Você sabe gerir as finanças do seu negócio em tempos de crise? Então confira!

 em Planejamento e Finanças

Você sabe gerir as finanças do seu empreendimento em tempos de crise? Continue lendo para descobrir:

Em momentos de grande incerteza econômica, é essencial que o empreendedor deixe todos os processos gerenciais do seu negócio em ordem. E, o coração desses processos gerenciais é a gestão financeira.

QUER SABER COMO VOCÊ PODE GERIR AS FINANÇAS DO SEU NEGÓCIO EM TEMPOS DE CRISE? PARA DESCOBRIR, CONTINUE LENDO!

Quando estamos empreendendo sozinho, ainda mais para aqueles que estão gerindo o seu próprio negócio pela primeira vez, é muito comum que venham inúmeras dúvidas em relação a vários assuntos.

Um dos principais fatores de sucesso de um empreendimento é a gestão financeira, e saber enxergar as finanças da forma correta, prevenindo-se de riscos internos e externos é essencial para a saúde da sua empresa. Antes de começarmos a falar sobre como o empreendedor deve gerir as finanças do seu negócio em tempos de crise, vamos relembrar o conceito de gestão financeira:

O que é gestão financeira?

A gestão financeira é o conjunto das ações e procedimentos administrativos relacionados com o planejamento, execução, análise e controle das atividades financeiras do pequeno negócio. Resumindo, é obter o máximo de lucro (ou resultado) com as atividades praticadas pela empresa.

Gerir as finanças do seu negócio pode ter 3 frentes, sendo elas:

Gestão de investimentos

Ocorre quando a empresa resolve expandir, modernizar, abrir novas unidades, entre outros;

Gestão do caixa no dia a dia

Administrar as entradas e saídas de recursos financeiros relativos a venda, prestação de serviços, pagamentos de fornecedores, entre outros.

Gestão de crises

A gestão de crises é um assunto pouco comentado, mas muito frequente. Ela envolve renegociar prazos com clientes e fornecedores, dívidas em instituições financeiras, protestos, negativações, ou seja, fazer escolhas difíceis em tempos difíceis.

Infelizmente, muitas empresas fecham por não conseguir superar uma crise. Não existe fórmula mágica para o enfrentamento dessas situações financeiras nos empreendimentos, mas, é fundamental que o empreendedor esteja antenado a todos os acontecimentos e identifique claramente a origem dos problemas.

O empreendedor ainda deverá pagar primeiro as dívidas com juros mais caros. Assim, os gastos vão diminuindo ao longo do tempo. Uma boa gestão financeira deve prever a melhor margem de lucratividade, equilibrando os gastos e avaliando o saldo atual de contas a pagar e a receber. Basicamente, gerir o seu negócio em tempos de crise funciona assim: se houver um controle eficaz, você vai poder avaliar como o seu capital rodou no passado e o que está acontecendo no presente.

Imagem de uma empreendedora que está buscando gerir as finanças do seu negócio em tempos de crise

COMO GERIR AS FINANÇAS DO MEU NEGÓCIO EM TEMPOS DE CRISE?

Para gerir as finanças do seu negócio, é fundamental que o empreendedor faça algumas análises para conseguir identificar de onde vem os problemas. Ele deverá, portanto, analisar o controle financeiro do empreendimento para obter maiores informações, confira:

Controle financeiro

Os controles financeiros são os principais componentes para gerir as finanças do seu negócio. Em momentos de crise, tão importante quanto controlar as obrigações já existentes, é evitar a contração de novas dívidas. Ao analisar estes dados, o empresário encontra informações como:

  • Quanto vendi este mês?
  • Quanto preciso comprar de produtos para repor o meu estoque?
  • Qual é a melhor forma de pagamentos dos meus insumos?

O controle financeiro pode trazer diversos benefícios ao empreendedor que deseja gerir as finanças do seu negócio em tempos de crise. Uma das principais vantagens é uma maior tranquilidade quanto aos compromissos financeiros, uma vez que é possível planejar a data de pagamento dos fornecedores com o objetivo de evitar inadimplência ou perda de crédito, além de permitir antecipar decisões caso ocorra alguma dificuldade financeira na empresa.

Outra vantagem é que a partir da análise dos indicadores obtidos por meio desses controles, é possível desenhar planos de ação, como por exemplo:

  • Reduzir estoques de materiais ou de mercadorias;
  • Reduzir prazos de recebimentos de vendas e aumento dos lucros;
  • Definir política de análise de crédito e cobrança;
  • Tomar providências para a cobrança e o recebimento dos valores em atraso;

Durante um momento de crise, é essencial ter um controle bem apurado de todos os recursos que entram e saem da empresa. Fazer um fluxo de caixa diário ou semanal para identificar as prioridades financeiras e tomar as medidas necessárias com antecedência fazem toda a diferença em momentos como esse.

QUER SABER MAIS SOBRE GESTÃO FINANCEIRA?

Clique aqui e confira 6 dicas para a gestão financeira do seu negócio.


E aí, gerir as finanças do seu negócio em tempos de crise pode demandar bastante atenção e análise, mas ajudam a manter a saúde do seu empreendimento. Você já teve alguma experiência e quer compartilhar conosco? Comente e participe para que possamos melhorar, cada vez mais, os conteúdos do Abertura Simples.

Postagens Recentes

Deixe uma resposta

Imagem ilustrativa para o empreendedor que está buscando formas de conseguir capital para abrir a sua empresaImagem que está escrito economia colaborativa para remeter a economia em rede abordada no texto