Minha história

Hoje, vou dividir com vocês um pouco da minha história.
Meu nome é Rogério Fameli e tenho 40 anos de idade. Tive uma infância muito humilde, sempre estudei em colégios públicos. Meus pais, que tem apenas o ensino fundamental, me ensinaram uma coisa muito importante, valores. Ter valor é fundamental para qualquer ser humano, independente da questão social, independente se você tem dinheiro ou se você não tem dinheiro. E isso eu aprendi muito bem.
Com 14 anos eu comecei a trabalhar de office boy. Aos 16, tive uma oportunidade de entrar em um banco, e ali começou a minha carreira dentro do mercado financeiro.
Fiquei por 20 anos no mercado financeiro. Trabalhei em banco nacional, internacional, em banco americano e europeu. Minha ultima experiência no mercado financeiro foi em um banco chamado Lemon Bank, onde eu era CFO, diretor financeiro. Eu tinha 29 anos e foi uma experiência incrível. Aos poucos começou a aflorar em mim o desejo que sempre existiu, de empreender. Quando cheguei aos 35 anos, decidi largar a minha carreira no mercado financeiro para empreender.

Quem é empreendedor sempre tem altos e baixos

Quando eu comecei a empreender ao invés de eu me lançar em apenas um negócio, quis montar 4 negócios ao mesmo tempo, e foi ali que eu errei, porque acabei perdendo o foco.
Montei um escritório de contabilidade, uma boutique de investimento, um projeto de franquias de rede de estética e também quis participar em uma empresa na internet de cupons, consequentemente deu tudo errado.
A boutique de investimento, que foi o motivo principal de eu ter saído do banco, não funcionou por muito tempo. O Brasil começou a entrar em crise, e as linhas de créditos para as médias empresas se encurtaram. Tínhamos um escritório na Faria Lima que não dava mais para sustentar porque aquilo não gerava mais dinheiro, então tive que fechar a boutique de investimento.
Vendi o site de cupons para os fundadores, e deixei a minha esposa administrando a rede de estética. Fiquei apenas com o escritório de contabilidade, onde eu estou até hoje.

Como lidei com o escritório de contabilidade?

O escritório de contabilidade era focado em micro e pequenas empresas e eu não tinha experiência com escritório de contabilidade, o negócio estava indo bem devagar. Fazíamos inserções na internet, marketing digital, mas mesmo assim continuava devagar.
Saímos da Faria Lima, tivemos que reduzir muitos custos, custos com escritório, com o pessoal. Montamos um escritório em uma casa bem simples na Mooca.
Foi muito difícil, eu tinha tudo para entrar em depressão, eu estava acostumado com outras coisas, eu criei grandes expectativas.
Quando você quer empreender, você cria expectativas, mas quando o negócio não começa a dar muito certo, começa a sugar a sua energia, você fica sem saber o que fazer. O dinheiro começa a acabar, sua reserva se esgota, você começa a consumir linhas de créditos, e fica em uma situação muito delicada.

Voltar ou não para o mercado de trabalho?

Quanto mais tempo você fica fora do mercado de trabalho, mais difícil fica voltar para o mercado de trabalho.
Eu vi um vídeo que dizia que quando você sai do mercado de trabalho e atravessa a ponte do empreendedorismo, quando você olha para trás, e a ponte ainda está lá, da vontade vontade de voltar. Então é preciso queimar a ponte, assim você não vai ter mais como voltar, você vai ter que ficar.
Eu, de certa forma, queimei a ponte, e estava somente com o meu escritório de contabilidade.

Três elementos básicos para empreender

Para que nós tivéssemos a virada necessária para mudar o jogo, foi preciso ter os três elementos básicos para empreender. Tivemos que ter visão, para saber onde estávamos e o que iríamos fazer. Precisamos de coragem para arriscar mais ainda, e também de competência.
Eu não tinha essas habilidades, mas tive que começar a desenvolver. Tive que desenvolver habilidades com vendas e marketing. O mundo digital e a internet, eram coisas muito novas para mim, e então eu tive que desenvolver isso.
A contabilidade para pequenas empresas era um mundo diferente. Eu fui contador de grande bancos, mas não de pequenas empresas, é totalmente diferente.

É preciso acreditar no seu potencial

Nessas horas, é fundamental que saia uma energia dentro de você, que você tenha uma mentalidade positiva. É preciso dizer para si mesmo ”eu vou vencer, custe o que custar eu vou vencer”. É importante que você acredite em si mesmo. Eu acreditei muito em mim, desde o quando eu comecei como office boy eu acreditei em mim, e continuei acreditando.
O meu escritório começou naquela casinha, com 3 funcionários, chovia dentro da casa, foi um inferno. Porém, tudo isso nos ajudou a crescer, nos ajudou a acreditar no negócio, a querer crescer.
Foi pensando em evoluir que começamos a crescer de forma exponencial, e ao longo de 5 anos, conseguirmos abrir mais de 2500 empresas.

O que fazer quando você atinge o sucesso?

Nesse ultimo ano, comecei a pensar em como eu podia ajudar contadores do Brasil inteiro a trazer novos clientes, a fazer uma abordagem diferenciada, a dar consultoria para esses clientes, a gerar conteúdo.
Queria criar um projeto que ajudasse contadores, e que ajudasse esses contadores a ajudarem empreendedores também. Com isso criei o Abertura Simples, e em 6 meses associamos mais de 150 contadores que atende, de forma presencial em várias cidades do Brasil. Hoje somos a maior rede de escritório de contabilidade do país.
Metade do povo brasileiro tem o sonho de empreender. Mas antes de empreender, é preciso conhecimento, conteúdo, aprendizado. Não adianta se jogar no precipício sem ter um paraquedas.

É preciso dedicação

Eu quis contar um pouco da minha história para que você acredite no seu potencial. Sua mentalidade tem que ser positiva, o seu mindset tem que estar sempre focado em crescer, empreender, e ter sucesso. Mas saiba que, sucesso não é uma coisa simples, é preciso trabalhar duro, é preciso dedicação. Você vira o jogo no momento em que sabe que só depende de você para empreender.


Além de compartilhar um pouco do nosso negócio, do que a gente faz, vou continuar dando dicas super legais sobre empreendedorismo, sobre livros e filmes. Continue acompanhando a gente.

Escrito por

Gostou? Compartilhe!

Manual para Abrir Empresa

Faça como mais de 40 mil empreendedores. Baixe agora mesmo o Manual Completo Para Começar Seu Próprio Negócio.

No comment yet, add your voice below!


Deixe uma resposta