Saiba como realizar o sonho de abrir uma escola de idiomas

 em Novos Negócios

Você já pensou em abrir uma escola de idiomas? Ensinar idiomas é uma boa opção para as pessoas que tem afinidade com línguas diferentes e desejam investir no setor educacional. Hoje, saber outro idioma é fundamental para muitas áreas do mercado de trabalho, em especial o inglês (língua mais falada do mundo).

Por isso, cada vez mais pessoas estão buscando esse tipo de escola para agregar valor ao currículo e também ter mais conhecimento. Com a procura crescente pelos cursos, quem aposta nesse mercado tem grandes chances de sucesso. Pensando em tudo isso, o Abertura Simples preparou um artigo com tudo o que você precisa saber para abrir uma escola de idiomas e se dar bem nos negócios. Confira:

Tudo o que você precisa saber para abrir uma escola de idiomas

Plano de negócios

O plano de negócios serve para que o empreendedor tenha uma visão mais ampla sobre a empresa e o mercado no qual está inserida. No plano de negócios você irá definir assuntos como, os serviços que irá oferecer na sua escola de idiomas. Além disso, o plano de negócios também detalha a questão financeira e os recursos humanos que você poderá contar para o desenvolvimento da empresa.

Para desenvolver o planejamento, é necessário juntar todos os investimentos de material, equipamento, pagamentos de funcionários e maquinário. Além disso, deve-se pesquisar o público que irá frequentar a sua escola de idiomas, quem serão seus principais concorrentes, o mercado e muito mais.

Resumo dos principais pontos do plano de negócio:

  • O que é o negócio
  • Quais os principais produtos e/ou serviços
  • Quem serão os seus principais clientes
  • Onde será localizada a empresa
  • O montante de capital a ser investido
  • Qual será o faturamento mensal
  • Em quanto tempo espera que o capital investido retorne

Saiba a importância de ter um plano de negócios em sua empresa

Escolha o local

A localização da maioria dos negócios é um dos fatores que mais influenciam no faturamento. Na hora de fazer essa seleção, é necessário levar em conta alguns aspectos, como o público alvo. Enquanto faz o planejamento para abrir uma escola de idiomas, você irá definir a faixa de renda e os hábitos de consumo das pessoas que deseja atingir. Com isso em mãos, ficará mais fácil escolher a região em que essas pessoas estão presentes.

O ponto ideal para montar uma escola de idiomas é um local próximo de escolas, faculdades e empresas. É preciso que a sua escola de inglês tenha boa visualização e fácil acesso para os cliente. Verifique se a localização apresenta espaço para os clientes estacionarem.

É necessário também, ficar atento aos aspectos legais e regularizações de acordo com as licenças exigidas. Antes de fechar o contrato, deve-se consultar a Prefeitura para confirmar se a sua escola poderá funcionar naquele endereço escolhido. Verifique quais são as restrições da prefeitura para os planos da Lei de Zoneamento e do Plano Diretor da cidade.

Confira aqui 7 dicas para escolher o ponto comercial ideal para sua empresa 

Foto de alguns alunos segurando a bandeira do Reino Unido, representando como abrir uma escola de idiomas

Estrutura e equipamentos

O tamanho da estrutura física depende do número de clientes que se espera captar. Alguns espaços que devem ser garantidos para ministrar os cursos são:

  • Recepção
  • Banheiros
  • Salas de aula
  • Área administrativa
  • Sala de professor
  • Espaço de convivência

Para instalar os espaços citados, o ideal é iniciar com uma área de 100 m². Já nos casos de aulas particulares e cursos em domicílio, sugere-se no mínimo uma sala reservada, com mesa e cadeiras confortáveis e um pequeno quadro branco para escrita com pincel atômico.

Os equipamentos necessários para abrir uma escola de idiomas, considerando uma empresa de porte médio, são os seguintes:

  • Mesas de estudo para sala de aula
  • Cadeiras estofadas
  • Quadro branco, para pincel
  • Projetor multimídia
  • Tela de projeção de imagens
  • Aparelho de som, que toque CD
  • Aparelho de DVD Player e TV
  • Computador
  • Impressora
  • Telefone
  • Fax
  • Arquivos

Divulgação e dicas

A divulgação da sua escola de idiomas é de extrema importância para o seu negócio. O meio de divulgação varia de acordo com a localização e o público alvo escolhido. Pode até ser feita pelo método tradicional de panfletagem, que apresenta baixo custo e gera resultados. Não deixe investir na divulgação online, esse é principal meio de busca de serviços e produtos.

Além dos meios de comunicação tradicionais citados, você pode divulgar o serviço de seu curso de idiomas em eventos de porte que ocorram em sua região, tais como feiras, escolas dos diversos níveis (ensino fundamental, médio e superior), dentre outros.

Se você investir em um planejamento detalhado, estratégia de negócios e dedicação, pode apostar que a sua escola de idiomas terá sucesso.

Documentação necessária

Os documentos necessários para abrir uma escola de idiomas são simples:

  • CNPJ;
  • Cópia autenticada do RG e CPF;
  • Folha espelho do IRPF;
  • IPTU do imóvel;
  • Cópia do Contrato de Locação ou Compra e Venda;
  • Alvará de funcionamento;
  • Entre outros documentos específicos da cidade.

Clique aqui e saiba o que você precisa para obter um CNPJ para sua empresa

Banner do e-book Guia de Abertura de Empresas

Abertura Simples

Nós, da Abertura Simples, realizamos todo o processo para que a sua escola de idiomas seja aberta de forma rápida, simples e segura, sem dores de cabeça. Além disso, oferecemos diversos serviços adicionais aos parceiros que decidem abrir qualquer empresa conosco.

Entre as diversas vantagens da Abertura Simples estão o atendimento humanizado, serviço de entrega e recolhimento de documentos e o preço justo. Disponibilizamos também as funções de Contabilidade, Fiscal, Recursos Humanos e Legalização, como alvará de funcionamento, CADAN, Anvisa, e muito mais.

Entre em contato com nossos representantes e inicie seu projeto com a Abertura Simples de forma fácil clicando abaixo:

Postagens Recentes

Deixe uma resposta

Foto de uma pessoa fazendo artesanato, representando como abrir uma loja de artesanato