Confira algumas dicas de como abrir uma clínica odontológica! | Abertura Simples

Inicie seu próprio negócio! Confira aqui como abrir uma clínica odontológica

Está pensando em abrir uma clínica odontológica, mas não sabe por onde começar? Então tire suas ideias do papel e empreenda!

Uma clínica odontológica atua por meio de educação, prevenção, ações de recuperação, tratamento curativo e reabilitador, de forma a proporcionar uma melhor condição de saúde bucal aos pacientes, o que refletirá em uma melhor qualidade de vida. A prestação de serviços odontológicos abrange todas as classes sociais e, dependendo da estrutura da empresa e das possibilidades financeiras do empreendedor, é possível abrir uma clínica odontológica que atua em várias especialidades, o que pode atrair mais clientes pela diversificação de serviços. Quer iniciar na área? Continue lendo:

TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER PARA ABRIR UMA CLÍNICA ODONTOLÓGICA E TER MUITO SUCESSO EM SEU NEGÓCIO!

SOBRE O MERCADO

De acordo com o Conselho Federal de Odontologia (CFO), há dez anos o segmento de odontologia é o que mais se destaca entre outros que integram o setor brasileiro de saúde. Em 2014, O CFO publicou uma pesquisa sobre saúde bucal, revelando que nove a cada dez brasileiros declararam ser muito importante ir regularmente ao odontólogo e 72% costumam ir pelo menos uma vez por ano.

A utilização de convênios ou planos odontológicos por parte da população, mesmo que discretos, se comparados aos médicos, também tem contribuído para o aumento da prestação de serviços na área. Cerca de 500 empresas são credenciadas atualmente na Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).

Os serviços de saúde bucal são generalistas quanto à seleção de mercado consumidor, por possuírem grande diversidade de especialidades. Por isso, é importante que o empreendedor conheça o seu mercado e o perfil dos seus clientes, para que as especialidades estejam de acordo com a necessidade de atendimento.

Uma das tendências do segmento é a parceria entre profissionais com especialidades distintas em um mesmo estabelecimento, de modo a captar maior quantidade de clientes. Esse fator traz comodidade ao cliente, que não precisa se deslocar a outro local para contratar um serviço diferente.

Geralmente o mercado fornecedor é atendido pelas grandes empresas produtoras de equipamentos, produtos e utensílios. A exemplo do que ocorre nos consultórios médicos, os estabelecimentos odontológicos recebem visitas de promotores de vendas contratados pela indústria, que se encarregam de realizar apresentações particulares em clínicas e consultórios, demonstrando a efetividade dos produtos. Nessas ocasiões, os empresários podem realizar pedidos, receber informações necessárias ao controle de estoques e se manterem informados sobre as tendências do setor.

PLANO DE NEGÓCIOS

O plano de negócios serve para que o empreendedor tenha uma visão mais ampla sobre a empresa e o mercado no qual está inserida. No plano de negócios você irá definir assuntos como por exemplo, os serviços e produtos que irá oferecer. Além disso, o plano de negócios também detalha a questão financeira e os recursos humanos que você poderá contar para o desenvolvimento da empresa.

Para desenvolver o planejamento, é necessário juntar todos os investimentos de material, equipamento, pagamentos de funcionários e maquinário. Além disso, deve-se pesquisar também o público que irá contratar o seu serviço, quem serão seus principais concorrentes, o mercado e muito mais.

RESUMO DOS PRINCIPAIS PONTOS DO PLANO DE NEGÓCIO:

  • O que é o negócio;
  • Quais os principais produtos e/ou serviços;
  • Quem serão os seus principais clientes;
  • Onde será localizada a empresa;
  • O montante de capital a ser investido;
  • Qual será o faturamento mensal;
  • Em quanto tempo espera que o capital investido retorne;

Saiba a importância de ter um plano de negócios em sua empresa

ESCOLHA O LOCAL

A escolha da localização é um dos principais pontos para o sucesso de um empreendimento.

Para você que deseja abrir uma clínica odontológica, é preciso levar em considerações aspectos como: acessibilidade, como por exemplo, escolher locais que possuam uma grande movimentação e que, principalmente, essa movimentação tenha em maior número, o seu público alvo. Além disso, ainda como um fator de acessibilidade, o empreendedor precisa dar preferência para aqueles locais que possuam pontos de ônibus, estacionamento e metro por perto. Outro ponto a ser considerado é a visibilidade e por isso, escolha um estabelecimento que seja visível ao público, consulte a vizinhança para saber se o local é seguro e por último, mas não menos importante, o local escolhido deve ser aquele que comporta o orçamento inicial previsto.

Confira aqui 7 dicas para escolher o ponto comercial ideal para sua empresa.

COLABORADORES

A contratação de colaboradores para abrir uma clínica odontológica dependerá, exclusivamente, da necessidade e do tamanho do empreendimento.

Para iniciar a clínica, o empreendedor precisará de: Especialista; Recepcionista e Instrumentador.

O Profissional dentista sempre trabalhará em parceria com o Protético, profissional de nível técnico que elabora as próteses. Esse profissional tem seu próprio negócio.

