Skip to content

Entenda todos os passos para abrir uma empresa de marmita fitness de sucesso!

O que você verá neste artigo:

Está pensando em abrir uma empresa de marmita fitness, mas não sabe por qual passo começar? Descubra neste artigo!

Investir neste tipo de negócio pode ser uma ótima oportunidade para o futuro empreendedor. Com a crescente preocupação do brasileiro com a saúde e a correria do dia a dia, muitos são os trabalhadores que procuram refeições prontas, já que eles não têm tempo de preparar a sua refeição em casa.

Continue lendo para saber mais:

TODOS OS PASSOS QUE VOCÊ PRECISA SABER PARA ABRIR UMA EMPRESA DE MARMITA FITNESS!

O que é uma marmitaria?

A marmita é um fenômeno típico da correria da vida moderna, e o consumo de refeições prontas já se tornou um hábito diário na vida de milhões de brasileiros. Com o menor tempo disponível para o preparo das refeições em casa, cada vez mais pessoas começaram a se alimentar fora do lar. E as marmitas são uma alternativa econômica e conveniente para o cliente, se comparadas aos restaurantes convencionais. Isso porque as marmitas oferecem praticidade e comodidade com a retirada da comida no local ou entrega em domicílio e também atende aquelas pessoas que não possuem tempo para se deslocar e almoçar em um restaurante convencional.

Assim, como negócio, no caso de marmitas prontas para consumo, a demanda do consumidor é principalmente pelo produto que já vem aquecido. Os principais formatos de venda são em um ponto fixo ou mediante serviço de entrega. O primeiro muitas vezes é denominado de marmitex, e o alimento é entregue em embalagens descartáveis com refeições individuais em locais de grande circulação de trabalhadores. Na modalidade de entrega, o alimento chega ao cliente a partir de solicitação e nesse caso a comida pode ser de um empreendedor especializado em marmita ou de um restaurante convencional que agrega esse serviço como um adicional.

Alguns empreendedores típicos são aqueles que buscam uma oportunidade no ramo de alimentos, pois gostam de cozinhar, e têm necessidade de gerar renda, com baixo investimento. E, dada a ampla concorrência, é importante se especializar em um nicho de mercado e, assim, conseguir se comunicar com os clientes prioritários. Os tipos de marmitas mais conhecidos são:

  • Marmita convencional: também conhecida no meio popular de Prato Feito (PF), traz alimentos na quantidade individual, com ingredientes com potencial nutricional para uma alimentação do dia a dia, que pode buscar similaridades com a refeição caseira típica das pessoas daquela região;
  • Marmita saudável: refeição preparada com alimentos leves, frescos, naturais e de acordo com dietas específicas para pessoas que possuem alguma restrição alimentar ou optaram por aderir a uma alimentação mais saudável;
  • Marmita Fitness: refeição voltada para um alimento balanceado de acordo com as características de cada pessoa, com ingredientes que, além de proporcionar o bem estar de uma alimentação, auxiliará com porções devidamente calculadas para o resultado esperado do ponto de vista de saúde, bem-estar e forma física.

Sabor, qualidade e praticidade são ingredientes básicos para o negócio. Outro fator de atratividade da refeição pronta é o seu baixo preço, em relação a um restaurante self-service, por quilo, buffet ou à la carte. O prato já vem montado com uma quantidade de comida ideal para o tipo de marmita e de cliente. Os clientes exigem boa qualidade nos ingredientes e um eficiente serviço de entrega, e há cada vez mais espaço para marmitas personalizadas para cada cliente, levando em conta suas preferências e necessidades alimentares.

Como é o mercado fitness?

Com a mudança no estilo de vida, o brasileiro passou a dar mais atenção à saúde e alimentação, optando por refeições mais leves e ricas em proteínas, carboidratos e vitaminas. Segundo levantamento feito pelo Euromonitor em 2015, as vendas de marmitas saudáveis dobraram de tamanho nos últimos anos. Ainda de acordo com o estudo, o setor movimenta US$ 35 bi ao ano, o que torna o Brasil o quarto maior consumidor do mundo.

