Skip to content

O que você precisa saber sobre como fazer um pós-venda eficiente

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Fidelizar é uma estratégia muito mais eficiente e econômica do que conquistar novos clientes. Por isso, muitos empreendedores desejam entender como fazer um pós-venda eficiente. É o que vamos falar neste artigo!

O cliente escolhe o produto, passa o cartão, que é aprovado, e sai da loja. É provável que muitos empreendedores pensem que este é o fim do relacionamento. Só que este é um pensamento que pode gerar prejuízos. Acontece que a empresa deve manter um relacionamento com o cliente também no pós-venda, pois isso gera fidelização.

Você sabia que há especialistas que dizem que é mais econômico fidelizar um cliente do que realizar a captação de um novo? Faça as contas. Quanto você investe em captação de cliente? Quanto você poderia economizar fidelizando? É provável que uma quantidade financeira razoável, certo?

Justamente por isso o pós-venda é tão importante. Ele permite que a empresa consiga construir um relacionamento com o cliente. O objetivo é que ele volte a comprar com a empresa e, quem sabe, um dia se torne um advogado da marca (cliente fidelizado que promove a marca de forma orgânica, ou seja, espontânea).

É provável que você tenha chegado até este ponto e, de fato, esteja interessado em compreender como fazer uma pós-venda realmente eficiente, certo? Saiba que isso é mais simples do que você imagina.

Dicas fundamentais para fazer um pós-venda que fidelize o cliente

Felizmente, com as possibilidades do ambiente online, as marcas conseguem entrar em contato com seus consumidores de forma muito simples. Contudo, vale ressaltar que não basta apenas entrar em contato. É fundamental que este contato seja realizado com base em uma estratégia. Caso contrário, pode fazer com que o cliente simplesmente fuja da empresa.


Primeiro passo: conheça muito bem o seu cliente

Você sabe, por exemplo, qual o gênero predominante do seu cliente? Faixa etária, localidade, gostos, hobbies, profissão etc? Caso não, é hora de pensar em realizar a definição do seu público-alvo. Isso pode ser feito por meio dos dados que você já tem sobre ele e também por meio de pesquisas.

A definição do público é importante, pois permite que todas as estratégias, bem como atendimento e adaptação do produto/serviço possam ser realizadas para atender as demandas e necessidades dos clientes.

O pós-venda, por exemplo, é algo que exige entender mais sobre o cliente. Só assim a marca saberá quais são as dores do seu cliente e conseguirá se comunicar com ele para ajudá-lo em suas necessidades e demandas.

Passo dois: defina os meios para se comunicar com os clientes

Após entender quem é seu público-alvo, é hora de definir quais serão os meios para se comunicar com ele. WhatsApp? Facebook? Instagram? E-mail marketing? Atualmente, meios não faltam. Só que é interessante que a definição do uso esteja alinhada com o público.

Exemplificando: não adianta estabelecer uma estratégia de pós-venda por meio de e-mail marketing se o seu público é, por exemplo, mais jovem e não tem o costume de acessar a caixa de e-mail com frequência. Você precisa saber quais são os meios mais usados pelos seus clientes para que sua mensagem chegue até eles com simplicidade.

Passo três: desenvolva conteúdos úteis para os consumidores

Um erro muito grave é quando a empresa utiliza o pós-venda somente para lembrar o cliente o quanto ela é boa. Os consumidores estão cada vez mais reativos a conteúdos meramente comerciais.

Eles querem conteúdos que realmente sejam úteis para suas vidas. A empresa pode utilizar isso a seu favor. Por exemplo: uma loja de roupa pode desenvolver conteúdos interessantes sobre moda, já que seu público-alvo certamente irá consumir.

Por meio da entrega de conteúdos de qualidade, a empresa mostrará para o seu cliente que sabe do que ele precisa e também que tem credibilidade, pois atua em um setor no qual domina. Isso faz com que o cliente comece a observar a marca com mais seriedade.

Passo quatro: promova ações exclusivas

Ser criativo e promover ações exclusivas, como um programa de fidelização, ainda é algo muito utilizado, pois oferece um bom retorno. Faça uma análise de como os seus concorrentes atuam, veja o que pode ser feito de novo e crie algo realmente especial.

Passo cinco: invista fortemente em atendimento

O cliente precisa saber que todas as dúvidas e necessidades deles podem ser atendidas com qualidade e agilidade. Essa última é algo importante, pois vivemos em um momento em que tudo é feito com rapidez e o cliente exige cada vez mais isso das empresas. Crie canais de atendimento, treine sua equipe e faça o cliente perceber que a empresa realmente se importa com e experiência de compra.

Antes de finalizar, acreditamos relevante mencionar que para aprender, de fato, como fazer um pós-venda, é necessário também entender a importância da pesquisa de satisfação do cliente. Leia nosso artigo e entenda mais sobre o assunto!

Escrito por

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Manual para Abrir Empresa

Faça como mais de 40 mil empreendedores. Baixe agora mesmo o Manual Completo Para Começar Seu Próprio Negócio.

No comment yet, add your voice below!


Faça um Comentário