Skip to content

As diferença entre plano de negócios e modelo de negócios

O que você verá neste artigo:

Entenda a diferença entre plano de negócios e modelo de negócios e a importância desses processos na hora de empreender

Quem nunca teve um nó na cabeça quando ouviu sobre plano de negócios e modelo de negócios? São tantos “negócios” que falando rápido até parece que esses termos significam a mesma coisa. Mas não, eles são bem diferentes mas complementares. A seguir, explicaremos as principais diferenças entre um e outro e também como você pode criar o seu próprio modelo de negócios. Aqui vamos explicar:

  • O que é o plano de negócios?
  • O que é o modelo de negócios?
  • Quais são as diferenças entre plano de negócios e Modelo de Negócios? 
  • Como criar um modelo de negócios?

O que é um plano de negócio?

O plano de negócio pode ser definido como uma ferramenta utilizada para projetar um panorama geral do mercado, mapear como o empreendedor age e analisar produtos.

Todo empreendedor precisa entender o segmento em que atua e o Plano de Negócio é o dispositivo que você precisa para isso, pois fornece informações específicas sobre o mercado que você empreende, a concorrência e também possibilita que você identifique o que está indo bem ou não no seu ramo de atuação.

Desta forma, podemos dizer que o Plano de negócios ajuda você a entender o que é viável de fato para sua empresa, reduzindo drasticamente a possibilidade de erros que acarretam em prejuízos.

Com um plano de negócios bem elaborado você consegue organizar melhor suas ideias para compartilhar seus objetivos com a sua equipe, seu sócio e clientes ou até mesmo captar recursos e parcerias para expandir a sua empresa.

O que é um modelo de negócio?

O modelo de negócio é uma ferramenta utilizada para começar novos empreendimentos da melhor maneira possível.  Segundo o empresário e também inventor do Modelo de Negócio Alex Osterwalder, o intuito do modelo de negócio é tornar mais simples compreender o negócio por completo. 

Dessa forma é possível compreender todas as etapas do empreendimento e os elementos que compõem seu negócio, para a partir disso integrar a organização do processo.

Pense em uma lousa, agora imagine que nela há desenhados blocos organizados, cada bloco representa um segmento dentro do seu negócio. Agora você se posiciona na frente da lousa e observa atentamente. É assim que o modelo de negócio funciona.  

A partir dessas observações o empreendedor pode refletir sobre as funções que existem em sua empresa, para depois mapear o que precisa fazer para potencializar sua cartela de clientes e os lucros do seu negócio. 

Podemos enxergar o modelo de negócio como uma boa ferramenta também para a inovação de forma descomplicada, pois é um instrumento simplificado, rápido e barato. 

Já pensou precisar apenas de algo para escrever e alguns papéis coloridos e com isso conseguir enxergar onde dá pra inovar na sua empresa? Ótimo não é?! O modelo de negócio possibilita isso. 

Lembre-se de em seu modelo de negócio responder essas perguntas: 

  • O que farei? Tente responder com a proposta de valor do seu negócio.
  • Para qual público farei? Tente Definir qual seu público alvo.
  • De qual forma vou farei? Tente definir quais recursos serão necessários, quais atividades irá desenvolver e se terá parceiros nessa empreitada.
  • Quanto vai me custar? É preciso pensar em seu orçamento e então distribuir os recursos necessários para tornar seu negócio viável. 

Quais são as diferenças entre plano de negócios e Modelo de Negócios? 

Em linhas gerais, um plano de negócios pode ser definido como um documento detalhado e extenso, enquanto o Modelo de Negócio é conciso tendo uma página que contém o todo. 

Enquanto o modelo de negócio tem como intuito resumir como a empresa produz, vende e gera lucro, o plano de negócio tem como objetivo agrupar informações referentes ao gastos, ao capital inicial de investimento, as estratégias de marketing, plano de vendas e projetar quanto de lucro seu negócio pode gerar futuramente. 

Isso significa que tanto o modelo de negócio, quanto o plano de negócio se complementam e um bom empreendedor precisa dos dois em momentos distintos da sua trajetória na empresa. 

Como criar um modelo de negócios?

