho como os objetivos do negócio, além de prejudicar a relação entre os colaboradores e gestores.

Para que este tipo de coisa não aconteça, a gestão de conflitos preza para que os colaboradores registrem as informações relevantes através de e-mails; mantenha atas das reuniões, agende reuniões para esclarecer dúvidas, metas, entre outros.

Disposição

Muitos gestores esquecem que um dos pontos principais da gestão é saber ouvir — e esse também é um elemento fundamental da gestão de conflitos. O gestor não consegue acompanhar todos os detalhes que ocorrem ao longo do processo de produção. Ouvindo os colaboradores, é possível compreender os detalhes e tomar uma decisão mais assertiva.

Dissemine a importância da empatia

O gestor é a primeira pessoa que deve demonstrar sua empatia para incentivar esse posicionamento. Quando perceber que um colega está reclamando do outro, mostre a ele através da empatia que a situação na prática pode ser diferente daquilo que ele imagina.

Compreenda o conflito a fundo para resolvê-lo

Quando perceber a existência de um conflito, entenda qual a sua origem e escute as partes envolvidas. Entenda o lado de todos para que não fique um sentimento residual de injustiça. Conhecendo os estágios da situação, será muito mais fácil pensar em uma solução e resolver completamente aquilo que atrapalhou o clima da equipe.

Dê feedback

Tanto os colaboradores, quanto os gestores precisam dar e receber feedback. Ele não necessariamente precisa ser positivo, já que ele serve para que o indivíduo possa refletir sobre a sua postura. Entretanto, ele deve ser sempre individual e construtivo.

Negociação

Para gerir bem um conflito, é preciso adotar a postura de negociação. As atitudes e os comportamentos devem sempre ser direcionados para a política do ganha-ganha, ou seja, as discussões devem ser direcionadas para o encontro de uma solução em que todas as partes saiam ganhando.

Uma boa gestão de conflitos deve:

  •  Criar uma atmosfera efetiva;
  • Esclarecer as percepções;
  • Focalizar em necessidades individuais e compartilhadas;
  • Construir um poder positivo compartilhado;
  • Olhar para o futuro e aprender com o passado;
  • Gerar opções;
  • Desenvolver degraus para a ação;
  • Estabelecer acordos de benefícios mútuos.

E aí, está pronto para aplicar a gestão de conflitos dentro da sua empresa? Encarar os conflitos apenas como um problema é um equívoco. Há diversas lições positivas que podem ser tiradas de um momento de tensão, otimizando o nível de maturidade do negócio e dos profissionais que nele atuam.

Tem alguma experiência e quer compartilhar conosco? Comente e participe para que possamos melhorar, cada vez mais, os conteúdos do Abertura Simples.

Escrito por

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Manual para Abrir Empresa

Faça como mais de 40 mil empreendedores. Baixe agora mesmo o Manual Completo Para Começar Seu Próprio Negócio.

No comment yet, add your voice below!


Faça um Comentário