fbpx

6 tecnologias inovadoras para PMEs que prometem transformar os negócios

 em Marketing e Inovação

Você está por dentro das novas tecnologias para PMEs? Não importa se você abriu sua empresa há 20 anos ou ano passado, o mundo está se modernizando a cada dia. O futuro é agora, e as novas tecnologias que vão adentrando podem fazer muito pelas pequenas e médias empresas.
É importante que todo empreendedor fique atento as mudanças tecnológicas para não ser deixado para trás diante a concorrência, logo que elas influenciam diretamente nos modelos de negócio e de trabalho.
Se você é empreendedor, não pode deixar de conhecer as principais tendências em tecnologias para PMEs que prometem mudar e ampliar a produtividade (e competitividade) dos negócios!

6 tecnologias para PMEs inovadoras:

Inteligência artificial

A inteligência artificial e coletiva é mais uma das tecnologias para PMEs e empreendedores ficarem atentos. Essa tendência já começou a ser comentada, porém ainda de forma bem experimental.
A AI é muito associada ao Big Data, pois surge como uma solução para o enorme acumulo de dados gerados por diferentes dispositivos e fontes que conectam o mundo atual. Essa riqueza de dados existe na tentativa de ajudar empresas a entenderem o comportamento e necessidades dos consumidores.
A principal recomendação é que os pequenos e médios empreendedores juntem forças e dividam, por exemplo, o computer power e os dados com outras companhias de forma sistemática e estruturada. Assim, todos podem se beneficiar dessa colaboração com uma base de informações mais completa sobre o consumidor e sobre o mercado.

Dinheiro virtual

Hoje em dia, a forma como as pessoas utilizam o dinheiro e fazem transferências já mudou drasticamente. Já existem diversos aplicativos que permitem a realização de pagamentos de forma rápida e fácil atrás de celulares, tablets e computadores.
Porém, os sistemas contábeis são menos integrados, impossibilitando muitas vezes que empresas realizem transições financeiras entre parceiros, fornecedores e bancos. A promessa é que surjam novas soluções para abrir as portas de pagamentos e transações para organizações.
Todos as partes serão beneficiadas pelos padrões de programação (API), desde as plataformas de comércio eletrônico, os bancos, fintechs e também os parceiros. Esses padrões poderão ser utilizados para a criação de novos serviços, e possibilitarão processos integrados e completamente automáticos de pagamentos e transações financeiras.

Drones

O uso dos drones, como são chamados os veículos aéreos não tripulados, tende a crescer cada vez mais, seja para o monitoramento de pragas ou para registro topográfico. Hoje em dia, essa tecnologia já faz parte do dia a dia das grandes empresas, mas o esperado é que, em breve, a redução de custos viabilize a sua adoção também para os pequenos e médios negócios.
As principais razões que levam as empresas a apostar nos robôs voadores para executar funções que antes eram realizadas por pessoas são a eficiência, precisão e a redução de custos.
Isso já vêm acontecendo a algum tempo no Brasil e traz à tona discussões éticas e morais sobre a substituição da mão de obra humana. Por isso, devido ao ingresso intensivo de drones e robôs, é esperado que o mercado de trabalho passe por uma transformação intensa nos próximos anos.

Computação em nuvem

Cada vez mais, empresas de pequeno e médio porte estão preferindo o sistema integrado de nuvem ao invés de softwares locais e autônomos. Esse sistema é realizado através de plataformas que armazenam as informações com acesso online.
Não podemos dizer que isso seja uma novidade, logo que, segundo pesquisas, 75% das empresas brasileiras já aderiram ao cloud computing. Mas a novidade é a perspectiva quanto ao uso dessa tecnologia nas empresas. A promessa é de maior segurança nos dados, mais recursos de inteligência artificial e integração simplificada entre ambientes públicos e privados.
O principal benefício dessas plataformas é o acesso facilitado a tecnologias e soluções inovadoras de softwares de gestão, o que para uma PME era financeiramente inviável há dez anos atrás. Percebe-se então que a nuvem está democratizando a forma como as pequenas e médias empresas utilizam sistemas modernos que antes era de acesso apenas para grandes corporações.

Chatbots

Outra tecnologia que está se tornando cada vez mais comum são os chatbots, ou agentes digitais. Essas interfaces autônomas servem para que os empresários façam a gestão de seus negócios nos mais diversos dispositivos.
A promessa é que essas plataformas revolucionem a forma como humanos e computadores trabalham e se relacionam. O teclado e o mouse se tornarão obsoletos, pois o sistema permitirá a interação por meio de gestos, movimentos das mãos, olhos e cabeça.
O novo modo de interação trará uma experiência para o usuário se tornará não apenas conveniente, mas também “divertida”, e os sistemas trabalharão de forma autônoma, com capacidade de autoaprendizagem e memorização. Em alguns casos, os softwares podem perguntar uma única vez sobre algo e utilizar essa informação para atividades futuras.

Internet das Coisas

Existe uma demanda muito grande por conectar todos os aparelhos que nos rodeiam, incorporados em máquinas, carros, celulares, e até mesmo seres humanos, no caso de monitoramento médico. A grande quantidade de dados gerada a partir desses sensores resulta em um verdadeiro tesouro de informações, consequentemente criando novos e diversos serviços.
A Internet das Coisas permite a interligação entre esse fluxo de dados, que pode ajudar no desenvolvimento de diversas PMEs. Por exemplo, companhias de logística terão a oportunidade de aprimorar suas frotas de caminhão utilizando dados de trânsito de diferentes fontes, incluindo informações sobre semáforos, ruas e outros veículos.


Todas as tecnologias para PMEs aqui citadas já estão disponíveis e espera-se que se tornem ainda mais acessíveis. Ao longo do ano, muitas outras irão surgir. Por isso é essencial que a empresa saiba aproveitar o potencial dessas tecnologias para buscar resultados mais efetivos e protegidos.
Sua empresa já utiliza alguma dessas tecnologias para PMEs? Comente e participe para ajudar a melhorar, cada vez mais, os artigos do Abertura Simples.

Postagens Recentes

Deixe uma resposta

Montagem com quatro quadros separando cada uma das letras de SWOTMontagem com o escrito: erros cometidos pelas empresas no facebook