Skip to content

Listamos algumas dicas para criar um processo seletivo eficiente para sua empresa

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Recrutar bons profissionais é o desejo de todo empreendedor. Só que para isso é fundamental saber como criar um processo seletivo eficiente. Entenda!

Sua equipe não está gerando os resultados desejados e você acredita que precisa recrutar novos profissionais? Neste caso, você precisa entender como criar um processo seletivo que realmente consiga prospectar bons profissionais. A tarefa não é simples e exige muito planejamento.

Quando uma empresa conta com uma equipe de Recursos Humanos o processo pode ser mais simples. Contudo, pequenas e médias empresas nem sempre têm a equipe e, diante disso, o próprio empreendedor precisará desenvolve-lo sozinho.

Pensando em ajudar quem precisa criar uma equipe de alta performance sem amparo de profissionais de seleção, decidimos compartilhar algumas dicas.

Antes de apresentar as dicas para criar um bom processo seletivo, achamos interessante conceituar o que é uma equipe de alta performance. Afinal, sem esse conhecimento fica mais difícil entender como o processo deve se estabelecer.

Afinal, o que é uma equipe de alta performance?

O sonho de qualquer empresa é conquistar uma equipe que tenha habilidades e atitudes que permitam desenvolver projetos batendo todas as metas estipuladas. Basicamente, esta é uma equipe de alta performance.

Ela é reconhecida por ter membros que tomam decisões corretas, comunicam-se bem e administram conflitos de forma independente e com confiança. Além disso, os membros sabem suas forças, fraquezas e conseguem administrá-las para promover um bom desempenho.

Os autores Katzenbach e Smith, no livro “Equipes de Alta Performance”, explicam que a equipe “é um grupo que satisfaz todas as condições da equipe real e possui participantes que estão também profundamente comprometidos com o crescimento e sucesso uns dos outros”.

Características da equipe de alta performance

Quando pensamos em equipes de alta performance há habilidades que podem ser encontradas e que podem ser essenciais para o dia a dia no trabalho. Essas habilidades são indispensáveis para que o time consiga realmente atuar com qualidade e conquistar bons resultados. Algumas delas são:

Empatia e respeito

A união do grupo permite que cada membro possa atuar com tranquilidade e desenvolva o seu melhor desempenho. Isso é possível por meio da empatia e respeito.

O time deve ter como premissa que as diferenças devem ser respeitadas e que a empatia com o outro é essencial. Todos devem entender que ninguém é melhor que ninguém e que precisam um dos outros para conseguir atingir as metas e objetivos estipulados.

Comunicação

A base de um time de alta performance é a comunicação. Os integrantes precisam ter espaço para se expressar. Claro que sempre levando em consideração o respeito e a empatia. Uma boa comunicação permite que problemas possam ser resolvidos com simplicidade e que o trabalho possa ser feito com muito mais agilidade e eficiência.

Autoconhecimento

Os integrantes de um bom time têm autoconhecimento suficiente para saber quais são os pontos fortes e fracos. Este conhecimento permite que cada um tenha maturidade para resolver seus problemas pessoais sem levar isso para o trabalho. 

Conhecimento compartilhado

A maturidade permite que os integrantes saibam que reter conhecimento não é algo interessante, pois quando o conhecimento é compartilhado todos ganham. Afinal, quanto melhor cada integrante atuar, melhor o grupo conseguirá desenvolver o trabalho. Sendo assim, os times de alta performance têm como premissa que compartilhar conhecimento é essencial e que não há rivalidade.

Dicas para criar um processo seletivo de sucesso

Agora que você já sabe o que é uma equipe de alta performance e quais são suas características, podemos seguir com as dicas sobre como criar um processo seletivo. Veja abaixo algumas recomendações.

Defina os objetivos da sua empresa

O primeiro passo para criar um processo seletivo eficiente é definir os objetivos da empresa. Para isso, você pode responder algumas questões. Por exemplo: qual o propósito do seu negócio? Quais são os principais objetivos? Quais metas devem ser alcançadas para atingir os objetivos?  Essas definições serão fundamentais para o próximo passo.

Estabeleça os cargos

Supondo que você já saiba quais são os objetivos da sua empresa, ok? Agora é hora de pensar em quais profissionais serão necessários para atingi-los. Exemplificando: supondo que uma empresa queira aumentar suas vendas em 50%.

Nesse caso, será necessário, por exemplo, contratar mais profissionais de vendas. Entende como funciona a relação entre objetivo e profissionais? A empresa precisa compreender quais serão os profissionais e cargos necessários para conquistar suas metas.

Crie a descrição de cada cargo

Após a definição de cada profissional necessário para sua empresa, você precisará criar os cargos e suas atribuições. Defina o máximo possível, pois isso facilitará o processo.

Ao definir, por exemplo, cargo, atribuições, remuneração, benefícios etc, você conseguirá encontrar com mais facilidade um profissional que realmente seja capacitado em desenvolver as atribuições e também que tenha interesse na remuneração e benefícios ofertados.

Divulgue as vagas

As redes sociais, jornais e sites de empregos serão seus aliados para encontrar os profissionais com o perfil que você deseja. Por isso, faça a divulgação das vagas que estão abertas em diversos meios. Desta forma, você terá mais chances de receber currículos.

Selecione os currículos

É importante lembrar que não adianta chamar todos os profissionais que te enviaram o currículo, pois isso pode ser uma perca de tempo tanto para você quanto para o profissional. Desta forma, selecione apenas os profissionais que, de fato, têm as características, conhecimentos e experiências que se encaixam no que a empresa precisa.

Desenvolva um roteiro

Antes de iniciar a entrevista, desenvolva um roteiro com as perguntas que realmente são importantes e que permitam conhecer mais sobre a experiência do profissional. Além disso, em cargos estratégicos, pode ser interessante desenvolver um teste ou até mesmo dinâmicas.

Há diversos tipos de entrevistas, como técnicas, comportamento, em grupo etc. Cada uma é indicada para selecionar determinados profissionais. Sendo assim, vale a pena entender mais sobre cada uma para verificar qual será mais adequada para o seu processo seletivo.

Avalie o profissional

O processo não termina após a contratação. A fase de experiência será essencial para entender se a escolha foi realmente correta. Diante disso, durante essa fase, é essencial que você avalie a postura e o trabalho do profissional.

Agora que você já sabe como criar um processo seletivo eficiente, o que acha de entender como reduzir a rotatividade da sua empresa? Leia nosso artigo e conheça algumas dicas para desenvolver uma boa gestão de pessoas. 

Escrito por

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Manual para Abrir Empresa

Faça como mais de 40 mil empreendedores! Baixe agora mesmo o Manual Completo para Começar seu Próprio Negócio.

No comment yet, add your voice below!


Faça um Comentário