Pesquisa da CNI aponta que o índice de confiança dos empresários subiu no mês de agosto. Confira!

O ICEI (Índice de Confiança do Empresário Industrial) excedeu os 50 pontos e atingiu o patamar de confiança dos empresários no mês de agosto, segundo informações divulgadas nesta segunda-feira (20), pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).

INDICADOR DE CONFIANÇA DOS EMPRESÁRIOS (ICEI) SUBIU, MAS AINDA É INFERIOR AO REGISTRADO EM MAIO DE 2018. SAIBA MAIS!

O indicador subiu 3,1 pontos em relação a julho e alcançou 53,3 pontos neste mês. Leituras abaixo de 50 pontos significam falta de confiança dos empresários para investir. A confiança é maior nas grandes empresas, em que o indicador alcançou 54,4 pontos. Nas pequenas, o índice ficou entre 51,2 e nas médias, em 53 pontos. Mesmo assim, o ICEI está abaixo da média histórica, que é de 54,1 pontos e dos 55,5 pontos registrados em maio, antes da paralisação dos caminhoneiros, há alguns meses atrás.

Com isso, continua a apontar otimismo dos empresários em relação ao desempenho da economia nos próximos seis meses. O Índice de Condições Atuais subiu 43,6 pontos em julho para 47,2 pontos em agosto. O índice supera o registrado nos últimos dois meses, mas ainda é inferior ao registrado em maio de 2018, antes da paralisação dos serviços de transporte rodoviário, ocorrida no final daquele mês.

Como expectativa, de acordo com alguns levantamentos, o aumento da confiança em agosto é resultado, principalmente, da percepção sobre as condições futuras da empresa e da economia. O índice de expectativas subiu de 53,5 pontos em julho para 56,3 pontos em agosto.

A melhora geral do ICEI se deve tanto às condições correntes dos negócios menos negativa, quanto às perspectivas para os próximos seis meses, mais otimistas. O empresário ainda percebe piora nas condições correntes de seus negócios. O índice de Expectativas da Economia Brasileira cresceu 3,9 pontos e foi a 56,3 pontos em agosto. Em particular, o índice de Expectativas da Economia Brasileira cresceu 3,9 pontos, para 50,9 pontos. Com isso, o otimismo do empresário em relação à econômica brasileira é como um todo.

A pesquisa foi feita entre 1° e 13 de agosto com 2.838 empresas, das quais 1.126 são pequenas, 1.061 são médias e 651 são de grande porte.

Mas afinal, o que é o ICEI?

O Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) é um indicador antecedente utilizado para identificar mudanças na tendência da produção industrial. O ICEI auxilia na previsão do produto industrial e, por conseguinte, do PIB brasileiro, visto que empresários confiantes tendem a aumentar o investimento e a produção para atender o esperado crescimento na demanda.

O ICEI é composto por perguntas levantadas na Sondagem Industrial, que pesquisa as empresas das indústrias de transformação e extrativa, e na Sondagem Industrial da Construção, que pesquisa as empresas da construção. As atividades econômicas utilizadas pela Sondagem Industrial foram construídas com base na Classificação Nacional de Atividades Econômicas. A tabela do anexo A apresenta a correspondência dos setores investigados na Sondagem Industrial.


E aí, você sabia sobre o Índice de Confiança dos Empresários? A atividade industrial vem se normalizando e além disso, estamos entrando em um período do ano no qual é usual termos maiores atividade econômica. Comente e participe para que possamos melhorar, cada vez mais, os conteúdos do Abertura Simples.

Fonte: G1

Escrito por

Gostou? Compartilhe!

Manual para Abrir Empresa

Faça como mais de 40 mil empreendedores. Baixe agora mesmo o Manual Completo Para Começar Seu Próprio Negócio.

No comment yet, add your voice below!


Deixe uma resposta