Guia completo sobre o que é empreendedorismo social

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Para compreender o que é empreendedorismo social, é preciso saber que ele é um fenômeno que surge com o propósito de combater as desigualdades sociais em setores nos quais há uma ausência governamental

“No futuro todos os negócios serão sociais. Quando as empresas percebem o que de fato elas fazem, veem que os propósitos são em prol da comunidade”, afirmou, certa vez, Marcos Hashimoto, consultor e palestrante de empreendedorismo.

Se sua previsão está correta, não sabemos. O que sabemos é que o empreendedorismo social cresce cada vez mais no Brasil visando combater as desigualdades sociais em setores que há uma ausência governamental.

Um levantando realizado pelo Sebrae, em parceria com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), constatou que há cerca de 800 empreendimentos sociais espalhados pelo Brasil.

Mais do que o lucro em si, o empreendedor social desenvolve uma ideia inovadora para um problema na sociedade com o propósito de impactar positivamente a vida das pessoas.

Ele, além de gerar empregos e desenvolvimento da região no qual está inserido, pode desenvolver esta ideia, por exemplo, para combater a fome, preconceitos, problemas com a segurança etc.

As características do empreendedorismo social

Há diferenças fundamentais do empreendedorismo social e do empreendedorismo que está relacionado especificamente ao lucro. Vamos apresentar cada uma dessas diferenças para que você consiga definir um empreendimento social.

Foco em mudanças sociais

As mudanças sociais, como já mencionamos, é o principal objetivo das empresas que atuam neste nicho. Desta forma, elas podem atuar em setores, como oportunidades para deficientes; moradia de baixo custo; saúde e nutrição comunitárias; reciclagem, indústrias limpas e energias alternativas.

Além desses, agricultura, floresta e uso de água; educação, alfabetização e inclusão digital; diversidade e multiculturalismo; serviços em geral; apoio ao empreendedorismo e microcrédito e direitos humanos.

Forte veia na inovação

O que já foi feito para reduzir as desigualdades sociais, certamente, não surtiram os efeitos desejados. Justamente por isso, o empreendedor social precisa desenvolver algo inovador para resolver os problemas da sociedade. Diante disso, a inovação é uma das características mais importantes para empresas que atuam com empreendedorismo social.

Lucro visa manter a responsabilidade

Não há como manter um negócio sem lucro, certo? Só que diferente de outros negócios, o empreendimento social usa seu lucro para expandir o negócio visando impactar ainda mais pessoas. O lucro, nesse sentido, não vira um ganho pessoal, mas sim coletivo.

Impacto de longo prazo

O produto/serviço de uma empresa social tem um impacto de longo prazo na sociedade. Seus efeitos podem ser vistos tanto no presente quanto no futuro. Só que, de forma geral, tendem ser observados em longo prazo, já que mudanças sociais demoram para realmente serem observadas.

3 exemplos de empresas que têm modelo de negócio social  

Para que você entenda o conceito e como o empreendedorismo social pode ser aplicado na prática, selecionamos três exemplos de sucesso e que impactam positivamente na sociedade.

GRAACC

O Grupo de Apoio à Criança e ao Adolescente com Câncer (GRAACC) desenvolve um trabalho social relevante na área de saúde ao ajudar crianças e adolescentes com câncer. Fundado por Antonio Sergio Petrilli, médico oncologista pediátrico, o grupo atende mais de 5 mil pacientes e conquista 70% de cura.

O GRAACC conquista bons resultados, pois atua em parceria com pesquisadores de universidades, sociedade civil e iniciativas privadas. Por conta do seu sucesso e impacto social, o grupo é considerado um dos melhores exemplos do empreendedorismo social brasileiro.

Solar Ear

A Solar Ear é um exemplo de como a inovação é essencial para promover mudanças. A empresa desenvolve aparelhos auditivos de baixo custo e recarregáveis por energia solar. Além disso, os aparelhos são produzidos por jovens surdos. Ou seja, além de ajudar desenvolver aparelhos de baixo custo, a emprega ainda emprega jovens com deficiência.

Nina Smith e a GoodWeave Internacional

Fundado por nada menos que Nina Smith, a GoodWeave Internacional é uma empresa social visa a conscientização e distribuição de selos de qualidade, atestando a não utilização de mão de obra infantil na produção de carpetes. Segundo dados, a empresa conseguiu reduzir o índice de trabalho infantil internacional no setor de fabricação de carpetes em mais de 80%.

Vantagens do empreendedorismo social

Empreender visando um impacto social é gerar valor para a sociedade como um todo e isso proporciona um ganho imensurável. Afinal, não há como especificar o impacto positivo da vida de uma pessoa e em sua próxima geração. Contudo, há vantagens que podem ser destaca, como:

Geração de emprego e renda

O poder do empreendedorismo está diretamente ligado na geração de emprego. Tanto o empreendedor social quanto o convencional conseguem aumentar os postos de trabalho. Isso aumenta a renda da população e ainda impacta na economia do país.

Promover a sustentabilidade

Um negócio social, geralmente, tem uma preocupação maior com questões relativas à sustentabilidade. Muitas, por exemplo, além de promover ações neste setor, atuam pensando em reduzir o impacto negativo no planeta.

