fbpx

5 mulheres empreendedoras de sucesso

 em Empreendedorismo

Confira cinco mulheres empreendedoras que servem de exemplo para qualquer um que deseja ter um negócio

As mulheres representam, em dados, 49% dos empreendedores iniciais do Brasil, segundo o Global Entrepreneurship Monitor (GEM 2015). E esse número só tende a crescer: cada vez, mais mulheres apostam em ter seu próprio negócio, enfrentando todas as dificuldades que possam encontrar para conquistar mercados predominantemente masculinos.
Decidimos contar a história de cinco empreendedoras que tocam grandes empresas e servem de inspiração para qualquer pessoa que deseja se aventurar no mundo dos negócios. Poderíamos citar inúmeras nessa lista, porém resolvemos selecionar 5 mulheres empreendedoras que são exemplo de sucesso no mundo dos negócios! Continue lendo:

Mulheres empreendedoras de sucesso

Ana Fontes – Rede Mulher Empreendedora

Trabalhando há 17 anos como executiva em uma grande empresa, Ana Fontes se viu infeliz com a própria carreira. Ela decidiu tomar um risco que pode ser considerado um exemplo inspirador para profissionais que desejam se realocar no mercado. Ela pediu demissão do emprego e decidiu empreender.
Foram muitas as dificuldade enfrentadas, e foi então que ela decidiu lançar a Rede Mulher Empreendedora. O espaço surgiu quando Ana percebeu que, assim como ela, muitas mulheres ainda possuíam medos e dúvidas sobre o empreendedorismo.
A rede online oferece dicas, fóruns, notícias e informações relacionadas ao empreendedorismo feminino. Nela, diversas mulheres empreendedoras se apoiam e trocam informações acerca de suas caminhadas. Hoje, conta com mais de 36 mil pessoas cadastradas no site.

Luiza Helena Trajano – Magazine Luiza

Luiza Helena Trajano é a responsável por traz de uma das maiores redes de varejo do país, o Magazine Luiza. O negócio se iniciou pelos tios com uma pequena loja no interior de São Paulo que levava o nome de A Cristaleira. Porém, em 1990, quando a empreendedora assumiu a liderança, se transformou e expandiu o negócio da família por quase todo o país.
Com 12 anos, Luiza já trabalhava como vendedora. Somando seus valores como honestidade, generozidade e aprendizado constante, se tornou a presidente de um grupo com mais de 700 lojas espalhadas por 16 estados brasileiros. Não por acaso, hoje ela é uma referência no mundo dos negócios e já ocupou o top 3 das empreendedoras mais poderosas do Brasil em uma lista da revista Forbes.
Além disso, Luiza ainda é defensora convicta de que as mulheres empreendedoras merecem mais espaço em posições de comando. Ela defende a ideia de que é necessário combater a desigualdade entre gêneros no mundo dos negócios.

Zica Assis – Beleza Natural

Uma das mulheres de negócios mais poderosas do Brasil começou a trabalhar como babá as 9 anos, e depois como faxineira. Aos 21 anos, Heloíza (Zica) Assis decidiu fazer um curso de cabeleireira e ingressou na área de salões de beleza.
Nos seus próprios cabelos cacheados, Zica encontrou uma ideia para empreender, logo que os produtos no mercado não eram apropriados para os fios. A empreendedora começou a criar e testar fórmulas de produtos, até encontrar a ideal para tratar os cachos super rebeldes.
No entanto, o sucesso foi tanto que Zica resolveu abrir um negócio próprio especializado em cabelos ondulados, cacheados e crespos. O nicho era pouco explorado, e logo o primeiro salão começou a formar filas de clientes que buscavam realçar a beleza dos cachos. Logo o negócio começava a expandir e, atualmente, o Instituto Beleza Natural possui mais de 100 salões de beleza por todo o território nacional.

Sônia Hess – Dudalina

No interior de Santa Catarina, seu Duda e dona Adelina mantinham uma loja de secos e molhados para dar sustento aos 16 filhos. Em uma das idas a São Paulo, Seu Duda comprou mais decido do que o necessário, e o espírito empreendedor de Dona Lina assumiu o controle.
Ela desmanchou uma camisa, aprendeu como era feita e, junto à outras duas costureiras, produziram três peças que venderam rapidamente. Da situação, Dona Lina encontrou uma oportunidade de negócio e criou a Dudalina, uma das maiores marcas de camiseta da América Latina.
Antes de chegar à presidência, Sônia trabalhou na empresa da família por 19 anos. Pouco mais de dois anos depois de ocupar a presidência, a empreendedora aumentou o faturamento em 50%. Hoje, a empresa fabrica também para grandes clientes, como a Levi’s, Daslu e Zara.

Chieko Aoki – Blue Tree Hotels

Atuando na área de hotelaria desde a década de 1980, Chieko Aoki ocupava, inicialmente, o cargo de diretora de marketing e vendas em uma rede de hotéis de luxo. Dentro da empresa, ela aprendeu muito e construir sua carreira até chegar à presidência da rede.
Até que em 1997, ela resolveu montar o próprio empreendimento utilizando todo o seu conhecimento acumulando ao longo dos anos. Com isso, ela fundou a rede Blue Tree Hotels, que conta com +20 unidades espalhadas por diversos estados brasileiros.
A empresária é apontada como uma das mais poderosas, chegando a ocupar o segundo lugar do ranking da Forbes (2013). Ela é atuante no mundo do empreendedorismo, e faz parte do LIDE (Grupo de Líderes Empresariais), LIDE Mulher, além do Conselho de Empresários da América Latina (CEAL) e também da Academia Brasileira de Marketing.


E aí, gostou dessas mulheres empreendedoras que são exemplo de sucesso? Conhece outras que poderiam entrar nessa lista? Comente e participe para que possamos melhorar, cada vez mais, os conteúdos do Abertura Simples.

Postagens Recentes
Comentários
pingbacks / trackbacks
  • […] tempo que elas têm papéis importantes e vêm sendo protagonistas de grandes empreendimentos. Exemplos não faltam, e se você também busca o sucesso, selecionamos algumas dicas que podem te ajudar! Continue […]

Deixe uma resposta

Foto de Victor Gioannotti, para o vídeo Empreendedorismo no cinema