Skip to content

Os principais erros de gestão financeira para pequenas empresas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Entender quais são os erros de gestão financeira para pequenas empresas é o começo para desenvolver um negócio cada vez mais lucrativo

Quando falamos sobre finanças empresariais é sempre bom lembrar que o tema é fundamental. Isso porque, segundo o Sebrae, duas a cada cinco empresas fecham, no Brasil, em menos de dois anos e um dos motivos é a falta de planejamento, principalmente financeiro.

Diante disso, acreditamos que conhecer os principais erros de gestão financeira para pequenas empresas pode ser algo fundamental para que os novos empreendedores fiquem atentos e não sigam o mesmo caminho daqueles que acabaram falhando ao gerir as finanças de suas empresas.

Se você chegou até aqui é porque realmente sabe a importância que uma boa gestão tem para o seu negócio, certo? Contudo, acreditamos que é interessante reforçar alguns pontos.

Entenda a relevância de uma boa gestão financeira

Um negócio é movido por clientes, mas não basta apenas que eles façam boas compras. Afinal, após as vendas, o empreendedor tem que decidir o futuro dos recursos financeiros. Sendo assim, a gestão financeira entra justamente para que todos os recursos possam ser utilizados de forma adequada.

Com isso, a empresa terá recursos para se manter adequadamente e também investimentos para que possa se manter competitiva e crescer cada vez mais.

Szabo Morais autor do livro “administração financeira: princípios, fundamentos e práticas” explica que “a administração financeira, hoje conhecida como gestão financeira é uma ferramenta ou técnica utilizada para controlar da forma eficaz, à concessão de crédito para clientes, planejamento, análise de investimentos e, de meios viáveis para a obtenção de recursos para financiar operações e atividades da empresa, visando sempre o desenvolvimento, evitando gastos desnecessários, desperdícios, observando os melhores ‘caminhos’ para a condução financeira da empresa”.

Saiba quais são os principais erros da gestão financeira para pequenas empresas

Os erros podem ser vistos para alguns como algo terrível. No entanto, para outros como um caminho de aprendizado. Os equívocos que vamos compartilhar aqui devem ser compreendidos por novos empreendedores como um caminho que deve ser evitado. Confira abaixo alguns erros que podem prejudicar muito o seu negócio!

Misturar orçamento pessoal com o empresarial

Um dos principais erros de empreendedores de pequenas empresas é misturar o orçamento pessoal com o empresarial. Eles acabam pagando suas contas pessoais com recursos da empresa, fazendo empréstimos etc.

Essas atitudes acabam comprometendo, por exemplo, o capital de giro do negócio, que é um recurso valioso, pois permite que a empresa tenha dinheiro suficiente para seguir suas atividades. Sendo assim, é fundamental que o empreendedor faça a divisão completa de todas as suas despesas pessoais e empresariais para que não haja prejuízo para o seu negócio.

Ausência de controle do fluxo de caixa

Todas as entradas financeiras do negócio, como vendas, retorno de investimentos etc, e todas as saídas, como pagamento de colaboradores, fornecedores etc, precisam ser computadas diariamente.

O controle do fluxo de caixa, justamente, permite que o empreendedor consiga ter uma noção mais prática de todo o dinheiro que entra e sai do negócio. A partir dessa informação, é possível realizar uma gestão mais objetiva e que permita um controle efetivo e próspero.

Falta de cálculo do retorno sobre o investimento

Todo o investimento de uma empresa precisa ser realizado com o máximo de segurança. Diante disso, calcular o Retorno Sobre o Investimento (ROI) é algo fundamental. A fórmula pode ser realizada para qualquer investimento e possibilita entender se os recursos aplicados estão gerando resultados ou não.

Ausência de planejamento estratégico

O planejamento estratégico permite que a empresa possa compreender o contexto na qual está inserida. A partir disso ela pode estabelecer objetivos de onde quer chegar e também metas para que conquiste seus objetivos. As definições são essenciais, pois uma empresa precisa saber onde quer chegar. Caso contrário, ficará estacionada e não terá perspectivas para o futuro.

Falta de planejamento tributário

O Sistema Tributário do Brasil é um dos mais complexos do mundo e pode acabar prejudicando pequenas e médias empresas. Infelizmente, elas precisam pagar muitos impostos e isso prejudica os recursos disponíveis.

O que poucos empreendedores sabem é que com um bom planejamento tributário é possível economizar muito com o pagamento de impostos. Um contador qualificado poderá desenvolver uma elisão fiscal. Com isso, o empreendedor não terá que pagar o que não é necessário.

Para finalizar, é importante mencionar que conhecer os erros de gestão financeira para pequenas empresas é o primeiro passo para ter um negócio saudável. É essencial que o empreendedor vá além e entenda, por exemplo, a importância da contabilidade para pequenas empresas. Leia nosso artigo e conheça mais sobre o assunto!

Escrito por

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Manual para Abrir Empresa

Faça como mais de 40 mil empreendedores! Baixe agora mesmo o Manual Completo para Começar seu Próprio Negócio.

No comment yet, add your voice below!


Faça um Comentário