Skip to content

Público-alvo: defina e monte sua estratégia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Supondo que você tem uma fábrica de carros. Você faria uma estratégia de vendas e marketing para ofertar um carro para um menino de 10 anos? Não faz sentido, certo? É justamente por isso que definir o público-alvo da sua empresa é tão importante. Entenda mais sobre o assunto neste artigo!

Saber com quem falamos e como falamos é algo essencial para a estratégia de marketing e vendas de uma empresa. Isso porque, quando a estratégia é adaptada para determinado público, ela tem uma alta probabilidade de ser assertiva e gerar bons resultados para o negócio.

O exemplo acima demonstra de forma simples a importância de definir o público-alvo. Quando uma marca não sabe quem são seus potenciais clientes, ela está trabalhando no escuro. Saiba que toda empresa tem um público-alvo que tem mais disponibilidade para comprar os produtos/serviços. Por isso, a empresa precisa saber exatamente quem é ele.

Caso contrário, ela estará gastando recursos de forma incorreta e tentando agradar a todos. Como já dizia o velho clichê “ninguém agrada todo mundo”. A empresa deve direcionar seus esforços para quem realmente tem interesse e disposição para aceitar suas mensagens.

Afinal, você sabe o que é público-alvo?

Ele é definido como um determinado grupo de consumidores que têm um perfil semelhante e que deve ser o principal alvo das estratégias de marketing e vendas de uma marca.

Marcos Cobra, autor do livro Marketing Básico, explica que “a formulação de estratégia e de programas de marketing dependem da adequação da segmentação de mercado. E para segmentar convenientemente um mercado é preciso conhecer as necessidades dos consumidores-alvo, bem como suas atitudes e comportamentos mais usuais de compra”.

Imagem com um botão do ebook de Marketing Digital

Como definir um público-alvo?

Antigamente era comum que as empresas simplesmente definissem o público por “achismos”. Elas simplesmente decidiam sem qualquer embasamento para quem era seu produto/serviço. Ao fazer isso muitas eram surpreendidas com um perfil de público totalmente diferente do que o imaginado.

Nos dias atuais não cabe mais achismo, já que ele pode prejudicar a imagem da marca e também gerar prejuízos financeiros. Além disso, já não cabe mais atuar com achismo, pois os consumidores estão cada vez mais antenadas e segmentados.

Por exemplo, uma loja de roupa que tem como público-alvo mulheres de 20 e 30 anos, que são mais alternativas e ligadas ao mundo pop pode identificar muitas diferenças entre as mulheres de 20 anos e as mulheres de 30.

O primeiro público pode consumir mais roupas leves e curtas. Já o segundo roupas mais neutras e discretas. Adendo: esse é apenas um exemplo.

O que queremos explicar é que as mudanças tecnológicas permitiram compreender que, mesmo um público-alvo tendo características parecidas, é possível ter comportamento totalmente diferente.

Diante disso, a definição de público permite ir a fundo nas nuances de cada perfil de cliente para desenvolver mensagens e conteúdos personalizados e mais assertivos. Por fim, vamos ao que interessa: veja como definir o público-alvo da sua empresa.

Antes de tudo, saiba quem é sua marca

Qual o propósito da sua empresa? Que tipo de problema ela consegue resolver para os clientes? Você precisa ter em mente essas informações para entender quem é seu público.

Descubra quem está disposto a consumir seu produto/serviço

Vamos a mais um exemplo: uma empresa de creme de cabelo enrolado tem como missão ajudar mulheres crespas e enroladas e aumentar suas autoestima e aceitação. Diante disso, podemos dizer que quem está mais disposta a consumidor o produto são mulheres negras e mulheres brancas com cabelo enrolado.

Entenda quais são as motivações de consumo

Só que, como já mencionamos, o público pode ser parecido, mas ter comportamento diferente. Por isso, você deve entender como cada tipo de público utiliza seu produto.

No exemplo, as mulheres negras podem utilizar o creme para conquistar um black mais charmoso. Já as mulheres brancas para aumentar o volume dos cachos.

Entende como há diferentes motivações para consumir um determinado produto e como cada público, ainda que tenha semelhanças, pode consumir por diferentes motivos?

Desenvolva pesquisas

Ninguém melhor para falar sobre público-alvo do que os próprios clientes. Desta forma, é interessante que você desenvolva pesquisas com seus clientes para descobrir algumas informações que são extremamente relevantes para suas estratégias.

Uma boa pesquisa precisará resultar em informações, como gênero; renda; nível educacional, idade, estado civil, estilo de vida, geração, comportamento, gostos, hobbies e por aí vai.

Lembrando que quanto mais informações sobre o público, mais a marca conseguirá desenvolver campanhas, ações e conteúdos personalizados e com mais chances de sucesso.

Para finalizar, devemos lembrar que as pesquisas para definir o público-alvo podem ser desenvolvidas tanto no online, com formulários, quanto no físico, com questionários na própria empresa. A ideia é que isso não seja algo incômodo para os clientes. Portanto, pode ser interessante oferecer descontos ou até mesmo brindes pela participação na pesquisa.

Curtiu saber como definir o público-alvo da sua empresa? O que acha de se aprofundar no assunto? Leia nosso artigo e entenda a diferença entre Buyer Persona e público-alvo.

Escrito por

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Manual para Abrir Empresa

Faça como mais de 40 mil empreendedores! Baixe agora mesmo o Manual Completo para Começar seu Próprio Negócio.

No comment yet, add your voice below!


Faça um Comentário