Skip to content

Saiba como fazer um planejamento para abrir empresa

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

O planejamento para abrir empresa é um dos passos indispensáveis. Entenda como fazer o seu!

Você decidiu que deseja investir no seu próprio negócio, mas sabe que o Brasil conta com diversos processos burocráticos que podem dificultar o seu sonho? Saiba que você, de fato, está correto. Há muitos cuidados, além de burocráticos, que devem ser levados em consideração no planejamento para abrir empresa. Confira!

Análise e validação do mercado

Antes de qualquer investimento, o empreendedor precisa fazer uma análise e uma validação de mercado. É recomendado fazer um levantamento, conhecer a concorrência, encontrar nichos e observar as mudanças e projeções no ramo da sua empresa. Assim, o empreendedor poderá ter uma ideia se o seu negócio será realmente viável e se trará os resultados pretendidos, afinal é preciso que haja demanda por parte do público.

Tenha um plano de negócio

O plano de negócio será seu mapa do tesouro. O documento permite que o empreendedor tenha uma visão mais ampla sobre a empresa e o mercado no qual está inserida. Além do planejamento, o plano de negócios também detalha a questão financeira e os recursos humanos que você poderá contar para o desenvolvimento da empresa.

banner do ebook de plano de negócios

Escolha seu sócio com segurança

Apesar de não ser obrigatório, ao abrir empresa você pode decidir criar uma sociedade. Isso diminui a necessidade de grandes investimentos e dilui os riscos. Entretanto, fazer corretamente essa escolha é fundamental para o sucesso do empreendimento, errar nessa parte pode colocar tudo a perder.

Organize toda a documentação

O empreendedor precisará de diversos documentos para emitir o seu CNPJ. A falta de qualquer um deles poderá aumentar o prazo para a abertura do negócio. Por isso, selecione toda a documentação de forma adequada.

Basicamente, você precisará reunir: 1 cópia simples do comprovante de residência de cada um, 2 cópias autenticadas do RG e CPF de cada, e 1 cópia da folha espelho do IRPF, caso tenha comprovado no ano vigente. Já para a empresa em si, é preciso apresentar apenas 2 cópias simples do IPTU do Imóvel, e 2 cópias do Contrato de Locação ou Compra e Venda.

Enquadre adequadamente sua empresa

Outro cuidado fundamental é no momento de enquadrar sua empresa. Se você errar no enquadramento, terá problemas no momento de pagar os impostos. Esse fator representa o sistema jurídico no qual ela se enquadra e determina quais obrigações ela estará sujeita. Algumas opções são:

  • Empresário Individual: Uma única pessoa constitui a empresa, cujo nome empresarial deve ser composto por seu nome civil, completo ou abreviado. É a pessoa física titular da empresa, podendo constituir apenas uma em seu nome;
  • Empresa Individual de Responsabilidade Limitada (EIRELI): Empresa formada por somente uma pessoa, onde o capital pertence unicamente ao titular. Esse capital não pode ser inferior a 100 vezes o salário mínimo vigente. No EIRELI há separação jurídica entre os bens pessoais e os negócios do empreendedor. Além disso, o empreendedor responde na Justiça como empresa e não como pessoa física;
  • Sociedade Limitada: É aquela que reúne dois ou mais sócios a fim de explorar atividades de produção ou circulação de bens e serviços. Inclui-se toda empresa que contribui com moeda para formação de capital social e realização da constituição empresarial. A Sociedade Limitada também possui separação jurídica dos bens;
  • Sociedade Anônima: Todas as empresas que não atribuem seu capital social a um nome específico, mas sim divide em ações. Essas ações podem ser transacionadas livremente. Neste caso, não é necessário nenhum contrato social ou outro ato oficial como nas sociedades limitadas;
  • Sociedade Simples (SS): Exploram atividades de prestação de serviços decorrentes de atividades intelectuais e de cooperativa. Ou seja, os sócios não exercem nenhuma atividade voltada ao comércio, e sim desempenhar suas profissões. Exemplo: contadores, advogados, cooperativas e representações comerciais.

Escolha um bom contador

Abrir empresa é um processo que exige a contratação de um contador qualificado. Por isso, é essencial que o empreendedor saiba escolher um bom escritório. Alguns critérios para contratar um escritório são: verificar o atendimento, se a infraestrutura é adequada para atender os clientes, se existe um departamento específico para abertura de empresa e muito mais.

Se você chegou até aqui já sabe como fazer o planejamento para abrir empresa. No entanto, nossa recomendação é que você entenda como, de fato, contratar um bom contador para te ajudar no seu sonho. Leia nosso guia e entenda como o contador poderá te ajudar e saiba como escolher um adequado para te ajudar. 

Escrito por

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Manual para Abrir Empresa

Faça como mais de 40 mil empreendedores! Baixe agora mesmo o Manual Completo para Começar seu Próprio Negócio.

No comment yet, add your voice below!


Faça um Comentário