Saiba como fazer a gestão de férias dos colaboradores da sua empresa corretamente!

 em Gestão e Produtividade

Quer saber como fazer a gestão de férias dos colaboradores da sua empresa? Continue lendo para saber mais:

Existem atividades extremamente importantes no dia a dia de um empreendimento. Entre elas está as férias, direito dado aos funcionários de uma empresa depois de um certo período de tempo trabalhado. E, saber fazer a gestão de férias dos colaboradores é essencial para que não haja nenhum problema legal com eles. Quando o gestor não realiza um planejamento, a empresa sofre por sérios prejuízos, a começar pelo aumento do nível de estresse do time, seguido pela diminuição de produtividade e por fim, a perda de lucros financeiros.

Para evitar que situações como essa aconteçam eu seu empreendimento, nós do Abertura Simples preparamos este material com algumas dicas de sucesso para a sua empresa, confira!

CONFIRA COMO FAZER A GESTÃO DE FÉRIAS DOS COLABORADORES DA SUA EMPRESA!

Por que é importante fazer a gestão de férias dos colaboradores?

É preciso que o empreendedor, junto com o departamento de RH da sua empresa, realizem um bom planejamento no início de cada ano para que se tenha um controle de todo mundo que ficara fora da empresa em determinados meses. A gestão de férias dos colaboradores precisa ser feita de acordo com o tempo de trabalho de cada funcionário e deve levar em conta também, quais são os períodos em que o empreendimento necessita da equipe completa e as despesas que terá ao colocar um colaborador de férias.

O que a lei referente a féria diz?

De acordo com o artigo 129 da CLT, todo empregado tem direito a um período de férias anualmente, sem que haja prejuízos em sua remuneração. Após cada período de 12 meses de vigência de seu contrato de trabalho, ele terá direito a férias de 30 dias, mas esse período pode ser reduzido de forma proporcional, conforme o número de faltas injustificadas no período aquisitivo.

As férias são sempre um período muito esperado por todos os funcionários e é um assunto sério. Por isso, é muito importante que o empreendedor saiba todas as questões que envolvem esse assunto para que nenhum contratempo aconteça e transforme em pesadelo todos os momentos que foram planejados anteriormente.

Gestão de férias dos colaboradores – Quais os direitos e leis a serem seguidas:

Como já dito anteriormente, o primeiro passo para realizar a gestão de férias dos colaboradores de maneira correta, é necessário realizar o planejamento e conhecer muito bem todas as legislações relacionadas às férias. As convenções coletivas podem estabelecer algumas diferenças que irão depender do setor de atuação da organização. Portanto, é importante saber que não há meios universais de se padronizar as férias de todos os colaboradores.

Período concessivo

De acordo com o artigo 134 da CLT, as férias são concedidas pelo empregador a cada período de 12 meses subsequentes à data em que o colaborador foi contratado. Em casos de acordo entre as partes, o período de descanso pode ser concedido em 3 períodos, dos quais um não pode ser inferior a 14 dias, e os demais não podem ser inferiores a cinco dias cada um, conforme as novas regras da reforma trabalhista.

Aviso de férias

Conforme o artigo 135 da CLT, a concessão de férias deve ser oficialmente apresentada ao beneficiado com antecedência de, no mínimo, 30 dias – o qual deverá assinar e dar um recibo.

Férias vencidas: pagamento em dobro

Esse é um ponto que exige muita atenção por parte dos envolvidos, pois de acordo com o artigo 137 da CLT, sempre que as férias dos colaboradores forem concedidas após o prazo tratado no artigo 134, ou seja, após o período de 12 meses, o empregador deverá arcar com o atraso e pagar o dobro da respectiva remuneração.

Férias coletivas

As férias coletivas podem ser concedidas a todos os funcionários ou a um determinado departamento da empresa de acordo com o artigo 139 da CLT. As férias poderão ser utilizadas em três períodos anuais desde que um deles não seja inferior a 14 dias, e os demais não sejam inferiores a cinco dias cada um.

Abono de férias

Conforme o artigo da CLT, é facultativo para o empregado converter ⅓ do período de férias a que tiver direito em abono pecuniário, no valor da remuneração que lhe seria devida nos dias correspondentes.

Pagamento das férias

Outro ponto muito importante na gestão de férias é realizar o pagamento no período e de forma correta. Conforme o artigo 145 da CLT, o pagamento da remuneração das férias e, se decidido pelo funcionário, o do abono pecuniário, serão efetuados até dois duas antes do início do respectivo período de descanso.

Imagem de um personagem metade empreendedor, metade de férias para remeter ao texto que fala sobre como fazer a gestão de férias dos colaboradores

Dicas: como fazer a gestão de férias dos colaboradores da minha empresa?

Reconheça a situação da empresa

Você deve estar se perguntando: como assim reconhecer a situação da empresa? Existem empresas sazonais, ou seja, que aumentam sua produção em determinadas épocas do ano e, por este motivo, haverá períodos em que os colaboradores não poderão se ausentar se trazer mais complexidade para os negócios.

Prepare os demais colaboradores

Para que as demais tarefas internas não sejam prejudicadas pela ausência de um membro da equipe, é essencial que um substituto seja treinado para assumir as funções dele.

Esclareça a política interna de férias

Construir uma política interna é importante para uma boa gestão de férias dos colaboradores. Neste documento, podem ser estipuladas algumas regras que visem o bem-estar coletivo e que, além disso, una os interesses da organização com os dos colaboradores.

Define prazos

Para que o calendário de férias seja confeccionado o mais depressa possível, a organização estipulará um prazo para que todos os funcionários apresentem os seus pedidos de ausência para o ano. Após receber essas informações, os gestores se reunirão para analisar as solicitações e verificar o impacto delas no processo produtivo do negócio.

Utilize a tecnologia ao seu favor

Para facilitar ainda mais a gestão de férias dos colaboradores, considere a hipótese de adotar ferramentas virtuais, onde os gestores conseguiram visualizar o calendário de férias da equipe interna, mantendo o sucesso da organização neste quesito.


E aí, está preparado para fazer uma boa gestão de férias dos colaboradores da sua empresa? Este é um período muito aguardado por todos os membros da equipe e por isso, é um assunto delicado e que precisa de muita atenção por parte dos empreendedores e gestores de uma empresa.

Ficou com alguma dúvida sobre o assunto? Comente e participe para que possamos melhorar, cada vez mais, os conteúdos do Abertura Simples.

Postagens Recentes

Deixe uma resposta

Imagem de um empreendedor representando a cultura de crescimento da empresaconduzir a entrevista de emprego para a sua empresa