5 dicas valiosas para desenvolver seu marketing pessoal – Você sabe se vender?

 em Marketing e Inovação

Entenda o marketing pessoal: o que ele é, seus benefícios e também algumas dicas para começar a desenvolver

Quem já está no mercado de trabalho sabe que não basta você fazer o “feijão com arroz”. Você precisa ir além e se destacar tanto como profissional quanto como ser humano. Ter um bom marketing pessoal é o primeiro passo para conseguir ter um diferencial que o eleve acima dos outros profissionais!

Não se trata de inventar um perfil mentiroso, mas sim de deixar em evidência os aspectos mais relevantes sobre você e o trabalho que você desenvolve. Por meio de estratégias corretas de promoção pessoal, você será capaz de se destacar, independentemente de sua área de atuação.

Por isso, nesse artigo apresentamos tudo que você precisa saber sobre o marketing pessoal. O que ele é, suas vantagens, e algumas dicas para atingir o sucesso! Continue lendo:

O que é marketing pessoal?

O marketing pessoal é visto como uma ferramenta estratégica fundamental para o sucesso. Ele se trata de um conjunto de práticas que fazem com que você agregue mais valor a sua imagem pessoal.

Seu objetivo é desenvolver contatos e relacionamentos no âmbito pessoal e profissional. Por outro lado, é também um meio de evidenciar as suas características, competências e habilidades que sejam relevantes para os outros.

Ou seja, é um tipo de marketing feito para que as pessoas enxerguem você com uma imagem mais positiva! Afinal, o seu sucesso profissional não depende única e exclusivamente do seu currículo e seus conhecimentos. A forma como você se apresenta no mercado de trabalho também é um fator crucial!

Portanto, o marketing pessoal é a melhor maneira de se evidenciar em um mercado cada vez mais competitivo e exigente.

Algumas das principais vantagens de desenvolver um bom marketing pessoal são:

  • Possibilita criar e expandir o seu networking (rede de relacionamentos);
  • Afeta positivamente a sua comunicação interpessoal;
  • Aumenta sua autoestima;
  • Melhora a impressão que os outros têm de si;
  • Torna-o mais facilmente relembrado e referenciado pelos outros;

Dicas para desenvolver o marketing pessoal

Conheça a si mesmo

O primeiro passo para começar a fazer um bom marketing pessoal é conhecendo suas qualidades, seus limites, seu potencial, suas falhas e pontos fortes.Tenha momentos de reflexão só seus e encontre suas características.

Quando você conseguir identificar as partes ruins, será mais fácil lidar e moldá-las para se tornar um profissional e pessoa melhor. E quando perceber as coisas boas, também saberá como evidenciá-las para que os outros as percebam. Além disso, ter um diferencial forte, relevante e exclusivo também faz toda diferença para você se destacar entre milhares de profissionais tão, ou até mais, experientes e qualificados que você.

“Vista-se para ser visto”

Por mais que soe como preconceito, o mercado de trabalho e a sociedade ainda acreditam que a pessoa que está bem vestida é mais competente. Muitas empresas estão bem mais dinâmicas quanto ao estilo de seus funcionários, mas é essencial reconhecer quando se deve transmitir sua aparência pessoal e sua aparência profissional. Para ser notado, porém, não é necessário ser extravagante ou exagerar nas cores: estilo é o principal.

Construa um networking

Ter uma rede de contatos é essencial para elaborar um marketing pessoal eficaz, e isso vale também para qualquer tipo de profissional. Por isso, dedique-se a manter seus contatos atualizados – parceiros, colegas de trabalho, mestres e instrutores, fornecedores, amigos e parentes, ex-empregados, etc. Por meio dessas relações você cria vínculos, conhece pessoas, compartilha interesses e conhecimentos, é notado e lembrado.

Mantenha uma comunicação eficiente

Com tudo definido, é hora de trabalhar sua comunicação. Para isso, você precida atender duas obrigações: saber transmitir suas ideias de forma eficiente e eficaz. Ou seja, de forma direta, transmitindo exatamente o que você quer dizer, e de uma maneira que o receptor compreenda o que você disse.

O ritmo e o tom da sua voz, o vocabulário, as gírias, jargões e gestos podem dizer muito sobre você. Tenha consciência do momento certo para usá-los para não prejudicar sua imagem profissional.

Tenha metas claras e um plano de ação

É importante saber exatamente onde você quer chegar. Crie metas para sua carreira, e coloque tudo em perspectiva. Assim, você conseguirá construir seu marketing pessoal de forma mais estratégica e eficiente, pois saberá também o que fazer para atingir seu objetivo. Defina seu propósito e planeje sua carreira, fazendo um plano de ação em etapas. Nele, inclua seus desafios e conquistas semanais ou mensais, para movimentar sua vida profissional e atingir o sucesso!


E aí, já sabe como desenvolver um bom marketing pessoal? Ficou com alguma dúvida ou conhece outras dicas que poderiam ajudar mais profissionais? Comente e participe para que possamos melhorar, cada vez mais, os conteúdos do Abertura Simples.

Postagens Recentes

Deixe uma resposta

foto de uma mão fazendo o sinal da #, representando as hashtags para empresasfoto de rogerio fameli para a thumbnail do video de como criar um perfil de vendas