Skip to content

Estratégia de vendas online: confira algumas dicas

O que você verá neste artigo:

Ter uma estratégia de vendas online é fundamental para qualquer empreendedor que deseja aumentar o faturamento. Entenda mais sobre o assunto neste artigo!

O que é estratégia de vendas online?

Não basta apenas ter um site bonito. É necessário ir além, ou seja, investir em uma experiência única para o cliente.

Para isso, há diversos métodos. A pesquisa Content Trends 2019, por exemplo, constatou que as empresas estão utilizando o marketing para conseguir melhores resultados.

O estudo verificou que: 83,4% das empresas focam em canais online, 68,1% focam em conteúdo para realizar vendas e 63,8% usam a taxa de conversão como um de seus indicadores de sucesso.

Diante disso, não dá para negar que o ambiente online deve ser seu principal foco. Mas o que você precisa melhorar para é aumentar suas vendas online? Veja algumas dicas:

Crie objetivos e metas

É essencial ao investir em estratégia de vendas online ter um objetivo. Supondo que sua empresa deseja aumentar em 50% as vendas. Para isso, será necessário desenvolver as metas que precisarão ser alcançadas bem como os investimentos ideais para atingir os objetivos.

Conheça o seu público-alvo

público-alvo é definido como um determinado grupo de consumidores que têm um perfil semelhante e que deve ser o principal alvo das estratégias de marketing e vendas de uma marca.

Marcos Cobra, autor do livro Marketing Básico, explica que “a formulação de estratégia e de programas de marketing dependem da adequação da segmentação de mercado. E para segmentar convenientemente um mercado é preciso conhecer as necessidades dos consumidores-alvo, bem como suas atitudes e comportamentos mais usuais de compra”.

Antigamente era comum que as empresas simplesmente definissem o público por “achismos”. Elas simplesmente decidiam sem qualquer embasamento para quem era seu produto/serviço. Ao fazer isso muitas eram surpreendidas com um perfil de público totalmente diferente do que o imaginado.

Nos dias atuais não cabe mais achismo, já que ele pode prejudicar a imagem da marca e gerar prejuízos financeiros. Além disso, já não cabe mais atuar com achismo, pois os consumidores estão cada vez mais antenadas e segmentados.

Por exemplo, uma loja de roupa que tem como público-alvo mulheres de 20 e 30 anos, que são mais alternativas e ligadas ao mundo pop pode identificar muitas diferenças entre as mulheres de 20 anos e as mulheres de 30.

O primeiro público pode consumir mais roupas leves e curtas. Já o segundo roupas mais neutras e discretas. Adendo: esse é apenas um exemplo.

O que queremos explicar é que as mudanças tecnológicas permitiram compreender que, mesmo um público-alvo tendo características parecidas, é possível ter comportamento totalmente diferente.

Diante disso, a definição de público permite ir a fundo nas nuances de cada perfil de cliente para desenvolver mensagens e conteúdos personalizados e mais assertivos. Para definir o público, basta:

  • Saiba quem é sua marca,
  • Descubra quem está disposto a consumir seu produto/serviço,
  • Entenda quais são as motivações de consumo,
  • Desenvolva pesquisas para ouvir o potencial cliente.

Invista em conteúdo de qualidade

Ter um blog e alimentá-lo com conteúdo de qualidade é um caminho eficiente para conquistar novos clientes de forma orgânica (não paga). Contudo, os conteúdos devem ser desenvolvidos com muita estratégia, ou seja, devem ser pensados para ajudar seu cliente e fazer com que ele conheça sua marca.

Personalize a comunicação com o cliente

Aborde seu cliente, seja por e-mail ou por telefone, de forma personalizada. Saiba o máximo de informação possível sobre ele para que a comunicação consiga ser mais profunda. O cliente precisa, de fato, sentir que é importante para a sua empresa. Somente assim, ele lembrará dela no momento da compra.

Crie landing pages para o seu site

As landing pages são páginas dentro do site da empresa. Elas são desenvolvidas para captar mais informações sobre o cliente, como telefone, e-mail etc. Elas devem ser criadas de forma estratégicas. Por exemplo: você pode criar uma para quando um cliente baixar um ebook.

Desta forma, você “troca” o conteúdo pelas informações do cliente. Os dados dele serão necessários para que você consiga desenvolver uma comunicação mais próximo por meio, por exemplo, de newsletter.

Desenvolva uma boa newsletter

 O e-mail ainda é um canal excelente para conquistar novos clientes. Isso porque você consegue conversar com o cliente de forma mais dinâmica e próxima. Sendo assim, é interessante investir na criação de uma.

Trabalhe as redes sociais

Utilize as redes sociais a favor do seu negócio. Só que é sempre bom lembrar que isso deve ser feito de forma adequada. Por exemplo, de nada adianta ter uma página no Facebook se o seu cliente não utiliza essa rede.

Sendo assim, faça uma pesquisa para verificar quais redes sociais são mais utilizadas pelo seu cliente. A partir do resultado, invista nelas. Você pode utilizadas de diferentes maneiras, como divulgar conteúdo, SAC, relacionamento etc.

Por fim, vale lembrar que essas são apenas algumas dicas para estratégia de vendas online. Você pode ir muito além e estudar mais sobre o assunto. Baixe nosso e-book e saiba como criar uma estratégia de marketing para o seu negócio. 

Escrito por

Gostou? Compartilhe!

Como abrir uma empresa. Ebook Completo.

Manual para Abrir Empresa

Faça como mais de 100 mil empreendedores! Baixe agora mesmo o Manual Completo para Começar seu Próprio Negócio.

No comment yet, add your voice below!


Faça um Comentário

Tudo certo!

Basta baixar seu e-book pelo botão abaixo! 

Espero que goste!