Skip to content

Os setores mais promissores para empreender em 2020

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Pensando em abrir um negócio? Veja quais são os setores mais promissores para empreender em 2020.

Abrir uma empresa exige um estudo profundo do mercado. Afinal, o empreendedorismo a cegas pode ser um risco e ninguém quer investir e perder dinheiro. Diante disso, é interessante conhecer quais são os setores mais promissores para empreender em 2020. O consultor Haroldo Matsumoto listou ao G1 os setores que vão estar em alta este ano. Veja quais são:

Faça você mesmo

O consultor destacou que investir em negócios que permitem ao consumidor fazer algo sozinho é uma excelente ideia e que estará em alta este ano. Ele explica que com a economia em baixa, há uma queda na renda dos consumidores.

Isso faz com que muitos queiram começar a reduzir os custos e utilizar a mão de obra própria. Alguns exemplos de DYN são: modelos prontos de armários e cômodas, kits para fabricar sabonete e curso de reparação residencial com ferramentas básicas.

Negócios para o corpo e a mente

O especialista explica que negócios de corpo e mente podem estar em alta este ano, pois muitas pessoas estão atuando com uma jornada maior de trabalho.

A partir disso, é possível que os consumidores busquem alternativas para aliviar o estresse e alta competitividade do mercado. Alguns exemplos de negócio no setor são: meditação, esportes para alívio da tensão, terapias alternativas, como reiki, além de alimentação saudável.

Lugares para desligar a mente

Com o avanço das redes sociais, muitas pessoas acabam procurando por lugares para se desligar. Diante disso, investir em lugares que permitam um relaxamento pode ser uma boa ideia. Exemplos: restaurante, uma pousada, uma cafeteria ouo qualquer negócio que remeta a essa paz e tranquilidade.

Negócios colaborativos

A colaboração está em alta. Há uma tendência em reduzir os gastos com produtos caros e pouco utilizados. Desta forma, os empreendedores podem investir nesse setor e abrir negócios, como prestação de serviço de alguém de carro, ferramentas, roupas, utensílios domésticos.

Economia circular

A responsabilidade ambiental é um assunto em alta e que muitas pessoas estão despertando.  Os consumidores estão cada vez mais exigentes e criteriosos. Por isso, buscam empresas que atuam com responsabilidade ambiental. Por este motivo, a criação de negócios com esse foco ajuda outras empresas pode ser um sucesso.

Pontos de distribuição

Muitas empresas já não querem ter pontos de destruição em São Paulo. A cidade exige um alto investimento e altos recursos. Diante disso, as empresas buscam microrregiões de distribuição em outros estados e municípios.

Nesse sentido, surge uma oportunidade de mercado. O consultor recomenda que o empreender observe os comentários sobre os produtos nas redes sociais e procure produtos que ainda não se encontra no comércio local. “Tente ser o pioneiro na região”.

Como abrir empresa para empreender em 2020?

É hora de entender quais são os passos necessários para iniciar, de fato, a abertura do seu negócio. Abaixo listamos os processos para facilitar sua vida. 

#1 Procure um contador

Após reunir os documentos, é necessário encontrar um contador de confiança para que ele possa realizar a abertura da empresa, junto com os órgãos competentes. Lembrando que o contador será seu maior aliado para manter e organizar suas finanças, bem como para lidar com as burocracias. 

#2 Desenvolva um contrato social

Será necessário realizar um contrato social para definir a participação de cada um dos sócios, as atividades realizadas pela empresa, o nome etc.

#3 Vá até uma Junta Comercial 

Em seguida, você deverá ir até um cartório jurídico ou na junta comercial da cidade a para registrar sua empresa. É relevante destacar que, antes registrar o contrato, você deve verificar se o nome definido para a empresa está disponível. 

#4 Tire seu CNPJ 

Após o registro na Junta Comercial, você receberá um Número de Identificação do Registro de Empresa (NIRE). Ele será necessário para entrar no site da Receita Federal e tirar o CNPJ. No site, faça o download do Programa Básico de Entrada. Em seguida, realize a impressão, preencha e envie pelos correios para a Receita Federal ou leve pessoalmente. 

#5 Tire o alvará de funcionamento

Todo estabelecimento necessita de uma licença prévia do município para poder atuar. O alvará de funcionamento é um documento que autoriza a empresa de exercer suas atividades. Ele deve ser solicitado na prefeitura ou em outro órgão governamental municipal.

O empreendedor precisa se atentar a esse documento antes de qualquer locação ou compra de um imóvel para seu novo negócio. Isso porque é o alvará que declara, legalmente, que a empresa tem o direito de exercer atividades em determinados locais.

Abertura Simples: abra sua empresa com facilidade 

A Abertura Simples realiza todo esse processo para que sua empresa seja aberta de forma rápida, simples e segura, sem dores de cabeça. A equipe do portal está à disposição para atender a todos as etapas da abertura de empresa sem que você precise sair de casa.

A empresa também disponibiliza as funções de contabilidade, fiscal, recursos humanos e legalização, como alvará de funcionamento, CADAN, Anvisa, e muito mais. Entre em contato com um dos representantes, clicando no botão abaixo, e invista em um dos setores mais promissores para empreender em 2020.

Escrito por

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Manual para Abrir Empresa

Faça como mais de 40 mil empreendedores! Baixe agora mesmo o Manual Completo para Começar seu Próprio Negócio.

No comment yet, add your voice below!


Faça um Comentário