fbpx

Saiba qual o melhor modelo de franquia para você: home-based, store in store, quiosque ou loja física?

 em Empreendedorismo

Conheça 4 tipos e saiba como escolher o melhor modelo de franquia para você investir

Muitas pessoas estão investindo nas franquias para dar início aos negócios, mas quando se decide optar por esse tipo de empreendimento, é comum que algumas dúvidas vão surgindo. Qual marca escolher? Como funciona a operação? Quais são as regras para abrir uma nova loja? Mas outro ponto que também surge é o modelo de franquia mais adequado para o perfil e ramo de atuação do empresário.
Existem quatro formatos que são mais comuns, e são eles: franquia home-based, franquia store in store, franquia de quiosque e franquia de loja física. Para conseguir analisar as vantagens e desvantagens de cada uma, apresentamos a seguir uma explicação completa para que você possa escolher em qual investir! Continue lendo:

Qual o melhor modelo de franquia para você?

Home-based

Montar um negócio na própria casa é o sonho de muitos empreendedores que já estão cansados da rotina do mundo corporativo. Se você também faz parte desse grupo, que gostaria de ter rentabilidade no conforto do próprio lar, considere a opção de abrir uma franquia home-based.
Esse modelo de franquia permite que você trabalhe sozinho e tenha maior autonomia profissional, além de qualidade de vida e flexibilidade para a vida pessoal também. Outra vantagem desse modelo está no baixo investimento inicial, logo que não há necessidade de gastar com instalações, aluguel do espaço e funcionários.
Porém, uma desvantagem que pode aparecer para aqueles que não estão acostumados com esse estilo de trabalho é justamente o isolamento. Para alguns, ter uma equipe acompanhando é um fator extremamente positivo para a geração de novas ideias e soluções.
De qualquer forma, para poder fazer a franquia home-based funcionar, é necessário ter disciplina e foco para manter uma rotina de trabalho produtiva. E mais importante: nunca misturar o escritório com a rotina do lar. Concentre-se no seu trabalho, tenha um local e um horário definido.

Store in Store

O modelo de franquia Store in Store se caracteriza pela franquia localizada dentro de outra loja. Para que esse formato dê certo, é preciso ter sinergia entre os dois negócios, para que o fluxo de cliente seja aproveitado por ambos. Por isso, o ideal é que o público alvo seja o mesmo e os produtos, complementares.
Logo, vemos que a principal vantagem do modelo é a captação do público. Visto que, mesmo estando no começo, o seu negócio já terá um tráfego natural de consumidores interessados no seu produto, e que ainda serão beneficiados com a comodidade e conveniência de encontrar o que precisa, em um ambiente conhecido.
Porém, como todo negócio, existem alguns riscos no modelo store in store. Se o estabelecimento em que você estiver inserido não estiver indo bem, a sua franquia também não irá. Seu produto acabará sendo visto como secundário, fazendo com que o mesmo não visite a loja apenas por ele.

Quiosque

Você já deve ter topado com alguns quiosques enquanto caminhada por shoppings centers, certo? Esse modelo de franquia é uma opção interessante, mas não para qualquer segmento. Esse modelo é ideal para expor produtos ou serviços de baixo valor agregado e consumo rápido. Isso porque a venda no quiosque é relacionada a dois fatores: o impulso de compra e a conveniência.
Mesmo quando uma pessoa não tem intenção nenhuma de comprar, ao passar pelo local ela pode se sentir atraída e acabar consumindo algum item em exposição. E é por isso que quiosques de maquiagem, óculos, comida e outros fazem tanto sucesso.
Isso se dá pela dificuldade em criar uma experiência de compra relevante para o consumidor. Não há privacidade, conforto e nem tanta interação do cliente com o produto ou serviço. Por isso, alguns negócios como lingerir, jóias e calçados, por exemplo, não conquistam bons resultados com esse tipo de empreendimento.
Sua maior vantagem está no investimento inicial e custos operacionais mais baixos do que em uma loja tradicional. Os espaços ocupados pelos quiosques são do próprio shopping, que cede a esses franqueados a possibilidade de explorarem o local comercialmente por um período de tempo pré-determinado.
Porém, isso também pode se tornar um dos maiores riscos do formato, pois o empreendimento fica a mercê da lei da oferta e procura. Se outra empresa competir pelo seu ponto, a briga será ganha por quem tiver maior “poder de fogo”.

Loja física

O formato de loja física é uma melhor alternativa para quem prefere investir em um modelo mais tradicional e menos arriscado. Uma bela vitrine e um contato direto com determinados produtos ou serviços é a chave para atrair certos consumidores.
Pesquisas indicam que um dos principais motivos apontados para o fato de 74% dos brasileiros nunca terem comprado pela internet está na falta de contato com o produto, a dificuldade de trocá-lo ou devolvê-lo e a demora na entrega.
Portanto, é perceptível o potencial de investir em uma loja física bem estruturada e localizada. A experiência de compra que você poderá ofertar ao seu cliente é um ponto importantíssimo para esse modelo de franquia. Ele irá interagir não só com o produto ou serviço, como também com o ambiente, seus valores, etc.
Essa experiência completa só pode ser construída por meio de um vínculo com o consumidor. Além disso, o próprio estabelecimento já se torna uma fonte natural de captação de clientes se tiver uma estrutura atrativa.
Mas, como nem tudo é perfeito, o investimento inicial em uma loja física é muito maior comparado aos outros formatos. Será necessário arcar com custos de aluguel, IPTU, água, reformas, entre outros.


Você está pensando em investir em algum desses modelos de franquias? Saiba como abrir seu negócio com o Abertura Simples de forma rápida, prática e segura clicando no botão abaixo:
 

Postagens Recentes

Deixe uma resposta

Foto do empresário Steve Jobs durante uma apresentação do iPhone, representando seus dez mandamentosFoto de um empresário na praia com um notebook no colo, representando as férias de final de ano para empreendedores