4 dicas para identificar se a sua ideia pode mesmo se transformar em um negócio

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Ter uma ideia é o passo inicial para qualquer empresa, já que tudo começa com um conceito de algo que será útil para o público ou que se tornará desejável de ser adquirido. Apesar disso, nem toda ideia pode se transformar em um negócio – ainda que ela pareça fantástica.

A identificação preliminar ajuda a planejar melhor os investimentos ou prevenir prejuízos no caso de ela não ser viável. Por isso, confira a seguir quatro dicas para fazer essa identificação da maneira correta.

Transformando uma ideia em negócio:

Avalie se o seu negócio é uma novidade

Para saber se a sua ideia pode se transformar em negócio é preciso começar pensando se ela é realmente inovadora. Por mais que você possa abrir um negócio em um modelo que já existe, a sua ideia só é realmente válida se ela for única ou, no mínimo, pouco explorada.

Essa avaliação é importante porque ao ser uma novidade o seu negócio dobra as chances de sucesso já que encara menos competição e também porque possui mais chances de se destacar no mercado inexplorado.

Conheça o mercado e encontre nichos

Falando em mercado, é importante conhecer profundamente o mercado para ter certeza de que existe demanda para sua ideia. Ela pode ser inovadora, mas nem sempre existe um público capaz de consumir o produto com frequência ou em grande quantidade.

Fazer pesquisas de mercado e encontrar nichos inexplorados ou pouco ocupados são formas de descobrir se a sua ideia pode se transformar em uma empresa.

Se há um público com um problema ou querendo um determinado produto, e sua ideia oferece a resposta para essas questões, então há chances de essa ideia ser uma boa oportunidade de negócio.

Pense em longo prazo

Também é importante pensar em longo prazo, identificando se o negócio terá chances no futuro ou se é algo passageiro.
Essa avaliação é importante porque você pode até ter um negócio efêmero e com prazo de validade mais curto, mas nesse caso você deverá saber que os investimentos precisarão ser maiores e muito mais assertivos – não há chance para erros porque não há tempo a perder.

Por isso considere fazer uma avaliação e um planejamento financeiro e de negócio em longo prazo. Sua ideia será relevante em um mês? Em um ano? Em cinco anos? Há prospecção de crescimento de interesse e de consumo? Responder todas essas perguntas irá ajudar a definir se o negócio tem futuro ou não.

Descubra se é um modelo rentável

Por fim, analise se o negócio é rentável, já que nem toda boa ideia agrega o valor que você realmente espera. Criar um modelo de negócio com itens baratos, mas que venda pouco, não será rentável para retornar o investimento. Também é preciso que você considere todos os custos envolvidos na estrutura, como a abertura da empresa, a contratação de uma contabilidade e os investimentos que serão necessários. Se a sua ideia não for capaz de cobrir esses custos e gerar lucro, então ela não é rentável.
Nem toda ideia se concretiza e por isso é importante levar em consideração fatores como inovação, potencial, futuro e rentabilidade. Se concluir que a ideia é boa, conte com uma boa contabilidade para superar os desafios e burocracias.


Tem alguma outra dica para identificar se uma ideia pode se transformar em um negócio? Conte nos comentários e não deixe de debater o assunto.

Escrito por

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Manual para Abrir Empresa

Faça como mais de 40 mil empreendedores. Baixe agora mesmo o Manual Completo Para Começar Seu Próprio Negócio.

No comment yet, add your voice below!


Faça um Comentário