Por se tratar de uma área vinculada à saúde, é importante que o empresário fique atento nas exigências da legislação quanto à prevenção de acidentes, ao uso de vacinas e a outras medidas. É necessário que todos os funcionários cumpram os procedimentos obrigatórios, devendo passar por constantes capacitações profissionais.

ESPECIALIDADES:

A clínica odontológica pode atender especialidades distintas, como por exemplo:

  • Cirurgia e traumatologia buco-maxilo-facial;
  • Dentística;
  • Disfunção temporomandibular e dor orofacial;
  • Endodontia;
  • Estomatologia;
  • Radiologia odontológica e imaginologia;
  • Implantodontia;
  • Odontologia legal;
  • Odontogeriatria;
  • Odontopediatria;
  • Odontologia do trabalho;
  • Odontologia para pacientes com necessidades especiais;
  • Ortodontia;
  • Ortopedia funcional dos maxilares;
  • Periodontia;
  • Prótese buco-maxilo-facial;
  • Prótese dentária;
  • Saúde coletiva.

Imagem de um dentista atendendo uma paciente depois que ele decidiu abrir uma clínica odontológica

ESTRUTURA E EQUIPAMENTOS

A estrutura mínima recomendável pode variar de clínica para clínica. Porém, o empreendedor que deseja abrir uma clínica odontológica deverá considerar estabelecimentos que comportam a recepção, sala de espera dos pacientes, depósitos de matérias de limpeza, sanitários, central de materiais esterilizados, copa, sala administrativa e consultório.

Alguns dos equipamentos necessários são:

  • Ar condicionado;
  • Cadeira odontológica;
  • Micromotor odontológico;
  • Aparelho de radiografia intra/extraoral;
  • Aparelho de sucção de alta/baixa potência;
  • Equipamento para profilaxia odontológica – bicarbonato de sódio/ ultrassom;
  • Motor elétrico;
  • Fotopolimerizador;
  • Aparelho de polimerização de resinas;
  • Compressor;
  • Foco cirúrgico;
  • Toalhas e materiais descartáveis;
  • Pia para lavagem de materiais;
  • Iluminação apropriada;
  • Poltronas para espera;
  • Telefones;
  • Material de escritório;
  • Autoclave;
  • Seladora;
  • Materiais odontológicos em geral;
  • Armários.

DIVULGAÇÃO E DICAS

A divulgação é um importante instrumento para tornar a empresa e seus serviços conhecidos pelos clientes potenciais. Para o empreendedor que deseja abrir uma clínica odontológica, as ações de marketing devem estar concentradas de acordo com o porte e o público alvo escolhido. Tudo isso seguindo sempre as normas previstas para estes profissionais.

O empreendedor pode investir nos mais variados meios, apostando tanto nos materiais impressos como também, nos meios digitais. Ele pode utilizar mala direta e e-mail informando sobre novidades; materiais impressos como por exemplo cartões de visita, flyer e folders e, finalmente investir em um bom site, onde constarão as principais informações sobre a clínica e todos os serviços oferecidos. Por último, mas não menos importante, esteja presente nas redes socais que, atualmente, são os maiores motores de buscas por avaliações e referências sobre determinado assunto.

Como dica de negócio, o profissional que deseja abrir uma clínica odontológica pode apostar em uma tendência de mercado que vem crescendo nos últimos tempos que é a locação/aquisição de espaços em estabelecimentos comerciais, como por exemplo, prédios de escritórios, centros comerciais, shoppings etc., por possuírem um maior fluxo de pessoas com potencial de se tornarem clientes fidelizados. Regiões centrais também são valorizadas por concentrarem a maior movimentação de pessoas durante o dia.

DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA

Os documentos necessários para abrir uma clínica odontológica são simples:

  • Documentação na Junta Comercial;
  • Registro no Conselho Regional de Odontologia (CRO);
  • CNPJ;
  • Cópia autenticada do RG e CPF;
  • Secretaria Estadual da Fazenda;
  • IPTU do imóvel;
  • Cópia do Contrato de Locação ou Compra e Venda;
  • Alvará de funcionamento;
  • Entre outros documentos específicos da cidade.

Clique aqui e saiba o que você precisa para obter um CNPJ para sua empresa

Banner do e-book Guia de Abertura de Empresas

ABERTURA SIMPLES

Nós, da Abertura Simples, realizamos todo o processo para que o empreendedor que deseja abrir uma clínica odontológica realize de forma rápida, simples e segura, sem dores de cabeça. Além disso, oferecemos diversos serviços adicionais aos parceiros que decidem abrir qualquer empresa conosco.

Entre em contato com nossos representantes e inicie seu projeto com a Abertura Simples de forma fácil clicando abaixo:

Escrito por

Gostou? Compartilhe!

Manual para Abrir Empresa

Faça como mais de 40 mil empreendedores. Baixe agora mesmo o Manual Completo Para Começar Seu Próprio Negócio.

No comment yet, add your voice below!


Deixe uma resposta