Compliance contábil – Uma oportunidade para o mercado contábil

 em Contabilidade

Saiba como trabalhar com compliance contábil:

Toda empresa precisa estar dentro de certos padrões regulatórios que todo empreendedor deve se preocupar. A mínima falha que ocorre quando algo está fora desses padrões, pode levar uma empresa até a sujar sua reputação por um simples deslize. Pensando nessa preocupação, surgiu o compliance.

O compliance é uma prática que surgiu diante dos grandes impactos financeiros que podem fragilizar a imagem de uma empresa e visa gerar valor ao negócio e garantir a sobrevivência da empresa. Ela garante que seu negócio esteja em conformidade com leis e regulamentos.

Com tantas burocracias e regulamentações internas e externas que devem estar em dia, é necessário a presença de um profissional que saiba lidar com isso, fazendo assim, a oportunidade de atuação de compliance contábil.

O que é compliance contábil?

A palavra compliance, vem do inglês comply, que significa conformidade. Ou seja, quem cuida do compliance faz questão de manter todas as regulamentações e leis da empresa.

Inicialmente, quem cuidava dessa prática na maioria das empresas era a área financeira e jurídica mas o ramo de gestão empresarial se expandiu e hoje em dia o profissional contábil pode exercê-la, pois esse cargo vai além de normas e políticas, podendo contar com um time que faça a compliance de sua empresa e é onde o contador pode se posicionar.

O profissional desse cargo precisa compreender todas as políticas internas como internas para saber como avaliar os riscos operacionais que as atividades da organização podem trazer, ajudando a ajustar tudo para prevenir que qualquer assunto doloso esteja relacionado ao negócio.

compliance contábil

Compliance nas empresas

Quando o compliance é colocado em prática dentro de uma empresa, ficará mais fácil passar uma transparência maior das políticas internas da empresa. Investir numa boa equipe para fazer isso em seu negócio pode auxiliar a reduzir alguns custos e despesas, evitando gastos desnecessários.

Além disso, as empresas que adotam essa prática, garante estar dentro das leis e regulamentações que mantém ela saudável evitando que entrem para estatística de empresas que 50% das empresas que acabam falindo com até 5 anos de vida devido a falta de controles internos e não respeitar as normas e regulamentações.

Confira aqui algumas dicas de como o compliance contábil pode ajudar sua empresa:

  • Comunicação estruturada com os instrumentos normativos da empresa.
  • Elaborar um código de conduta, com uma linguagem acessível.
  • Aumento da credibilidade por parte de clientes, investidores, etc.
  • Aumento da eficiência e qualidade dos serviços prestados.
  • Prevenção de fraudes
  • Processos de auditoria interna com foco nos requisitos para se atingir o compliance.
  • Sistema de normatização e padronização da empresa ou negócio sempre ativo e atualizado.
  • Criação de uma rotina de fiscalização das atividades que a empresa exerce.

Alinhando o compliance aos valores e objetivos da organização

Quando o compliance começou a ser utilizado, muitos pensavam que estar somente dentro da lei era o suficiente, mas com o tempo, pode-se notar que isso era uma prática muito mais abrangente e que se tratava de algo maior do que isso.

Hoje em dia, é necessário pensar que se uma empresa quer se consolidar no mercado a longo prazo, o compliance deve estar alinhado aos objetivos estratégico que a companhia possui, sempre defendendo a ética e que mantenha os stakeholders interessado, pois essa prática ajuda a gerar valor para sua empresa.

A grande vantagem dessa prática é que ajuda a prevenir e garantir que a saúde financeira e a reputação de sua empresas esteja sempre em dia e possa continuar em pleno desenvolvimento.


Conseguiu entender como funciona o compliance contábil? Comente e continue sempre atento aos novos conteúdos do Abertura Simples.

Postagens Recentes

Deixe uma resposta

Inbound Marketing na ContabilidadeSuper Simples