Segundo a ABIA (Associação Brasileira da Indústria de Alimentos), o mercado de food service, ou de alimentação fora do lar, tem crescido a taxas de 12% ao ano, contra os 4% do setor alimentício como um todo. Trata-se do ramo de alimentação que mais cresceu depois do Plano Real. Entre 1993 e 1999, a venda de comida fora do lar aumentou 167%, enquanto o varejo alimentício tradicional cresceu 54,8%.

O que é e como montar um plano de negócios?

O plano de negócios é um documento que serve para descrever por escrito os objetivos de uma empresa e os caminhos para alcançá-los, diminuindo os riscos e as incertezas. O plano de negócios também serve para que o empreendedor tenha uma visão mais ampla sobre a empresa e o mercado no qual está inserida. Além disso, o plano de negócios também detalha a questão financeira e os recursos humanos que você poderá contar para o desenvolvimento da empresa.

Para desenvolver o planejamento, é necessário juntar todos os investimentos de material, equipamento, pagamentos de funcionários e maquinário. Além disso, deve-se pesquisar também o público que irá contratar o seu serviço, quem serão seus principais concorrentes, o mercado e muito mais.

RESUMO DOS PRINCIPAIS PONTOS DO PLANO DE NEGÓCIO:

  • O que é o negócio;
  • Quais os principais produtos e/ou serviços;
  • Quem serão os seus principais clientes;
  • Onde será localizada a empresa;
  • O montante de capital a ser investido;
  • Qual será o faturamento mensal;
  • Em quanto tempo espera que o capital investido retorne.

Como escolher uma boa localização?

A localização é um dos principais fatores de sucesso de um empreendimento. Para o empreendedor que deseja abrir uma empresa de marmita fitness, é preciso concentrar a sua atenção para encontrar locais que possuam uma boa visibilidade, acessibilidade, comodidade, segurança e que não tenha muita concorrência ao seu redor.

Você precisará instalar o seu negócio em um local que tenha fácil acesso a várias regiões para poder optar pelo modelo de negócio delivery.

Como montar um bom cardápio?

Fazer marmitas fitness para vender vai além da mera comida saudável. É preciso pesquisar sempre receitas novas para o seu cardápio oferecer ao consumidor opções atrativas. Além disso, o segredo também está em unir o valor nutricional, aparência e o sabor.

Imagem de um prato saudável para inspirar quem deseja abrir uma empresa de marmita fitness

Como escolher bons fornecedores?

É importante que a relação com os fornecedores baseie-se na sustentabilidade, priorizando fornecedores locais para que a economia local seja beneficiada com as atividades da empresa.  

Fatores que devem ser levados em consideração na hora de escolher um fornecedor:

  • Distância física;
  • Referências
  • Valor do frete;
  • Qualidade;
  • Capacidade de fornecimento;
  • Preço;
  • Prazo;
  • Formas de pagamento e entrega.

Qual a estrutura e equipamentos necessários?

A estrutura mínima recomendada para abrir uma empresa de marmita fitness é de 60m², com espaço suficiente para as áreas de cozinha, estoque, sanitário e área de atendimento.

Alguns dos equipamentos necessários são:

  • Fogão industrial;
  • Freezer horizontal;
  • Multiprocessador de alimentos;
  • Cortador de frios;
  • Extrator de sucos;
  • Forno industrial;
  • Micro-ondas;
  • Cortador de frios;
  • Multiprocessador de alimentos;
  • Geladeira;
  • Marmiteiro;
  • Computador, impressora e telefone;
  • Entre outros.

Qual o investimento para montar um marmitex?

Segundo uma estimativa do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), o investimento inicial para trabalhar com marmitex delivery é de, em média, R$ 12 mil. Esse valor foi calculado em um estudo de negócio que teve como base uma empresa considerada pequena, cuja capacidade de produção seria de 20 a 30 quentinhas por dia. 

Agora, se você estiver pensando em começar o negócio na sua casa, o investimento pode ser um pouco menor, cerca de R$ 4 mil. 

Como abrir um marmitex fitness?

Como é possível notar, a atividade exige do empreendedor certa flexibilidade e também um bom conhecimento do ramo, com disposição para pesquisar e testar novas receitas. Virtudes como capacidade de atendimento a clientes, negociação com fornecedores e gerenciamento de estoque também são necessárias para desenvolvimento do negócio.

Se você quer saber como abrir uma marmitex, continue lendo para ver o passo a passo completo!