Igualdade social

Trabalhar para promover a igualdade social é outra vantagem. Imagine que seu trabalho transforma a vida das pessoas? É algo realmente gratificante pessoalmente e também proporcionar um legado para o mundo.

Os principais desafios dos negócios sociais

Você deve ter percebido que as vantagens são realmente muito interessantes, certo? Só que é preciso levar em consideração que o empreendedorismo social enfrenta desafios.

Por exemplo, há dificuldade em conquistar investimentos externos, pois os investidores acabam não se interessando tanto em investir em um negócio que não gerará um lucro alto.

Além disso, o empreendedor social acaba tendo dificuldades para conseguir realizar networking com outros profissionais da área, já que muitos são pequenos ou estão em lugares muito distantes.

Afinal, como ser um empreendedor social?

Após compreender as vantagens e os desafios, você chegou à conclusão de que deseja ser um empreendedor social?  Saiba que selecionamos algumas dicas que podem te ajudar neste novo caminho.

Identifique um problema

Você decidiu que deseja empreender e isso é ótimo. Só que será necessário identificar um problema na sociedade e desenvolver uma solução realmente inovadora para ele. Na teoria pode parecer algo simples, mas na prática vai demandar estudo, pesquisa e muito empenho.

Defina um público

Após criar um produto/serviço inovador e que solucione, ou pelo menos amenize, algum problema social, será necessário definir qual será o público-alvo. É muito importante conhecer mais sobre o seu público para conseguir oferecer um produto/serviço de qualidade e que realmente faça a diferença.

Desenvolva um plano de negócio

O plano de negócio é o documento que descreve, de forma detalhada, todas as ações que envolvem o processo de criação, construção, desenvolvimento e resultado de uma empresa que se encontra em formação, ou que pretende se transformar e expandir suas atividades.

Esse tipo de planejamento é indispensável para que um negócio ganhe vida e um de seus pontos mais importantes é a definição de seus objetivos – que deve ser feita de forma clara e objetiva.

A partir dos objetivos, que refletem as ambições dos empreendedores e onde eles pretendem chegar com o seu negócio, é possível traçar um plano de ação contendo um passo a passo do que precisa ser feito.

Faça a captação dos recursos

Investidores, financiamento coletivo, recursos pessoais etc. Há muitas maneiras de conquistar uma captação de recursos e você precisará analisar cada uma para verificar qual será a melhor opção para o seu negócio. Não é necessário comentar que os recursos iniciais são impensáveis para que você consiga tirar a ideia do papel, né? Por isso, avalie com cuidado cada opção.  

Tire seu empreendimento social do papel e abra sua empresa

Para finalizar, você precisará entender como proceder burocraticamente para conseguir abrir seu negócio social. Abaixo listamos alguns processos.

Procure um contador

Após reunir os documentos, é necessário encontrar um contador de confiança para que ele possa realizar a abertura da empresa, junto com os órgãos competentes. Lembrando que o contador será seu maior aliado para manter e organizar suas finanças, bem como para lidar com as burocracias. 

Desenvolva um contrato social

Será necessário realizar um contrato social para definir a participação de cada um dos sócios, as atividades realizadas pela empresa, o nome etc.

Vá até uma Junta Comercial 

Em seguida, você deverá ir até um cartório jurídico ou na junta comercial da cidade a para registrar sua empresa. É relevante destacar que, antes registrar o contrato, você deve verificar se o nome definido para a empresa está disponível. 

Tire seu CNPJ 

Após o registro na Junta Comercial, você receberá um Número de Identificação do Registro de Empresa (NIRE). Ele será necessário para entrar no site da Receita Federal e tirar o CNPJ. No site, faça o download do Programa Básico de Entrada. Em seguida, realize a impressão, preencha e envie pelos correios para a Receita Federal ou leve pessoalmente. 

Tire o alvará de funcionamento

Todo estabelecimento necessita de uma licença prévia do município para poder atuar. O alvará de funcionamento é um documento que autoriza a empresa de exercer suas atividades. Ele deve ser solicitado na prefeitura ou em outro órgão governamental municipal.

O empreendedor precisa se atentar a esse documento antes de qualquer locação ou compra de um imóvel para seu novo negócio. Isso porque é o alvará que declara, legalmente, que a empresa tem o direito de exercer atividades em determinados locais.

Abertura Simples: abra sua empresa com facilidade 

Viu como abrir empresa e acha que precisa de ajuda? O Abertura Simples realiza todo esse processo para que sua empresa seja aberta de forma rápida, simples e segura, sem dores de cabeça. A equipe do portal está à disposição para atender a todos as etapas da abertura de empresa sem que você precise sair de casa.

A empresa também disponibiliza as funções de contabilidade, fiscal, recursos humanos e legalização, como alvará de funcionamento, CADAN, Anvisa, e muito mais. Entre em contato com um dos representantes, clicando no botão abaixo, e comece seu negócio social. 

Escrito por

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Manual para Abrir Empresa

Faça como mais de 40 mil empreendedores. Baixe agora mesmo o Manual Completo Para Começar Seu Próprio Negócio.

No comment yet, add your voice below!


Faça um Comentário