Afinal, você sabe o que é empreendedorismo?

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Você sabe que ela é a palavra do momento, mas não sabe o que significa? Neste artigo, vamos explicar o que é empreendedorismo

Empreendedorismo, empreender, empreendedor. Para quem está abrindo um novo negócio, pode ser difícil entender o que significa cada palavra. É por isso que neste artigo decidimos explicar, para os nossos leitores, o que é empreendedorismo. Ficou interessado em saber mais sobre o assunto? Confira!

O que é empreendedorismo?

A palavra empreendedorismo, segundo o Dicionário Etimológico Nova Fronteira, surgiu da tradução da expressão entrepreneurship, do inglês. Sua composição, contudo, é da palavra francesa entrepreneur e do sufixo inglês ship.

Os autores Adelar Francisco Baggio e Daniel Knebel Baggio explicam em um artigo, publicado na Revista de Empreendedorismo, Inovação e Tecnologia, que o empreendedorismo pode ser entendido como fazer algo com criatividade e motivação.

“Consiste no prazer de realizar com sinergismo e inovação qualquer projeto pessoal ou organizacional, em desafio permanente às oportunidades e riscos. É assumir um comportamento proativo diante de questões que precisam ser resolvidas”, dizem eles.

O que é um empreendedor?

O comportamento assumido por quem encara o empreendedorismo é conhecido como empreendedor. Basicamente, empreendedor é aquele que identifica um problema na sociedade, desenvolve uma solução por meio de produtos ou serviços e coloca no mercado para vender.

Nem toda pessoa que abre uma empresa pode ser considerada empreendedor. Há muitas pessoas que simplesmente têm um negócio por necessidade. Empreendedor, no caso, é aquele que realmente empreende por oportunidade, ou seja, porque encontra uma solução para algum problema social.

Quais são os tipos de empreendedorismo?

O conceito de empreendedorismo pode ser aplicado em diversas versões. Há, no Brasil, cerca de seis tipos de empreendedorismo que são mais conhecidos. Abaixo explicamos cada um deles.

Informal: com o aumento do desemprego, muitas pessoas acabam decidindo abrir o próprio negócio. Geralmente, entra na categoria de empreendedorismo informal vendedores ambulantes, ou seja, pessoas que estão empreendendo apenas por necessidade e que não se formalizam.

Tradicional: este é o mais conhecido, pois define quem decide abrir o próprio negócio por oportunidade. Ou seja, o empreendedor observa o mercado, percebe que há uma demanda e desenvolve um produto ou serviço.

Social: a categoria define, normalmente, empresas sem fins lucrativos que são criadas visando gerar alguma mudança social.

Franqueado: neste caso, o empreendedor compra um modelo de negócio, já bem estruturado no mercado, e abre sua franquia.

Corporativo: trata-se da criação, implantação e desenvolvimento de novos negócios dentro de uma organização. Pode ser, por exemplo, a criação de um novo produto, busca por novos mercados etc.

Hereditário: muito comum no Brasil, o empreendedorismo hereditário é a categoria que define empreendedores que receberam seus negócios como herança da família.

Agora que você já sabe o que é empreendedorismo, quais são seus tipos e o que é empreendedor, que tal seguir aprendendo mais sobre o assunto? Nossa recomendação é que você, caso tenha interesse em abrir uma empresa, leia nosso artigo com 5 cursos para empreendedores de primeira viagem

Escrito por

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Manual para Abrir Empresa

Faça como mais de 40 mil empreendedores. Baixe agora mesmo o Manual Completo Para Começar Seu Próprio Negócio.

No comment yet, add your voice below!


Faça um Comentário