1 – Identifique o tipo de atividade

Primeiramente, é necessário identificar o segmento de atividade que o seu serviço atuará. Existem três designações, e já podemos adiantar que a que uma marmitaria mais se enquadra é a de comércio.

  • Indústria: É caracterizado pela transformação de matéria-prima em produtos a serem comercializados posteriormente;
  • Comércio: Já o comércio é o responsável pela venda dos produtos;
  • Serviços: O terceiro ramo de atividade é a prestação de serviços.

2 – Escolha a natureza jurídica

Verifique a natureza jurídica do seu empreendimento, pois isso te ajudará a definir o regime jurídico que o seu serviço se enquadra.

Informar a natureza jurídica no ato de formalização do seu negócio é importantíssimo, já que cada uma delas possui diferentes formas de aplicação das normas. Confira alguns tipos de naturezas jurídicas:

  • Empresário Individual (EI): Uma única pessoa constitui a empresa, cujo nome empresarial deve ser composto por seu nome civil, completo ou abreviado. É a pessoa física titular da empresa, podendo constituir apenas uma em seu nome;
  • Sociedade Limitada (LTDA): É aquela que reúne dois ou mais sócios a fim de explorar atividades de produção ou circulação de bens e serviços. Inclui-se toda empresa que contribui com moeda para formação de capital social e realização da constituição empresarial;
  • Sociedade Simples (SS): Exploram atividades de prestação de serviços decorrentes de atividades intelectuais e de cooperativa. Ou seja, os sócios não exercem nenhuma atividade voltada ao comércio, e sim desempenhar suas profissões. Exemplo: contadores, advogados, cooperativas e representações comerciais;
  • Sociedade Anônima (SA): Todas as empresas que não atribuem seu capital social a um nome específico, mas sim se dividem em ações. Essas ações podem ser transacionadas livremente. Neste caso não é necessário nenhum contrato social ou outro ato oficial como nas sociedades limitadas;
  • Empresa Individual de Responsabilidade Limitada (EIRELI): Empresa formada por somente uma pessoa, onde o capital pertence unicamente ao titular. Esse capital deve ser obrigatoriamente integralizado, e não pode ser inferior a 100 vezes o salário-mínimo vigente.

3 – Defina o porte da empresa

É importante definir o porte da empresa. Uma das principais características para definir esta questão é o faturamento bruto da empresa.

  • Microempreendedor Individual (MEI): Modalidade em que o faturamento máximo deve ser de R$81 mil por ano e não permite com que o empresário participe como sócio ou titular de outra empresa;
  • Microempresa (ME): É permitido a empresários individuais e sócios. O teto de faturamento anual é de R$360 mil.
  • Empresa de Pequeno Porte (EPP): Modalidade em que a faixa de faturamento anual começa em R$360 mil e vai até R$4,8 milhões.

As empresas que faturam acima de R$ 4,8 milhões são classificadas como médias e grandes.

4 – Reúna a documentação necessária

É obrigatório apresentar alguns documentos na hora de abrir uma marmitaria. Estes documentos possuem prazos a serem cumpridos, pois possuem data de validade. Por isso indicamos que nesta etapa você busque a ajuda de um contador especializado no ramo e que atente-se aos prazos. 

Confira os documentos necessários para abrir um marmitex:

  • CNPJ;
  • Cópia autenticada do RG e CPF;
  • Folha espelho do IRPF;
  • IPTU do imóvel;
  • Cópia do Contrato de Locação ou Compra e Venda;
  • Alvará de funcionamento;
  • Entre outros documentos específicos da cidade.

5 – Abra um CNPJ 

Após o registro na Junta Comercial, você receberá o NIRE, um Número de Identificação do Registro de Empresa. Este número será solicitado na hora de entrar no site da Receita Federal ao abrir o CNPJ.

Depois você fará o download do Programa Básico de Entrada. O próximo passo é preencher e enviar o documento pessoalmente ou pelos Correios para a Receita Federal;

Clique aqui e saiba o que você precisa para obter um CNPJ para sua empresa.

Como abrir uma marmitaria fitness com sócios?

Além dos documentos citados anteriormente, será necessário apresentar alguns outros caso a empresa seja aberta com sócios:

  • 1 cópia simples do comprovante de residência;
  • Certidão de casamento (se casado);
  • 2 cópias autenticadas do RG e CPF de cada (Carteira Nacional de Habilitação também é válida);
  • 1 cópia de folha espelho do IRPF, caso tenha comprovado no ano vigente.

