Tudo o que você precisa saber sobre microcrédito está aqui!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

O Programa Nacional de Microcrédito Produtivo Orientado (PNMPO) é voltado para pessoas físicas ou jurídicas, destinada ao estímulo de atividades produtivas de pequeno porte. Quer saber mais sobre o assunto? Continue lendo!

MICROCRÉDITO PARA EMPREENDEDORES – TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER!

O que é o Microcrédito?

O Programa Nacional de Microcrédito Produtivo Orientado (PNMPO) foi instituído pela Lei° 11.110, de 25 de abril de 2005, e tem os seguintes objetivos gerais:

  • Incentivar a geração de trabalho e renda entre os microempreendedores populares;
  • Disponibilizar recursos para o microcrédito produtivo e orientado;
  • Oferecer apoio técnico às instituições de microcrédito produtivo orientado, com vistas ao fortalecimento institucional destas para a prestação de serviços aos empreendedores populares.

Como dito acima, ele é destinado a microempreendedores populares, formais e informais, com intuito de gerar trabalho e renda. Utiliza metodologia baseada no relacionamento direto com o empreendedor, por meio de um agente de crédito de uma instituição de microcrédito habilitada ao PNMPO. Esse agente de crédito faz um levantamento socioeconômico junto ao microempreendedor avaliando assim, o potencial do negócio, bem como a necessidade do valor do financiamento e a capacidade de pagamento do tomador de crédito.

VANTAGENS 

  • Menor burocracia na liberação do crédito;
  • As taxas de juros são menores;
  • Possibilidade de expandir o empreendimento;
  • Aumento da rentabilidade da própria empresa;
  • Facilidade de pequenos empreendedores conseguirem capital para investirem em seus negócios.

DESVANTAGENS

  • Não são todos os bancos que oferecem essa linha de crédito;
  • O valor oferecido é pequeno comparado com as outras linhas de créditos tradicionais;

REQUISITOS

Os requisitos de concessão do microcrédito variam de acordo com o banco ou financeira escolhida para fazer a solicitação do empréstimo. Entretanto, há alguns requisitos básicos que são estabelecidos na maioria das instituições financeiras. Logo abaixo, citamos os requisitos mais comuns:

  • Ser maior de 18 anos ou emancipado legalmente;
  • Ser pessoa jurídica, microempresário individual, empreendedor informal, preenchendo as condições estabelecidas;
  • Ser aprovado na análise socioeconômica de suas condições financeiras, bem como da situação de seu empreendimento;
  • O valor liberado de empréstimo depende da capacidade de pagamento, porte do negócio e necessidade do cliente;

Imagem de duas pessoas fechando um contrato de microcrédito

COMO CONSEGUIR UM MICROCRÉDITO?

É importante primeiro verificar se você preenche os requisitos para solicitar um microcrédito. Depois disso, é recomendado que você analise a necessidade de pedir esse tipo de empréstimo no banco. Ele é um empréstimo destinado para aprimorar o seu negócio, portanto o banco vai pedir mais esclarecimentos sobre o seu planejamento e os benefícios para o seu negócio.

Os bancos mais populares em oferecer este tipo de empréstimo é a Caixa Econômica, Santander e Banco do Brasil. Compare as condições e peculiaridades de cada banco, e escolha o mais adequado para o seu orçamento e necessidade. A partir disso, entre em contato com o banco para solicitar o empréstimo para fazer a solicitação, enviar os documentos necessários e esperar a liberação do crédito.

É importante lembrar que: sua finalidade é facilitar o crescimento do seu empreendimento. Em outras palavras, o empréstimo oferecido não pode ser utilizado em nenhuma hipótese para fins diversos. Caso o seu objetivo seja utilizar o dinheiro com você, o empréstimo pessoal é o mais aconselhável.

MUDANÇAS PARA A CONCESSÃO DO MICROCRÉDITO

De acordo com o Banco Central, o objetivo é simplificar os requisitos técnicos para a concessão de microcrédito e ampliar o uso de tecnologias de informação e comunicação no PNMPO.

A consulta pública, conforme a instituição, terá duração aproximada de 30 dias. As mudanças propostas no edital de consulta pública buscam adequar o programa às mudanças promovidas pela Lei n°13.636, de 2018, que tratou do PNMPO.

As propostas preveem:

  • Atualização de R$120 mil para R$200 mil de renda bruta anual do público alvo;
  • Aumento do valor máximo da operação de R$15 mil para R$21 mil;
  • Atualização do limite máximo para o saldo devedor do cliente do microcrédito, de R$40 mil para R$90 mil;
  • Exclusão das operações de microcrédito voltadas para financiamento do consumo do escopo do PNMPO;
  • Flexibilidade da metodologia específica do microcrédito, com a previsão da possibilidade de acompanhamento do tomador de forma não presencial;
  • Simplificação da tipificação das entidades autorizadas a operar no PNMPO, incluindo as fintches de crédito e os agentes de crédito constituídos como pessoas jurídicas;
  • Previsão da possibilidade de recepção e de encaminhamento de proposta de cartão pré-pago por entidades subcontratadas por instituições financeiras.

E aí, você já conhecia o microcrédito? Já teve alguma experiência com essa linha de crédito e quer compartilhar conosco? Comente e participe para que possamos melhorar, cada vez mais, os conteúdos do Abertura Simples.

Escrito por

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Manual para Abrir Empresa

Faça como mais de 40 mil empreendedores. Baixe agora mesmo o Manual Completo Para Começar Seu Próprio Negócio.

1 Comment


Faça um Comentário