Uma das formas mais populares para criar o seu modelo de negócios é o Canvas. Desenvolvido pelo consultor suíço Alexander Osterwalder, o Canvas é um quadro no qual o empreendedor pensa em nove áreas específicas do seu negócio, que são:

  1. Segmento de Clientes
  2. Oferta de Valor
  3. Canais
  4. Relacionamento
  5. Fonte de Receita
  6. Recursos Chave
  7. Atividades Chave
  8. Parcerias Chave
  9. Estrutura de Custo

Preencher o quadro e desenhar a empresa ideal não é o suficiente para o sucesso de um modelo de negócios. Você deve usar o Canvas no dia-a-dia como referência para resolução de problemas e execução de tarefas.

Segmento de clientes

Em segmento de clientes você precisa definir quem é o público alvo da sua empresa. A partir dessa informação, você continua pesquisando para saber qual é o perfil dele, onde eles estão localizados, como se comportam e qual é a necessidade dele. O público-alvo precisa estar bem definido pois todas as outras ações vão girar em torno dele.

Oferta de valor

A segunda área a ser analisada é a oferta de valor. Nesse ponto é preciso definir a solução que a sua empresa vai oferecer ao cliente e, principalmente, o que ela vai ter de diferente da concorrência. Tente responder a pergunta: porque esse cliente vai me escolher ou escolher o meu produto?

Canais

A terceira área que precisa ser definida são os canais, ou seja, como os seus clientes vão conhecer seu produto, vão comprá-lo, como esse produto chegará até o consumidor?

Relacionamento

E essa etapa tem tudo a ver com o seu relacionamento com o cliente, que é a quarta área a ser estudada. O relacionamento envolve desde o processo de conquista até a manutenção desse contato, ou seja, mais do que capturar um cliente você deve pensar em como fidelizá-lo.

Fonte de receita

A quinta área é a fonte de renda, que resumidamente representa como você vai ganhar dinheiro. Determine quanto e como o seu cliente vai pagar pelo que você oferece. O preço que o seu cliente estará disposto a desembolsar está ligado a experiência dele com a compra e a empresa.

Recursos Chave

Os recursos-chave são a sexta área dentro do Canvas. Neste ponto você precisa definir o que será necessário para seu negócio sair do papel e atender ao cliente. Por exemplo, equipamentos, colaboradores, local para estoque, entre outros.

Atividades Chave e Parcerias Chave

Já na área de atividades-chave, o empreendedor deve relacionar tudo o que será preciso fazer para alcançar a proposta de valor estabelecida anteriormente. E na parcerias-chave escrever quem vai te ajudar a entregar esse valor. Quem serão os fornecedores, as empresas terceirizadas e as empresas parceiras.

Estrutura de Custo

E por fim desenvolver a estrutura de custos. Quanto será preciso para a execução e manutenção da sua empresa? Coloque no papel o valor de cada etapa. Inclusive essa informação vai te ajudar a determinar o valor de seu produto ou serviço.

Essas são as nove etapas para a construção de um modelo de negócios. Uma dica é analisar modelos de negócios de outras empresas. Não para copiar, mas para deixar mais claro quais pontos são mais importantes e quais podem ser deixados de lado. O grande problema de copiar um modelo de negócios é que a sua empresa tem características específicas que outras não tem, e o que funcionou para elas nem sempre funcionará para você.


E aí, você já sabe quais as diferença entre plano de negócios e modelo de negócios? Já pensou em criar um modelo de negócios? Comente e participe para que possamos melhorar, cada vez mais, os conteúdos do Abertura Simples.

Escrito por

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on twitter
Share on whatsapp
Como abrir uma empresa. Ebook Completo.

Manual para Abrir Empresa

Faça como mais de 100 mil empreendedores! Baixe agora mesmo o Manual Completo para Começar seu Próprio Negócio.

3 Comments

  1. […] Plano de negócios é o documento que descreve, de forma detalhada, todas as ações que envolvem o processo de criação, construção, desenvolvimento e resultado de uma empresa que se encontra em formação, ou que pretende se transformar e expandir suas atividades. […]


Faça um Comentário

Tudo certo!

Basta baixar seu e-book pelo botão abaixo! 

Espero que goste!

Faça parte da maior comunidade de empreendedores do Brasil, sempre munidos com as últimas e mais relevantes notícias e artigos do mundo do empreendedorismo.