Alvará de Funcionamento

O Alvará de Funcionamento é um documento que indica que a sua marmitex pode exercer as funções no local em que você a instala.

O documento é emitido pela Prefeitura Municipal ou por algum outro Órgão Governamental Municipal, e pode ser solicitado gratuitamente pela internet, na maioria dos Estados.

Por isso, é necessário estar atento se a atividade escolhida está representada no registro por um código CNAE de atividades econômica, pois cada atividade necessita de um tipo de Alvará diferente

Alguns dos documentos necessários para solicitar o Alvará de Funcionamento são:

  • Planta do imóvel onde você pretende abrir seu negócio;
  • Cópia do recibo do IPTU pago;
  • CPF e RG, originais ou cópias, da pessoa responsável pelo negócio;
  • Cadastro do Contribuinte Mobiliário, ou CCM, obtido na Secretaria das Finanças;
  • O Setor, Quadra e Lote – também chamado de SQL – do imóvel;
  • Declaração de atividade: para que você usará o imóvel e qual área será destinada aos consumidores;
  • Certificado de conclusão de imóvel recém-construído.

É necessário destacar que a documentação exigida pode variar de acordo com as exigências de cada Município ou com as atividades exercidas.

Como divulgar minha empresa de marmita fitness?

A divulgação é um importante instrumento para tornar a empresa e seus serviços conhecidos pelos clientes potenciais. Para o empreendedor que deseja abrir uma empresa de marmita fitness, o uso das estratégias de marketing de qualidade pode funcionar como fatores determinantes para o sucesso de um negócio.

A primeira regra antes de divulgar uma empresa de serviços é fazer a definição do seu público alvo, conforme o serviço prestado. Depois dessa definição, o próximo passo é partir para os investimentos mais adequados para este fim. O empreendedor poderá utilizar das mais variadas ações de comunicação para tornar o seu serviço conhecido. Ele poderá utilizar os materiais impressos, como por exemplo, cartões de visita, flyers e folders e também, os meios digitais, com a criação de um perfil nas redes sociais onde ele divulgará a sua empresa.

Como dica de negócio, é recomendado realizar com frequência pesquisas de mercado, público-alvo e concorrência para tentar identificar pontos de desejo que ainda não foram entregues por ninguém no mercado e claro, oferecê-los em seu negócio como diferencial.

Baixe o e-book completo “Como abrir uma empresa?”

Como vimos, abrir uma empresa não é nada fácil. Mas o Abertura Simples tem a missão de desburocratizar esse processo! Baixe o e-book “Como abrir uma empresa? Manual Completo” e tenha acesso ao conteúdo exclusivo com o passo a passo para abrir seu próprio negócio. O material é disponibilizado gratuitamente. Baixe agora mesmo!

ABERTURA SIMPLES

Nós do Abertura Simples realizamos todo o processo para que o empreendedor que deseja abrir uma empresa de marmita fitness realize de forma rápida, simples e segura, sem dores de cabeça. Além disso, oferecemos diversos serviços adicionais aos parceiros que decidem abrir qualquer empresa conosco.

Entre as diversas vantagens do Abertura Simples estão o atendimento humanizado, serviço de entrega e recolhimento de documentos e o preço justo. Disponibilizamos também as funções de Contabilidade , Fiscal, Recursos Humanos e Legalização, como alvará de funcionamento, CADAN, Anvisa, e muito mais.

Entre em contato com nossos representantes e inicie seu projeto com o Abertura Simples de forma fácil clicando abaixo:

Escrito por

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on twitter
Share on whatsapp
Como abrir uma empresa. Ebook Completo.

Manual para Abrir Empresa

Faça como mais de 100 mil empreendedores! Baixe agora mesmo o Manual Completo para Começar seu Próprio Negócio.

No comment yet, add your voice below!


Faça um Comentário

Tudo certo!

Basta baixar seu e-book pelo botão abaixo! 

Espero que goste!

Faça parte da maior comunidade de empreendedores do Brasil, sempre munidos com as últimas e mais relevantes notícias e artigos do mundo do empreendedorismo.