Skip to content

Saiba como investir o valor do FGTS corretamente e fazer seu dinheiro render!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Entenda o que é FGTS, em que situações você pode sacar e também as melhores formas de investir o valor

No ano passado, muitas pessoas se beneficiaram com o saque do FGTS. Se você faz parte desse grupo, sabia que é possível investir o dinheiro do FGTS e faturar ainda mais? Dependendo da situação financeira, você pode utilizar esse recurso de muitas maneiras. Desde quitar suas dívidas ou até mesmo iniciar uma jornada empreendedora.

A seguir, separamos tudo que você precisa saber sobre o FGTS: o que ele é e também quem tem direito a esse benefício. Além disso, separamos também algumas formas de investir esse dinheiro e fazer ele render muito mais! Continue lendo:

O que é FGTS?

O Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) é um depósito mensal que as empresas fazem para os funcionários contratados pelo regime CLT. Esse é um benefício regido pela Lei nº 8.036, publicada de 11 de maio de 1990.

A formação desse benefício se dá basicamente com o depósito, realizado pelo empregador, em uma conta aberta na Caixa Econômica Federal no nome do empregado. A Caixa é o banco responsável por operar os valores destinados ao FGTS dos trabalhadores brasileiros.

Estes depósitos devem ser feitos mensalmente e equivalem sempre o mesmo valor: 8% do salário do funcionário no referido mês.

Em quais situações o saque é permitido?

Para poder sacar o FGTS, é necessário se enquadrar nas seguintes situações:

  • Demissão expedida sem justa causa;
  • Contratos temporários finalizados;
  • Fechamento da fonte pagadora;
  • Rescisão de contrato;
  • Amortização de financiamento imobiliário ou aquisição de casa própria;
  • Aposentadoria;
  • Desastre natural;
  • Trabalho avulso;
  • Trabalhador falecido;
  • Idade igual ou superior a 70 anos;
  • 3 anos fora do regime do FGTS;
  • Outros casos.

O saque é feito em qualquer agência da Caixa Econômica Federal (CEF), e os documentos exigidos variam de acordo com a classificação dos contribuintes.

Em quais situações posso utilizá-lo?

Muita gente vai aproveitar o dinheiro para pagar dívidas, outros vão dar a entrada na casa própria e há aqueles de olho no consumo. Porém, você pode fazer ainda mais! Confira abaixo algumas formas de investir bem o dinheiro recebido do FGTS.

1. Colocar as contas atrasadas em dia

Se você possui alguma conta atrasada, especialmente se esta dívida envolve algum bem como garantia, essa é a prioridade. A primeira coisa que deve fazer com o dinheiro do seu FGTS é quitar o débito o quanto antes.

Caso atrase os pagamentos, é possível que fique sem tais bens. Já pensou ter seu carro ou até mesmo a sua casa bloqueados pela Justiça para garantir o pagamento? Além disso, você deve renegociar suas dúvidas de modo que os juros sejam reduzidos e assim, poderá ficar em dia com suas contas.

2. Aplicar no Tesouro Direto

Outra dica que você pode seguir é utilizar esse valor para aplicar no Tesouro Direto. O melhor de tudo é que, mesmo que você não tenha experiência no mundo dos investimentos, o Tesouro Direto é um investimento muito seguro e que não exige conhecimentos prévios.

É possível começar com R$30 e com uma rentabilidade maior do que a da caderneta de poupança. Além disso, o valor percentual referente ao custo de aplicação no Tesouro Direto é menor ainda do que a taxa de administração de um fundo bancário. Confira uma matéria que preparamos explicando tudo para que você saiba como investir no Tesouro Direto.

3. Planejar a aposentadoria

Lembre-se de uma coisa: nunca é cedo demais para pensar na sua aposentadoria. Se você quer ter estabilidade financeira na terceira idade, é melhor já usar o seu dinheiro do FGTS para planejar a aposentadoria.

Se preferir, pode aderir a um plano de previdência privada e elevar o seu rendimento quando resolver se aposentar, podendo ser uma aposentadoria complementar ou mesmo a principal. Tudo depende de quanto você puder investir.

4. Abrir um negócio próprio

Existem algumas pessoas com espírito empreendedor que escolhem aplicar o valor desse benefício em prol da geração de um negócio próprio. De fato, investir em um negócio pode ser uma boa ideia. Porém, é necessário tomar alguns cuidados na hora de investir seu dinheiro em um empreendimento.

Para que um negócio próprio funcione, é importante que o empresário se planeje muito bem, especialmente nas questões financeiras. Só assim você conseguirá evitar que seu negócio quebre antes mesmo de render os primeiros lucros significativos.

Investir o dinheiro do seu FGTS em um negócio próprio representa uma boa oportunidade de elevar seus ganhos e garantir sua estabilidade financeira. Mas é preciso conhecer bem esse ramo do empreendedorismo, seus desafios e as possibilidades de sucesso.

Além desses cuidados, você também deve conhecer algumas outras questões que envolvem a abertura de um negócio, para somente então tomar essa decisão. Está pensando em utilizar esse benefício para abrir seu negócio? Clique no botão abaixo e conte com o Abertura Simples para dar início à sua empresa:

[mk_button dimension=”three” size=”medium” outline_skin=”dark” bg_color=”#54963D” text_color=”light” icon=”mk-li-portfolio” url=”https://aberturasimples.com.br/abra-sua-empresa/” target=”_blank” align=”left” id=”Buton ID” margin_top=”15″ margin_bottom=”15″]ABRIR EMPRESA[/mk_button]

Escrito por

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Manual para Abrir Empresa

Faça como mais de 40 mil empreendedores! Baixe agora mesmo o Manual Completo para Começar seu Próprio Negócio.

No comment yet, add your voice below!


Faça um Comentário