fbpx

4 indicadores de produtividade que podem ajudar muito sua empresa e seus benefícios

 em Gestão e Produtividade

Conheça quatro indicadores de produtividade que podem ajudar muito sua empresa!

Os indicadores de produtividade, também conhecidos como indicadores de desempenho ou KPIs (Key Performance Indicator), não se referem apenas à quantidade de resultado que uma empresa apresenta, mas também à qualidade de seu serviço ou produto. Nesse caso, é preciso que estejam alinhados com os objetivos da organização.
Eles são a chave para medir e, consequentemente, melhorar o seu desempenho nos negócios. Por isso, apresentamos a seguir alguns indicadores de produtividade que podem fazer toda a diferença em qualquer negócio! Continue lendo:

Rotatividade de funcionários

Esse indicador de produtividade não recebe muita atenção por parte dos empreendedores, mas ele reflete diretamente na empresa. Você já analisou quantos colaboradores são contratados e demitidos na sua empresa? Cada profissional que sai leva junto seu tempo de experiência e conhecimentos.
Áreas com muita rotatividade tendem a gerar mais custo, especialmente em pequenas empresas. Quanto menor a rotatividade, maiores as chances de a equipe ter mais tempo para se conhecer e trabalhar melhor junta. Resumindo, todos ganham se você não precisar demitir funcionários frequentemente.

Ticket Médio

Esse é um dos principais indicadores de produtividade, principalmente para determinar se seu serviço/produto está dando lucro ou prejuíxo.
Quando falamos em “ticket”, significa quanto seu cliente gastou em uma compra ou contratação. O valor que costuma sair na maioria desses pedidos ou serviços prestados é o “médio”. Basicamente, representa a média que você ganha por cliente atendido.
Vamos supor que seu ticker médio seja de R$100. Esse valor pode parecer bom, mas se você analisar que o custo de todo o serviço prestado, atendimento e publicidade seja esse mesmo valor, então seu prejuízo está sendo enorme! É hora de aumentar seu ticket médio.

Número de reclamações

Esse indicador serve para identificar a insatisfação dos clientes com seu produto/serviço. Pode ser um indicador temido, mas jamais deve ser ignorado, pois podem servir para que você melhore algo no seu negócio que esteja errado.
Muitas pessoas tendem a ignorar e abafar as criticas, e elas realmente são comuns no começo do negócio. Mas é importante ouvir os clientes e aprender com eles. Com o tempo, será possível fazer uma análise melhor das criticas e ter bons resultados para contornar os problemas.

Taxa de vendas bem-sucedidas

Já falamos sobre os clientes que compraram, mas esse leva em conta também aqueles que não chegaram a fechar negócio. Basicamente, deve-se fazer uma proporção entre pessoas atendidas e clientes adquiridos.
Se sua taxa for de 10%, por exemplo, significa que de cada 10 contatos, apenas 1 está lhe trazendo dinheiro. Dependendo do custo de operação, isso pode ser um grande problema e trazer prejuízos enormes.

Benefícios de adotar indicadores de produtividade

Trabalhar com esses indicadores permite ir além de apenas controlar o que acontece na empresa. Também é uma forma de otimizar os processos para atingir os objetivos estratégicos.
Assim, é possível obter informações mais precisas e mensuráveis sobre cada etada do processo, permitindo que as tomadas de decisão sejam mais acertadas. Pode-se também obter mais eficiência e eficácia, elevando a qualidade dos resultados finais e estabelecendo padrões maiores, de acordo com as expectativas dos clientes.


Gostou desses indicadores de produtividade? Já está usando algum deles na sua empresa? Comente e participe para que possamos melhorar, cada vez mais, os conteúdos do Abertura Simples.

Postagens Recentes

Deixe uma resposta

Desenho de uma mulher arremessando origamis de papel enquanto fala no telefone, representando os hábitos que podem destruir sua produtividadeFoto de uma vendedora apresentando um vestido para uma cliente, representando o perfil de clientes