Saiba como fazer seu dinheiro render muito mais com a regra dos 50-15-35

Conheça a regra dos 50-15-35, e saiba como ela pode revolucionar as suas finanças!

Uma dúvida comum entre muitas pessoas é a organização e controle de suas finanças. Com tantas condomínio, aluguel, academia, cartão de crédito, outras contas para pagar, e ainda conseguir ter dinheiro para o lazer, se torna muito difícil manter o orçamento em equilíbrio.

Existe um método muito simples que vai mudar seu orçamento pessoal de vez, que é a regra dos 50-15-35. Ela oferece um controle sobre suas finanças sem que você precise comprometer seu orçamento. A ideia é separar seus gastos em três categorias e estabelecer uma parcela de sua renda líquida para cada uma delas. Entenda melhor sobre essa regra e faça seu dinheiro render mais:

50% – Gastos essenciais

Os gastos essenciais são as despesas que você realmente precisa para se manter no dia-a-dia. Por exemplo, alimentação, moradia, transporte, educação etc. Por isso, 50% da sua renda líquida deve ser destinada para passagem de ônibus, gasolina, escola, aluguel, conta de luz, gás, supermercado, entre outras despesas.

15% – Prioridades financeiras

Em seguida, é necessário reservar também uma quantia para suas prioridades financeiras, que podem ser tanto para se livrar de um endividamento, quanto poupar para conseguir alcançar objetivos de médio e longo prazo. Inclui-se o pagamento de dívidas, investimentos, contribuição para plano de previdência e mais.

35% – Estilo de vida

Com tudo isso garantido, você está livre para utilizar seu dinheiro com o que te dá prazer. Os gastos relacionados ao estilo de vida são todos aqueles que não são essenciais, mas são importantes para que você aproveite a vida e se divirta, ou seja, são relacionados a lazer, diversão, hobbies e afins. Nessa conta entram: viagens, bares e restaurantes, salão de beleza, compras e cuidados pessoais, etc.

Passos para aplicar a regra dos 50-15-35

O primeiro passo para aplicar a regra dos 50-15-35 é organizar suas contas. Se você ainda não possui uma planilha financeira, considere criar uma, onde você inclua o quanto você ganha por mês e também seus gastos fixos e despesas variáveis.

Separe suas contas nas três categorias previstas na regra e mantenha a planilha sempre atualizada, registrando todos seus ganhos e gastos. Ao listar isso, você pode analisar quanto está gastando a mais ou a menos em cada área e também fazer as devidas adequações para ficar dentro do limite.

Em seguida, é necessário ficar de olho para saber se você está conseguindo ficar dentro da meta estabelecida. E, se preciso, realizar alguns ajustes.

Tudo bem se você não tiver certeza exata sobre o valor dos seus gastos variáveis. No início será difícil saber quanto vai para combustível, supermercado, etc. Por isso é importante acompanhar de perto e anotar tudo que comprar e lembrar; junte notas de cartões e extratos bancários. Com o tempo, você conseguirá fazer uma média melhor desse tipo de despesas.


E aí, está pensando em incluir a regra dos 50-15-35 na sua rotina? Ficou com alguma dúvida? Comente e participe para que possamos melhorar, cada vez mais, os conteúdos do Abertura Simples.

Escrito por

Gostou? Compartilhe!

Manual para Abrir Empresa

Faça como mais de 40 mil empreendedores. Baixe agora mesmo o Manual Completo Para Começar Seu Próprio Negócio.

No comment yet, add your voice below!


Deixe uma resposta